VOCÊ ESTÁ LENDO

Falsas Juras: Capítulo 35 – Último

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

NAVEGAR

Cena 1- Local ermo / Ext / Fim de Tarde

 

Continuação imediata do capítulo

anterior.

 

Felipe vai acelerado fugindo por uma estrada de barro. Quando em sua frente surge carros da polícia.

Felipe: Que merda é essa? – ele encara Heloísa – Sua vadia maldita! – ele aponta a arma para Heloisa.

Heloísa chora.

Polícias: Para o carro agora!

Felipe da uma freada.

Felipe: Se eu for preso eu te mato primeiro sua vadia!

Close em Heloísa desesperada sob a mira do revólver.

Liandra: Acabou Felipe, acaba logo com essa miserável.

Heloísa: Por favor, eu não fiz nada.

Felipe: Desgraçada, eu vou te matar, eu te mato.

Os policiais aproximam armados.

Polícia: Saiam do carro com as mãos pra cima.

Felipe: Deixe eu passar ou eu mato essa vadia.

Ele pega pelo braço de Heloísa e saem do carro com a arma na cabeça dela.

Felipe: Então? Quer mesmo que eu mate ela?

Polícia: Se entrega rapaz, é melhor pra você.

Felipe: Eu não vou me entregar, se você não deixar a gente passar eu mato ela.

Close em Heloísa chorosa.

Liandra: Acaba logo com isso Felipe, mata logo essa mulher, atira nela.

Polícia: Vamos negociar rapaz.

Felipe: Não sei notificação, ou vocês me deixem passar ou ela roda.

O policial fala com Felipe o distraindo enquanto outro entra no mato para pegar Felipe de surpresa.

Felipe grita: Anda logo que eu não estou com mais tempo.

Liandra desce do carro com a mala nas mãos, ela se aproxima de Felipe.

Liandra grita: Mata logo essa desgraça, acaba logo com essa palhaçada sei idiota.

Felipe mira Liandra: Cala a boca sua vadia dos infernos, não me diz o que fazer.

O policial sai de dentro do mato, Liandra o veja.

Liandra: Olha a polícia Felipe.

Felipe vira de vez e é surpreendido por um tiro no ombro. Ele vai sangrando. Liandra se desespera. Heloísa corre até onde está a polícia. Liandra volta pro carro e parte com tudo, as polícias atiram contra o carro mas não acertam. Enquanto isso Felipe está agonizando no chão e sangrando muito.

 

Polícia: Nós temos que ir atrás dela.

Alguns policiais entram no carro e vai atrás de Liandra. Outros dois colocam Heloísa no carro e voltam.

 

Corta para.

 

Liandra anda em alta velocidade, ela olha pelo retrovisor e veja o carro da polícia vindo atrás. Ela celebra cada vez mais.

Liandra: Vocês não vão me pegar, eu não vou ser presa, não vou.

Ela acelera ainda mais, na frente tem uma curta bem acentuada, e mais na frente um abismo. Ela se desespera, tenta frear mas o carro acaba capotando várias vezes até cair no abismo, ouve-se uma explosão é uma densa nuvem de fumaça cobre o lugar. Os policiais param o carro e descem para olhar.

Corta para.

 

Cena 2- Lugar ermo / Ext / Noite

 

O carro da polícia para ao lado do carro de Exdras. Heloísa desce e corre até Exdras, os dois se abraçam, ela chora muito, Exdras a beija.

Exdras: Tá tudo bem? Tá tudo bem?

Heloísa: Sim…

Polícia: O rapaz foi baleado, mas a garota fugiu com a mala de dinheiro, nossos homens estão atrás dela.

Exdras abraça Heloísa, Frida se junta a eles.

 

Corta para.

 

Cena 3- Rio de Janeiro / Ext / Manhã

 

Ao som de Ivete Sangalo – Azul da Cor do mar chega um novo amanhecer na cidade carioca. Plano aéreo do Cristo Redentor, da praia de Copacabana… corta para.

 

Letreiro: Dias Depois.

 

Cena 4- Mansão Ianes Búlgaro / Sala / Int / Manhã

 

Heloísa e Exdras estão em pé conversando com um homem, é um policial.

Policial: O rapaz não resistiu, ele morreu hoje de madrugada.

Exdras: E quanto a garota, tem alguma possibilidade dela ter escapado?

Policial: Não, ninguém sobreviveria a uma queda daquela altura, e o carro ficou todo destruído, pegou fogo. Ela morreu carbonizada na certa.

Heloísa: Que horror, ainda bem que este pesadelo acabou.

Policial: Tenham um bom dia.

Exdras: Obrigado por vir trazer a notícia.

Exdras leva o policial até a porta depois volta e beija Heloísa.

Exdras: Sabe que agora que tudo acabou eu tava pensando, acho que agora nós podemos viver nossas vidas… juntos.

Heloísa: Como assim? – sorri.

Exdras: Você quer casar comigo?

Heloísa sorri emocionada: Sério isso?

Exdras: Mais sério que nunca.

Heloísa: Mas você não é casado com a Aline?

Exdras: Não mais, me divorciei. Mas você ainda não me respondeu; aceita ou não?

Heloísa: Claro que eu aceito! – Sorri.

Os dois abraçam e se beijam. Frida desce a escada.

Frida: Eu ouvi direito? Vamos ter casamento? É isso?

Heloísa: Sim filha, vamos casar.

Frida se junta a eles e comemoram.

 

Cena 5- Hotel / Quarto de Suzana / Int / Manhã

 

Suzana abre a porta e Sofia entra acompanhada por Jonathan e Fernando.

Suzana: Bom dia meus amores.

Sofia: Bom dia mãe.

Suzana: Vocês aqui tão cedo?

Sofia: O Jonathan tem uma jovi9 pra contar, ele é o Fernando.

Suzana: Fiquei curiosa, o que é?

Jonathan: Mãe, eu e o Fernando vinhemos nos dispedir. Ele recebeu uma proposta de ir morar na Europa, estamos partindo amanhã cedo.

Suzana: Que bom filho, desejo muita sorte para vocês lá.

Eles se abraçam.

Suzana olha para Fernando: E você cuida do meu menino.

Fernando sorri: Pode deixar.

Suzana: E você Sofia, tem uma novidade pra ti também.

Sofia: Pra mim?

Suzana: Sim, eu consegui pra você um teste para Malhação, que tal?

Sofia: Mãe, isso é… a melhor coisa que já me aconteceu.

Sofia abraça Suzana toda feliz.

Corta para.

 

Cena 6- Cruzeiro / Quarto de Daniela e Kelly / Int / Manhã

 

As duas entram no quarto e deixem as malas no chão.

Daniela: Tá preparada?

Kelly: Já nasci preparada. – Sorri.

Daniela pega duas taças e serve champanhe.

Daniela: Um brinde para nossa nova vida.

Kelly pega a taça: Um brinde aos novos sorrisos.

As duas brindam e depois bebem juntas.

Na felicidade das duas corta para.

 

Cena 7- Mansão Ianes Búlgaro / Quarto de Heloísa / Int / Tarde

 

Heloísa está em pé vestido num vestido de noiva. A costureira faz os ajustes. Frida e Tânia observa.

Heloísa: Como estou?

Frida: Linda.

Tânia: Tá parecendo uma princesa dona Heloísa.

Heloísa sorri: Que bom, quero estar linda pra meu casamento.

Exdras bate na porta: Posso entrar?

Frida e Tânia: Não!! – sorri.

Tânia: Você não pode ver o vestido antes do casamento, da azar.

Exdras sorri: Tudo bem, tudo bem.

 

Corta para.

 

Cena 8- Lanchonete / Int / Tarde

 

Cauã e Aline estão sentados quando Sofia chega. Sofia e Aline trocam olhares.

Cauã: Meu amor, que bom que chegou. – ele a beija.

Aline: Tudo bem Sofia?

Sofia: Sim, tudo ótimo. Acabei de fazer um teste para atuar numa novela. Tô na expectativa.

Aline: Você vai conseguir, tenho certeza.

Cauã: Bom, eu já pedi um lanche pra nós. – ele encara a mãe – mas, a senhora sabe o motivo deste encontro aqui não é?

Aline: Claro. – ele encara Sofia – Sofia, eu gostaria de te pedir perdão pelas besteiras que eu fiz, pelas vezes que fui grossa e agi de forma racista e preconceituosa com você. Você me perdoa?

Sofia: Claro que eu te perdoo,se não fizesse isso estaria agindo pior que a senhora.

Aline sorri: Muito obrigado. – uma lágrima surge em seu olhar.

Cauã: Acho que está cena merece um abraço né?

Eles se levantam e se abraçam.

 

Cena 9- Casa dos Silva / Sala / Int / Noite

 

Sofia entra, está tudo desarrumado.

Sofia: Pai?

Otávio está sentado num canto cabisbaixo.

Sofia se aproxima: Pai, o que houve?

Otávio: Sofia, minha filha.

Ele a abraça.

Sofia: Pai, o que você fez da sua vida? Não vê que está separando de tu todos que te amam?

Otávio: Não fale assim comigo?

Sofia: Eu só vim aqui para fazer o senhor pensar um pouco nesta situação. Olha, o Jonathan e o Fernando estão indo embora amanhã para a Europa, seria bom se você rompesse essa barreira do preconceito que te separar dele e vá lá falar com ele.

 

Otávio: Eu não quero.

 

Sofia: A escolha é com o Senhor. Só pra falar também que eu consegui o teste para uma novela, estou esperando a resposta.

Otávio encara a filha: Boa sorte.

Sofia sorri e abraça o pai.

 

Cena 10- Tribunal / Int / Manhã

 

O juiz da a sentença de Aline. Todos ficam apreensivos.

Juiz: Perante os fatos aqui expressados, eu declaro a ré culpada pelo crime de racismo. Tendo como pena a multa de 12 mil reais e mais 200 horas de serviços comunitário. A ré tem vinte dias para o pagamento da multa e o serviço começa na próxima vinte e quatro horas.

 

Close em Aline. Todos a olham. Cauã encara a mãe e segura sua mão.

 

Corta para.

 

Cena 11- Aeroporto / Embarque / Int / Manhã

 

Jonathan se despede de Sofia. Os dois se abraçam.

Sofia: Vai com Deus maninho.

Ela abraça Fernando.

Sofia: Eu falei com nosso pai, uma pena que ele escolheu isso.

Jonathan: Deixa ele, no tempo certo ele vai perceber a besteira que fez.

Otávio chega: Não vai precisar de tempo.

Close em Jonathan. Os dois trovan olhares. Otávio corre e abraça o filho.

Otávio chorando: Me perdoa meu filho. Me perdoa.

Jonathan: Eu nunca tive raiva do senhor meu pai. Foi o senhor que se afastou de mim.

Otávio: Eu fui um idiota, hoje percebo que não é sua sexualidade que vai tirar das suas veias o meu sangue. Você é meu filho e vai continuar sempre para sempre.

Jonathan se emociona. Ele abraça o pai.

Jonathan: Eu te perdoo pai.

Otávio: Que ckve seja muito feliz nesta nova vida.

Fernando se aproxima.

Otávio: E você grandão, cuida do meu filho se não você me paga.

Fernando sorri: Pode deixar Sr. Otávio.

Jonathan: Nós temos que ir, já vamos embarcar.

Eles se despedem e saem pro embarque.

Sofia encara o pai: Que bom que o senhor mudou sua forma de pensar sobre o Jonathan e sua homossexualidade.

Otávio: É duro pra mim ver isso, eu criei um homem.

Sofia: Ele vai continuar sendo pra sempre um homem, pai, só que um homem que gosta de outro homem, e o Jonathan é feliz da forma dele.

Otávio: Eu sei, por isso resolvi deixar de lado todo meu preconceito. Se o Jonathan está feliz, só me resta aceitar e superar tudo isso.

Sofia abraça o pai.

 

 

Cena 12- Angra Dos Reis / Ext / Manhã

 

Ao som de Ellie Goulding – Love me like you Do, surge uma nova manhã ensolarada em Angra dos Reis.

 

Letreiro: Alguns Dias Depois.

 

Na praia estão muitas pessoas sentadas em cadeiras enfileiradas. Na frente um altar improvisado e decorado com algumas flores brancas. Exdras está ali em pé todo feliz na frente de um juíz. Heloísa entra toda de branco feliz é muito emocionada.

O juiz celebra a união dos dois, as pessoas aplaudem de pé. Exdras e Heloísa se beijam apaixonados.

Heloísa: Eu te amo Exdras.

Exdras: Eu te amo muito mais. E falo com toda a verdade do meu coração.

Eles se beijam intensamente. A câmara vai afastando e subindo aos poucos até pegar todas as pessoas na praia aplaudindo a união dos dois. Corta para.

 

FIM

-” ”>-‘.’ ”>

Atenção: A Widcyber tem a autorização do autor para publicar este conteúdo.

cropped-wid-1.png

NAVEGAR

>
error: Este conteúdo é protegido! A cópia deste conteúdo não é autorizada em virtude da preservação de direitos autorais.
Rolar para o topo