VOCÊ ESTÁ LENDO

Falsas Juras – Capítulo 28: Últimas Semanas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Escrito por
Wagner Nascimento

Cena 1- Mansão Sodré / Quarto / Int / Manhã

Continuação imediata do capítulo anterior.

 

Heloísa: Deixa eu ver se refresco sua memória. Lembra de uma explosão? Melhor, bem antes, uma homem entra na minha vida afim de mim conquistar e roubar tudo que era meu, tentou me matar, mas eu sobrevive e prometi a mim mesmo que o faria pagar por tudo que me fez.

Felipe: Então você não perdeu memória coisa nenhuma, tava era planejando uma vingança. – ele sorri – e você acha que você tem força alguma contra mim? Eu sou homem, você é mulher. Eu já tava mesmo procurando uma forma de te matar, mas já que você antecipou tudo. – ele parte para cima dela.

Heloísa saca uma arma: Nao se aproxime de mim, ou eu explodo sua cabeça na bala.

Felipe para surpreso.

Felipe: Para com isso abaixa esta arma.

Heloísa: E porque eu faria isso? Você não acha que tenho motivos de sobra para acabar com você?

Felipe: Você não faria isso. Se você me matar você vai pra cadeia, você não quer ir presa, quer? Assassinato é crime.

Heloísa: Eu sei, mas eu posso dizer que foi em legítima defesa. Posso dizer que você me ameaçava. Não posso?

Felipe: Você vai conseguir viver com o peso da morte de uma pessoa? – ele tenta persuadi-la.

Heloísa: Vivo sim, você não conseguiu viver este tempo todo? Porque eu não?

Felipe: Para com isso Helô? O que você vai fazer comigo?

Heloísa sorri: Calma meu amor, você está ansioso demais. Senta na cama agora.

Felipe senta na cama devagar.

Heloísa: Sem gracinhas ou eu te mato agora.

Felipe: Vamos, me mata, acaba logo com essa palhaçada. Faz logo o que você quer fazer.

Heloísa sorri: E qual é a graça? Queremos nos divertir antes.

Felipe fica desesperado.

Heloísa: Tânia, pode vir.

Tânia entra com uma taça na bandeja.

Felipe: Você também, sua empregada imprestável.

Heloísa: É bom ter amigos de verdade Felipe. Amigos que não estão ao nosso lado só porque causa do dinheiro. Agora pegue a taça agora é beba.

Felipe: Eu não vou beber isso, é veneno não é? Você quer me envenenar.

Heloísa: Beba logo ou prefere levai um tiro.

Felipe: Você tá querendo me envenenar.

Heloísa gruta: BEBA LOGO SEU CANALHA.

Felipe pega a taça e bebe.

Felipe: O que você pós aqui sua viúva infeliz?

Heloísa: Nada demais, agira fique calmo. – ela sorri.

Corta para.

Cena 2- Hospital / Consultório médico / Int / Tarde

Daniela e Tomás entram.

Daniela: E então doutor, como ela está? Eu vim assim que soube que a Kelly havia acordado.

Tomás: Nós já podemos vê-la?

Médico: Calma, tudo a seu tempo. A Kelly acordou sim, mas ainda está muito frágil. Acho melhor deixar as visitas para amanhã. O pior já passou, ela não corre mais risco está estável e acordada, que é o mais importante.

Daniela: Eu sabia que ela não ia ficar nesta por muito tempo.

Tomás: A Kelly é guerreira.

Médica: Ok, agora eu preciso examinar um outro paciente. Até mais. – ele sai.

Daniela encara Tomás: Tomás, eu notei que nos últimos dia você não sai de perto da Kelly, o que está acontecendo?

Tomás: Eu gosto da Kelly. Estou só querendo ajudar, ela é uma mulher fantástica.

Daniela: Que infelizmente você não deu o devido valor, a trocou por um rapagão.

Tomás: Eu sei que fiz mau, mas quem pode mandar nas coisas do coração?

Daniela: Só que você não pensou no coração da Kelly, pensou apenas no seu. Este é o problema.

Ela pega sua bolsa e sai. Em Tomás pensativo corta para.

Cena 3- Copacabana / Ext / Tarde

Jonathan e Fernando caminham pelo calçadão.

Jonathan: E agora, como vai ser?

Fernando: Eu não consegui parar de pensar em você, do que você me disse lá no clube. Sabe, eu fui tão cego que não percebi que você estava gostando de mim.

Jonathan: Foi mesmo, mas também eu nunca deixei explícito o que eu sentia. Mas o que eu quero saber é como vamos ficar. Você disse que está comprometido com outro.

Fernando: Eu vou dar um jeito. Minha relação com o Tomás não anda mais como a mesma, nos últimos tempos ele vive só para o trabalho, só para a ex.

Jonathan: A ex??

Fernando: Sim, ela se acidentou e tá em coma no hospital a algum tempo, desde então ele só fala nela.

Jonathan: E você irá terminar com ele?

Fernando: Se você tiver disposto a enfrentar tudo comigo, eu me separo sim.

Jonathan: Eu estou sim disposto. A começar pelo meu pai, preciso contar a ele e hoje.

Fernando: Faça isso, e eu vou falar com o Tomás, preciso contar a ele o que está acontecendo também, tenho certeza que ele vai entender.

Os dois são um selinho e saem.

Cena 4- Delegacia / Int / Tarde

Exdras e Cauã entram na sala do delegado às pressas.

Exdras: O que houve? O que Aline fez para prenderem ela?

Delegado: O Senhor é o que dela? Advogado?

Exdras: Marido, quer dizer ex marido. Mas me fale, do que a Aline está sendo acusada?

Delegado: A Aline foi presa por racismo contra uma vendedora de uma loja, ela está encrencada, tem muitas testemunhas, vídeos…

Exdras: A Aline tem o que na cabeça meu Deus.

Cauã: Sabia que uma hora ou outra minha mãe ia se dar mau com isso.

Exdras: Eu posso falar com ela um instante?

Delegado: Claro.

Ele chama um policial e ordena que ele leve Exdras até Aline.

Cela / Int / Tarde

Exdras entra. Aline corre ao seu encontro.

Aline: Por favor Exdras, me tirem deste lugar horrosos, eu não quero ficar aqui. Eu não pertenço a este lugar.

Exdras: Olha a besteira que você fez Aline. Você realmente passou dos limites. Tem testemunhas contra você, tem vídeos … você está em maus lençóis.

Aline: Para com isso, para. Eu quero sair daqui, chame um advogado.

Exdras: Eu posso até tentar, mas você não se livrará de tudo isso, racismo é crime inafiançável. Você será julgada.

Aline: Agora foi que eu vi. Por isso que o Brasil virou este país de merda, eu vou ser julgada por falar a verdade na cara desse povinho.

Exdras: Para Aline, por favor me poupe de seus comentários maldosos, se não eu deixo você passar o resto de sua vida aqui nesta cela.

Aline: Você não é louco de fazer isso comigo.

Exdras: Eu vou falar com meu advogado, aliás ele vai trazer os papéis do divórcio e assim que você sair daqui a primeira coisa que você vai fazer é assina-los.

Aline: Você está se aproveitando do meu mau momento.

Exdras: Você já fez isso durar por demais, agira chegou a minha hora. Mas por enquanto você vai ficar aqui.

O policial bate na cela.

Exdras: Eu tenho que ir.

Ele sai.

Aline encosta na grade e chora: Eu não mereço isso. Não mereço passar a noite nesta espelunca, este lugar fedido.

No sofrimento de Aline. Corta para.

Cena 5- Apto de Fernando / Sala / Int / Fim de Tarde

Tomás chega feliz. Na sala Fernando já está a sua espera.

Tomás: Fernando, a Kelly acordou. – diz sorridente.

Fernando: Tomás, eu preciso falar com você, é sério.

Tomás: O que houve? – ele desfaz o sorriso.

Fernando: Olha Fernando, não dá mais. Você tem se distanciando de mim, nos últimos dias você só fala em Kelly, é Kelly pra aqui, Kelly lá… não dá mais.

Tomás: Como assim Fernando? Você está com ciúmes? Eu e a Kelly, não tem nada, eu só a considero muito, afinal tivemos uma história juntos.

Fernando: Eu não estou ok ciúmes, e o problema não está na Kelly. Está em mim, em nós. Não temos mais a mesma química, este é o problema.

Tomás: Você está querendo terminar comigo, é isso?

Fernando: Querendo, acho que está não é a palavra correta, mas, é preciso. Eu não te amo mais, eu estou gostando de outra pessoa.

Tomás: É aquele garoto não é? É aquele garoto da praia. Vocês vivem grudados para todos os lados… é ele.

Fernando: Eu me apaixonei pelo Jonathan, eu estou disposto a largar tudo por essa paixão.

Tomás: Que pauzao Fernando. Você não pensa no que eu fiz por você? Eu larguei meu casamento, deixei minha casa para ficar com você.

Fernando: Desculpe Tomás, desculpe te decepcionar, mas, eu não posso deixar de viver o que eu quero para te agradar.

Tomás: Então é assim, você está me deixando óleo garotão?

Fernando: Eu e você, nós, não dá mais.

Tomás: Você vai se arrepender por isso Fernando, vai se arrepender.

Fernando: Eu já arrumei suas malas, quero que você vá embora do meu apartamento.

Tomás: Eu irei, irei sim.

Tomás entra no quarto e sai com as malas. Ele encara Fernando com olhar ameaçador, e depois sai.

Fernando suspira é senta no sofá.

Fernando: Agora é com você nesta Jonathan.

Corta para.

Cena 6- Mansão Sodré / Ext / Fim de Tarde

Heloísa e Aída, juntamente com Tânia conseguem pegar Felipe que está desacordado e colocar no porta malas o carro.

Tânia: O que irão fazer com ele?

Heloísa: Não se preocupe Tânia, eu vou fazer o Felipe me pagar pelo mau que ele me fez. Ele vai se arrepender por ter entrado na minha vida.

Aída: Onde nós iremos agora Helô?

Heloísa: Eu tenho um lugar, um lugar bem longe daqui. Vamos.

Ela dá a volta e entra no carro, Aída entra com ela e as duas saem. Close em Tânia nervosa.

O carro sai porta afora. Alguém que as observava sai na rua escura. Corta para.

Cena 7- Casa dos Silva / Sala / Int / Noite

Jonathan chega esta nervoso.

Jonathan: É hoje… que seja como for.

Todos estão sentados a mesa.

Otávio: Até que enfim você chegou Jonathan, posso saber porque exigiu a presença de todo aqui?

Jonathan: Eu tenho algo muito importante para falar com vocês. – ele encara Suzana – quem chamou está mulher?

Sofia: Para com essa besteira Jonathan, foi eu quem chamou nossa mãe, ela também é da família.

Jonathan: Não era pra fazer isso Sofia.

Suzana: Eu posso sair se de ir incômodo.

Otávio: Ela nem percebe…

Frida: Da pra parar de besteira e fala logo? Que encheção.

Jonathan encara o pai: Pai, eu sinto muito por isso, mas, não foi uma escolha minha, eu não escolhi isso…

Otávio fica apavorado: Do que você está falando Jonathan?

Jonathan começa a chorar: Eu só espero que vocês me aceitam como eu sou, só isso.

Suzana: Fala logo, estamos aflitos.

Jonathan: Pai, pessoal, eu… eu sou… eu sou gay. É isso, eu me descobrir, eu me apaixonei por outro homem.

Em Otávio surpreso. Corta para.

Fim do Capítulo 28

Continua.-” ”>-‘.’ ”>

Atenção: A Widcyber tem a autorização do autor para publicar este conteúdo.

cropped-wid-1.png

NAVEGAR

>
error: Este conteúdo é protegido! A cópia deste conteúdo não é autorizada em virtude da preservação de direitos autorais.
Rolar para o topo