“Demônios”

 

Daqui seis meses…

[CENA 01 – UNIVERSIDADE DE MÚSICA (NOVA YORK)/ AUDITÓRIO/ NOITE]
(Andrew está no centro do palco, se apresenta, olha para a banda que começa a tocar)

[CENA DE MÚSICA – JAILHOUSE ROCK (ELVIS PRESLEY)]

The warden threw a party in the county jail 1
The prison band was there and they began to wail
The band was jumpin’ and the joint began to swing
You should’ve heard those knocked out jailbirds sing

Let’s rock, everybody, let’s rock
Everybody in the whole cell block
Was dancin’ to the Jailhouse Rock

Spider Murphy played the tenor saxophone 2
Little Joe was blowin’ on the slide trombone
The drummer boy from Illinois went crash, boom, bang
The whole rhythm section was the Purple Gang

Let’s rock, everybody, let’s rock
Everybody in the whole cell block
Was dancin’ to the Jailhouse Rock

Number forty-seven said to number three 3
You’re the cutest jailbird I ever did see
I sure would be delighted with your company
Come on and do the Jailhouse Rock with me

Let’s rock, everybody, let’s rock
Everybody in the whole cell block
Was dancin’ to the Jailhouse Rock

The sad sack was a sittin’ on a block of stone 4
Way over in the corner weepin’ all alone
The warden said: Hey, buddy, don’t you be no square
If you can’t find a partner, use a wooden chair

Let’s rock, everybody, let’s rock
Everybody in the whole cell block
Was dancin’ to the Jailhouse Rock

Shifty Henry said to Bugsy: For Heaven’s sake 5
No one’s lookin’, now’s our chance to make a break
Bugsy turned to Shifty and he said: Nix, nix
I wanna stick around awhile and get my kicks!

Let’s rock, everybody, let’s rock
Everybody in the whole cell block
Was dancin’ to the Jailhouse Rock
Dancin’ to the Jailhouse Rock

Dancin’ to the Jailhouse Rock
Dancin’ to the Jailhouse Rock
Dancin’ to the Jailhouse Rock

1. Assim que a música começa a tocar, Andrew literalmente se solta em cima do palco. Agora que todos conhecem a música, entendem o porque dele estar vestido naquele estilo extravagante.
2. Andrew dança pelo palco, imitando alguns passos de dança do Elvis. Alguns alunos estão contagiados com o estilo rock da música, se levantam de suas poltronas e também começam a dançar.
3. A banca avaliadora observa os alunos dançando, Rachel se sente animada com isso e também faz o mesmo. Elizabeth sorri ao ver a professora dançando, presta atenção então em Andrew que tá dominando o palco.
4. Pedro e Maya continuam sentados em seus lugares, embora ele tenha vontade de dançar também. Maya não quer admitir que Andrew está mandando bem, pois tem receio de que seu favorito Carlo perca para ele.
5. Após cantar, remexer e dançar em cima do palco inteiro, Andrew encerra a música com boa parte do auditório eufórico. É aplaudido por todos de pé, ele agradece e observa a banca, que gostaram da apresentação dele.

PEDRO – (próxima a Maya) Você tem que admitir que o Andrew arrebentou. Carlo tem que trazer um número a altura para superar essa. (Maya se preocupa, olha para Carlo)

[CENA 02 – LANCHONETE (NOVA YORK)/ NOITE]
(Arthur está acompanhando as atualizações da seleção dos calouros pelo o blog da universidade. Está vendo um trecho da música que Andrew cantou)
ELISA – Se eu soubesse que você iria ficar acompanhando pelo o celular, eu teria sido mais persistente, para gente ter ido pra universidade.
ARTHUR – (bloqueia o celular) Eu só estava dando uma olhada nos participantes.
ELISA – (se aproxima dele) Então vamos lá ver pessoalmente? Se irmos agora, ainda podemos pegar os dois últimos candidatos.
ARTHUR – E ver o Pedro sendo gentil com todo mundo, querendo ser o bom samaritano com os calouros.
ELISA – Lá vem…
ARTHUR – Vai dizer que você não ver que isso é uma estratégia dele, para semestre que vem, ter um público de calouros como fãs.
ELISA – Não viaja, Arthur!
ARTHUR – Ele quer ser o popular da universidade. Ele chegou como não quer nada, ganhou um papel no musical, atualmente é o primeiro colocado na lista da universidade…
ELISA – (o interrompe) Eu vou dar uma de Mônica agora e dizer que tudo isso é inveja! Eu te conheço, Arthur. Você tá se mordendo por dentro, porque um calouro recém chegado, foi aos poucos pegando aquilo que você conquistou nos últimos anos.
ARTHUR – E como você se sentiria, se alguém chegasse e tirasse de você todos os seus sonhos? Você se sentiria bem?
ELISA – Claro que não, mas também não ficaria acumulando rancor como você tá fazendo. Não é porque algo deu errado, que vou ficar me lastimando pelo resto da vida.
ARTHUR – Eu só abri olhos, Pedro não é esse bom moço que ele vende para as pessoas.
ELISA – Eu já acho o contrário. Você está cego com algo que não existe.
ARTHUR – Esse semestre foi comigo e o próximo, será com quem? Pode ser você, o Sam? E quando isso acontecer, vocês irão me dizer que eu estava certo desde o início.

Agora…

[CENA 03 – ESTÚDIO SUA CANÇÃO (ao vivo)/ PALCO/ NOITE]
(Lauro continua fazendo um suspense ao revelar a decisão do público. Olha para as duas candidatas e anuncia)
LAURO – Larissa Oliveira! (todos ficam de pé e a parabenizam) E ganha mais 4 pontos, tendo um total de 6 pontos e indo para a semifinal. Parabéns, Larissa! (a abraça)
LARISSA – (emocionada) Obrigada! Eu queria agradecer a todos que votaram em mim, especialmente as meninas da Casa Delle Rose, o cabaré onde eu trabalho, que certamente votaram que nem loucas para eu continuar aqui. Muito obrigada a todos que acreditam em mim e estão me ajudando a realizar este sonho. De verdade, gente, muito obrigada!
LAURO – Gostaríamos de parabenizar você também, Evelyn. Estamos felizes que você escolheu o nosso programa. Gostaria de dizer algo para o pessoal?
EVELYN – Eu só queria agradecer a todos que torceram por mim e que me ajudaram até aqui. Só o fato de ter cantado para uma plateia animada dessa já me sinto realizada.
LAURO – É assim que se fala. Sucesso, viu! (a abraça) Uma salva de palmas para Evelyn, pessoal! (todos batem palmas, as duas saem do palco) Vamos para a próxima dupla!

[CENA 04 – CASA DE ALICE/ Q. DE ALICE/ NOITE]
(Alice repara que Pedro ficou sério depois do que ela comentou, e isso a deixa incomodada)
ALICE – Parece que o público realmente gosta dessa Larissa.
PEDRO – (sarcástico) Ou talvez sejam os clientes que se deitam com ela. Afinal, ela não canta nada mesmo.
ALICE – Eu não nego que ela é uma boa cantora. A música que ela cantou na fase passada foi extremamente linda. Eu logicamente cantaria Never Enough melhor, mas, tenho a humildade de dizer que ela mandou bem. Agora seria inocência da nossa parte, dizer que esses votos que ela recebeu não vieram de alguns clientes.
PEDRO – Eu só não gostei do jeito que você a julgou. Só porque você leu em alguns comentários na internet, não lhe dar o direito de pensar igual. Você ao menos tentou ir atrás da história dela?
ALICE – E pra que eu iria?
PEDRO – Tá vendo? É mais fácil apontar o dedo, do que conhecer a verdade. (levanta-se)
ALICE – Você vai embora?
PEDRO – Não, só vou para o meu quarto!
ALICE – Mas você veio dormir aqui, porque iriamos assistir o programa juntos.
PEDRO – Desculpa, mas estou com sono. Tenho prova amanhã. (saí do quarto, Alice fica triste)

[CENA 05 – ESTÚDIO SUA CANÇÃO/ SALA RESERVADA/ NOITE]
(Otávio está sentado um pouco ansioso para a sua apresentação, Daniel está a poucos metros dele, conversa com Dácio)
DANIEL – Será que ele (Samuel) está na plateia?
DÁCIO – Possivelmente.
DANIEL – Eu tenho que dizer para a produção impedir a entrada dele aqui.
DÁCIO – É melhor deixar isso para depois. (aponta para a TV) Olha lá, chegou a hora do grupo B!
DANIEL – (olha para a TV) Chegou a hora! (olha para seu parceiro de dueto, próximo dele)

[CENA 06 – LANCHONETE DO IVO/ NOITE]
(a lanchonete hoje está com pouca movimentação, Ivo está ao lado do balcão, observa o ambiente, pensativo)
RITA – (se aproxima do irmão) O que anda se passando nessa cabeça?
IVO – O que você acha se eu contratasse uma nova garçonete?
RITA – Eu acharia ruim não. A lanchonete aumentou a movimentação nos últimos meses, uma ajuda cairia bem.
IVO – Pois, é. Também achei!
RITA – Quem você está pensando?
IVO – A Andréa.
RITA – Aquela maluquinha? Você tem certeza de que quer ela trabalhando aqui na lanchonete?
IVO – Não vejo por que não?
RITA – Tá, depois não lamente quando um cliente reclamar de mal atendimento.
IVO – Obvio que irei explicar para ela como deve atender os clientes. Não vou simplesmente contratá-la e já colocá-la para trabalhar.
RITA – Tá, a lanchonete é sua!

[CENA 07 – ESTÚDIO SUA CANÇÃO (ao vivo)/ PALCO/ NOITE]
(após ser exibido o vídeo dos ensaios da primeira dupla do grupo B, Daniel e Rodolfo estão no palco. Rodolfo está tocando o violão)

[CENA DE MÚSICA – CAMINHOS (SCARCÉUS)]

[DANIEL]
Se você puder me ouvir tenho algo pra dizer 1
Não sou mais o mesmo e tenho muito medo
De tudo que eu quis pra mim, você foi o meu melhor sim
Tu és o universo, no mais simples verso

[DANIEL E RODOLFO]
Eu sei que vou pra sempre te esperar aqui

Um dia você vai saber o quanto gosto de você
Mais do que mim mesmo e disso eu estou certo
Eu sei que a vida vai deixar de novo tudo em seu lugar
Os caminhos vão se abrindo devagar

[RODOLFO]
Se você puder me ouvir tenho algo pra dizer 2
Não sou mais o mesmo e tenho muito medo
De tudo que eu quis pra mim, você foi o meu melhor sim
Tu és o universo, no mais simples verso

[RODOLFO E DANIEL]
Eu sei que vou de novo te encontrar aqui

Um dia você vai saber o quanto gosto de você 3
Mais do que mim mesmo e disso eu estou certo
Eu sei que a vida vai deixar de novo tudo em seu lugar
Os caminhos vão se abrindo devagar

[DANIEL]
Por você, eu faço tudo por você

[RODOLFO]
Por você, sempre estarei aqui

[RODOLFO E DANIEL]
Um dia você vai saber o quanto gosto de você 4
Mais do que mim mesmo e disso eu estou certo
Eu sei que a vida vai deixar de novo tudo em seu lugar
Os caminhos vão se abrindo devagar

[DANIEL]
Se você puder me ouvir tenho algo pra dizer

1. Os dois estão um do lado do outro, Daniel começa a cantar, olha para a plateia do lado esquerdo. Algumas pessoas soltam alguns gritinhos de euforia, batem palmas quando ele começa a cantar. Daniel se vira para Rodolfo, cantam juntos.
2. A plateia também fica eufórica assim que Rodolfo canta o trecho solo dele, Samuel que esta na plateia do lado direito, se preocupa com isso. Rodolfo parece ser mais popular que o filho dele. Os jurados estão curtindo a apresentação dos dois.
3. Daniel e Rodolfo caminham pelo palco, fazem com que a plateia levantem os braços e balancem de um lado para o outro, conforme o ritmo da música.
4. Os dois voltam a ficar próximos e durante a música inteira, Daniel evitou olhar para o lado direito, onde está seu pai. Os dois encerram a música, são aplaudidos. Rodolfo coloca o violão para trás e os dois agradecem.

LAURO – (caminha até o palco, fica entre os dois) Parabéns, rapazes. Show! (a Igor) Vamos começar com você, Igor. O que tem a dizer desse dois, já que foi você quem os auxiliou durante os ensaios.
IGOR – Antes de mais nada, queria parabenizá-los. Durante os ensaios, acho que o mais difícil foi encontrar o trecho certo, onde cada um se sentisse confortável. E vocês mostraram o resultado disso hoje, nesse palco. O Daniel é um garoto que canta bem, quando estreou aqui no programa, mostrou completamente um domínio com a plateia, com o palco. Tem uma presença nítida, quando canta. (Samuel fica feliz ao ouvir esses elogios do filho) Já o Rodolfo, é o nosso comboy, que tem levantado suspiros da plateia em todas as apresentações. É nosso participante rústico. (ri) Mas falando sério, Rodolfo também tem uma presença incrível. E sinceramente, não sei o que é pior… (olha para seus colegas) Se é iniciar a votação ou é ser o último a votar.
LÉO – Acho que votar que é o difícil, amigo.
IGOR – (ri) Sim, votar é a parte difícil. Não sei como está sendo para o pessoal de casa, mas enfim, parabéns aos dois. Mas, meus dois pontos vão para o Daniel! (plateia bate palmas)
LAURO – Daniel começa com 2 pontos. Léo, é contigo.
LÉO – Caras, parabéns aos dois! Temos aqui uma dupla que tem uma presença tamanha no palco, levantou geral, então não vai ser uma decisão fácil. Vocês mandaram bem, individualmente, são bons cantores… mas, já que tem que escolher apenas um, meus dois pontos vai para o Daniel!
LAURO – E Daniel ganha mais dois pontos! (Samuel comemora da plateia) Com isso, Rodolfo continua com zero, enquanto Daniel vai para 4 pontos. Valéria, é com você.
VALÉRIA – Nossa, gente… realmente ser a última a votar, não é fácil.
IGOR – (brinca) Agora você me entende?!
VALÉRIA – Por onde eu começo… primeiramente, parabéns, meninos. Vocês dois realmente levantaram o pessoal, a música que trouxeram também é ótima. Analisando cada um individualmente, posso dizer que o Rodolfo, sabemos que apesar de seu estilo ser o sertanejo raiz, mostrou que tem um bom domínio em outros estilos musicais. É bom essa versatilidade para qualquer cantor, até porque, ficar restrito a único estilo, não dá. Ser versátil nesse ramo, é essencial. O Daniel é um exemplo do que estou dizendo. (uma assistente caminha até Lauro, entrega o resultado do público) Nos como jurados, ficamos felizes quando notamos a evolução dos participantes ao longo da competição, isso mostra que eles sairão daqui melhores de quando entraram. Eu desejo sucesso aos dois, só que hoje, eu fico com o Daniel também. (plateia bate palmas, Samuel está eufórico pelo o filho ter conseguido passar só com os pontos dos jurados)
LAURO – E já temos a decisão, antes mesmo de ver o resultado do público. (Daniel comemora) Só que, antes de parabenizá-lo, vamos ver quem o público escolheu. (ver o resultado e não faz tanto suspense) Com 53,4% dos votos, Rodolfo leva os 4 pontos. (Rodolfo comemora) Mesmo assim, Daniel avança na competição com 6 pontos. (o abraça) Parabéns, Dan!
DANIEL – Obrigado.
LAURO – Gostaria de dizer alguma coisa, Rodolfo?
RODOLFO – Eu queria agradecer a oportunidade que vocês me deram, de participar desse programa incrível. Agradecer a torcida de Campo Grande, que estiveram comigo até aqui. Parabéns, Daniel… cara, você canta muito, merecido ir para semifinal.
LAURO – É isso aí. É esse espírito de equipe que gostamos de ver entre nossos candidatos. Parabéns, cara. (o abraça) Sucesso daqui pra frente! (Rodolfo e Daniel saem do palco) Vamos lá para a próxima dupla da noite. (é exibido o vídeo do ensaio de Otávio e Yana)

[CENA 08 – CASA DE ALICE/ Q. DE ALICE/ NOITE]
(Alice está vendo o programa sozinha, Felipe bate na porta do quarto, entra)
FELIPE – Oi, licença. Ué, cadê o Pedro?
ALICE – Foi se deitar. Disse que tinha prova amanhã, que não podia ficar até tarde acordado.
FELIPE – Sei… então acho melhor nem passar no quarto dele. (caminha até sua filha) Só vim desejar boa noite! (beija a testa da filha)
ALICE – Boa noite, pai! (Felipe olha para a TV, Otávio e Yana vão começar a cantar)
FELIPE – O garoto cego… torço por ele, sabia?!
ALICE – (rude) Todo mundo torce para os coitadinhos! (Felipe estranha o tom de voz da filha, saí do quarto em seguida, Alice observa a TV, um pouco irritada)

[CENA 09 – ESTÚDIO SUA CANÇÃO (ao vivo)/ PALCO/ NOITE]
(um piano foi colocado ao palco, Otávio está de frente a ele, começa a tocar. Yana está do outro lado)

[CENA DE MÚSICA – DEMONS (IMAGINE DRAGONS cover SAM TSUI and MAX SCHNEIDER)]

[YANA]
When the days are cold 1
And the cards all fold
And the saints we see
Are all made of gold

[OTÁVIO]
When your dreams all fail
And the ones we hail
Are the worst of all
And the blood’s run stale

[YANA]
I want to hide the truth 2
I want to shelter you
But with the beast inside
There’s nowhere we can hide

[OTÁVIO]
No matter what we breed
We still are made of greed
This is my kingdom come
This is my kingdom come

[OTÁVIO E YANA]
When you feel my heat 3
Look into my eyes
It’s where my demons hide
It’s where my demons hide
Don’t get too close
It’s dark inside
It’s where my demons hide
It’s where my demons hide

[OTÁVIO]
At the curtain’s call
Is the last of all
When the lights fade out
All the sinners crawl

[YANA]
So they dug your grave 4
And the masquerade
Will come calling out
At the mess you made

[OTÁVIO]
Don’t want to let you down
But I am hell bound
Though this is all for you
Don’t want to hide the truth

[YANA]
No matter what we breed
We still are made of greed
This is my kingdom come
This is my kingdom come

[OTÁVIO E YANA]
When you feel my heat 5
Look into my eyes
It’s where my demons hide
It’s where my demons hide
Don’t get too close
It’s dark inside
It’s where my demons hide
It’s where my demons hide

[YANA]
They say it’s what you make
I say it’s up to fate
It’s woven in my soul
I need to let you go

[OTÁVIO]
Your eyes, they shine so bright 6
I want to save that light
I can’t escape this now
Unless you show me how

[OTÁVIO E YANA]
When you feel my heat
Look into my eyes
It’s where my demons hide
It’s where my demons hide
Don’t get too close
It’s dark inside
It’s where my demons hide
It’s where my demons hide

1. O ambiente inteiro está em silêncio, atentos ao inicio da apresentação deles. A família de Saulo está na plateia, trouxeram até cartazes e camisetas para torcer por Otávio.
2. Yana se afasta do piano, caminha até a beira do palco. O ambiente inteiro continua em silêncio, todos estão atentos a eles dois.
3. O pai de Otávio observa o jeito que as pessoas estão olhando para o filho, vê-los daquele jeito o deixa feliz. Yana e Otávio cantam em sintonia, o que deixa os jurados boquiabertos. Vai ser difícil para eles, terem que escolher somente um.
4. Yana se aproxima do piano, senta-se ao lado de Otávio, canta próximo dele. Ele sorri ao sentir a presença dela ali e acredita que estejam cantando bem, já que só consegue sentir o silêncio vindo da plateia. É sinal de que conseguiram pegar a atenção de todos.
5. Yana toco no ombro de Otávio, os dois cantam juntos. Por um breve momento de empolgação deles, a plateia também se anima. O silêncio é quebrado neste momento. Yana se levanta, caminha até o outro lado do piano, se apoia nele, olha para Otávio.
6. Otávio sente Yana a poucos centímetros dele, também olha em direção a ela. Cantam o trecho final juntos, são aplaudidos pela a plateia. A família de Saulo gritam o nome de Otávio. Yana o ajuda a ficar de pé, os dois caminham até o centro do palco, agradecem.

LAURO – (sobe ao palco, fica entre os dois) Que apresentação linda, gente. Parabéns! (olha para Valéria) Como você os auxiliou com o ensaio, é com você Valéria!
VALÉRIA – Que lindos, gente! Adorei a apresentação de vocês, a sincronia que tinham na música, perfeitos! O Otávio tem essa voz potente e forte, que se acentuou com a voz da Yana, que ao mesmo tempo que é doce, frágil, também é intensa. São dois grandes cantores, que mereciam ambos irem para a semifinal.
LAURO – Concordo, mas infelizmente, apenas um vai para a próxima fase
VALÉRIA – Ah, gente… isso é difícil demais.
LAURO – Eu sei, mas tem que escolher.
VALÉRIA – Parabéns aos dois, mas já que tem que escolher… hoje eu fico com o Otávio! (plateia bate palmas, a família de Saulo fica animada)
LAURO – E Otávio começa com dois pontos! É com você, Léo!
LÉO – Eu gostei dessa dupla. São dois timbres diferentes, que se complementam um com o outro. Acho que independente de quem continue ou deixe a competição hoje, tem um caminho ótimo a ser trilhado na música.
LAURO – Sem dúvida!
LÉO – Parabéns aos dois, eu entendo você Valéria, realmente se pudéssemos levaríamos todos para a final. (ri) Mas, regras são regras, então vou dar meus dois pontos para a Yana.
LAURO – E temos um empate. Otávio dois pontos, Yana dois pontos. (a Igor) É com você novamente, amigo!
IGOR – Sabe o que me deixar confortável, Lauro?
LAURO – O que?
IGOR – Que mesmo com esse empate técnico, a decisão final ainda vem do público.
LAURO – (ri) Verdade! 4 pontos fazem a total diferença e pode mudar completamente o jogo.
IGOR – Realmente… mesmo assim, eu entendo meus colegas. Vocês realmente são talentosos, tem um controle vocal incrível e diria até que se estivesse trabalhando juntos, formaria uma bela dupla.
LAURO – Olha aí, sugestão do nosso jurado, hein.
YANA – (sorri) Vamos pensar!
IGOR – Mas, como hoje aqui vocês estão como concorrentes e tem que ser escolhido apenas um… (faz um pequeno suspense) …eu vou ficar com o Otávio! (a família de Saulo pula da plateia de alegria, Otávio escuta a empolgação deles)
LAURO – E o placar parcial tá assim: Otávio tem quatro pontos, Yana tem dois. (uma assistente caminha até ele, entrega o resultado do público) Calma que tudo pode acontecer ainda. (olha para o resultado, se surpreende) Uau, a diferença foi mínima! (Otávio e Yana ficam ansiosos, Yana abaixa a cabeça) Realmente, acho que é a primeira vez nesta temporada, que tivemos uma votação tão acirrada assim. (olha para os participantes, o suspense que ele tá fazendo, os deixa mais ansioso ainda) Com 50,19%… mínimo a diferença, quem leva mais 4 pontos e vai para a semifinal na semana que vem é… (Otávio abaixa a cabeça, cruza os dedos) Otávio Henrique! (plateia bate palmas, a família de Saulo fica eufórica) Parabéns, Otávio!
OTÁVIO – (emocionado) Obrigado! Muito obrigado!
LAURO – (próximo dele) Quer dizer alguma coisa?
OTÁVIO – Só tenho a agradecer, de verdade. Jamais imaginaria que iria chegar tão longe assim num programa igual a esse.
LAURO – Você merece, garoto! (a Yana) Parabéns, querida. Desejamos sucesso a você e tenha certeza que uma serie de portas se abrirão daqui pra frente.
YANA – (sorri) Obrigada! Parabéns, Otávio! E estou muito feliz, pela a oportunidade que vocês me deram, por mostrar um pouco de mim para o Brasil.
LAURO – A gente que agradece de poder ter te conhecido um pouco. Parabéns! Palmas para Yana e Otávio, pessoal! (todos estão de pé, os aplaudem, saem do palco logo em seguida) E com vocês, a próxima dupla!

[CENA 10 – CASA DELLE ROSE/ SALÃO/ NOITE]
(Ione comemora por Otávio ter conseguido avançar)
IONE – (bate palmas) Que maravilha! Meu querido passou!
SALETE – Gosta desse garoto, né?
IONE – Eu tenho uma afeição por ele, mais nada.
SALETE – Sei.
IONE – Eu quero que ele chegue à final, junto com a Larissa, óbvio.
SALETE – E se os dois chegarem a final, para quem você vai torcer?
IONE – Nesse caso, deixarei para o pessoal de casa votarem, e que vença o melhor! (sorri) Eu sei que se qualquer um dos dois ganharem, já ficarei feliz. Os dois merecem, Larissa tanto pela a história de vida que todas nós conhecemos, como Otávio, que quer ganhar o programa pela a mãe dele! (sorri) Então, sendo qualquer um deles, pra mim é o que importa.
SALETE – Também penso igual!

[CENA 11 – ESTÚDIO SUA CANÇÃO/ SALA RESERVADA/ NOITE]
(a última dupla do grupo B está se apresentando. Logo será chamado o último grupo)
MANUELA – (ansiosa) Logo será a gente!
AMANDA – É, acho melhor nos prepararmos! (se afasta dela, indo em direção a sua mãe que estava poucos metros dali. Thalita e Éster se aproxima de Manuela)
ÉSTER – O que era aquilo?
MANUELA – O que?
ÉSTER – A gente viu você e a Amanda de mãos dadas. O que vocês estavam fazendo?
MANUELA – Ela fez uma oração comigo. O que tem de errado nisso?
THALITA – Sério? Bem nesse caso eu não vejo problema algum.
ÉSTER – Como não? Vocês duas são concorrentes, Manu! Esqueceu que em instantes, será decidido qual de vocês vai para a semifinal. Vocês não podem ser amigas.
MANUELA – Eu não vejo problema nisso, Éster? A Amanda é uma garota boa e você está a julgado, sem antes mesmo conhecê-la.
ÉSTER – Eu não confio naquela boa samaritana, não! Ela vem com esse papo de boa moça, que foi curada, mas a mim ela não engana. Aquela ali é mais falsa que nota de três reais.
MANUELA – (se irrita) Não diz besteira, Éster. Agora, se você me dar licença, precisa relaxar que o grupo B já encerrou! (se afasta delas)
THALITA – Acho que você exagerou um pouco!
ÉSTER – Vamos esquecer essa história, que ao contrário de algumas por aí, eu cumpro a minha palavra. Vamos nos preparar para votar na Manu. (as duas saem da sala reservada, Manuela fica sozinha em um canto da sala, volta a orar)

[CENA 12 – CASA DE CAIO/ SALA/ NOITE]
(Caio está sozinho vendo o programa de música e com um livro em seu colo, seu pai entra na sala, ao ouvir passos Caio finge que estar estudando)
CLÁUDIO – Ainda lendo este livro?
CAIO – (aliviado, fecha o livro) Ah é o senhor, pai!
CLÁUDIO – Não estava estudando, não é mesmo?
CAIO – Não. (ri) Na verdade, estava vendo o programa. Pensei que era a mamãe, por isso finge que estava lendo.
CLÁUDIO – Sua mãe está dormindo tem um tempinho já. Ela chegou cansada do escritório.
CAIO – Deve ter chegado mesmo, que nem pegou muito no meu pé.
CLÁUDIO – É, mas vou logo te alertando, que amanhã ela certamente vai cobrar o que você aprendeu hoje. (indo até a cozinha) Então é melhor você estudar um pouquinho e depois ir se deitar.
CAIO – (ri) Pode deixar, pai. O programa está acabando e já decorei algumas leis aqui, caso minha mãe pergunte algo. (Cláudio vai para a cozinha, Caio coloca o livro ao lado, relaxa um pouco mais ao saber que sua mãe já estava dormindo)

[CENA 13 – ESTÚDIO SUA CANÇÃO (ao vivo)/ PALCO/ NOITE]
(após exibir os ensaios de Amanda e Manuela, as duas estão no centro do palco, próximas uma da outra)
AMANDA – (sorri, diz baixinho) Boa sorte!
MANUELA – Pra você também! (a música começa a tocar, as duas ficam de frente para a plateia)

Continua no capítulo 57…

A Widcyber está devidamente autorizada pelo autor(a) para publicar este conteúdo. Não copie ou distribua conteúdos originais sem obter os direitos, plágio é crime.

LEIA MAIS DESTE CONTEÚDO:

Pesquisa de satisfação: Nos ajude a entender como estamos nos saindo por aqui.

>
Rolar para o topo