Hierarquiia
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on tumblr

Hierarquia

Novela de Débora Costa

Escrita Por

Débora Costa

Colaboração

Tainá Andaluz

Direção

Wellyngton Vianna

Núcleo

Cyber Séries

Personagens desse capítulo

ANTÔNIO

BÁRBARA

CARLOS

DIEGO

FRANCO

GAEL

GUILHERME

JÉSSICA

LAURA

LIGIA

MIRELLA

NÁDIA

OTÁVIO

PEDRO

SANDRA

 

 

 

 

Cena 1/Int./Parque do Ibirapuera/Dia.

Ligia encara Diego, está brava.

LIGIA

Diego eu posso saber como você me encontrou aqui?

DIEGO

Não Ligia, como consigo minhas coisas é um segredo meu.

PEDRO

Cara para de ficar perseguindo a minha namorada.

Diego dá risada.

DIEGO

Cai na real garçom, olha bem para a Lígia, olha a família que ela pertence e se olha, você acha mesmo que o pai dela vai aceitar que você namore a menininha da família?

LIGIA

Eu não sou menininha! Sou uma mulher e sei muito bem tomar minhas decisões, e dá próxima vez que você brotar da terra me perseguindo eu vou te denunciar!

DIEGO

Quando a raiva que você senti de mim passar vou estar te esperando de braços abertos meu amor.

Pedro dá um soco em Diego, Ligia segura Pedro.

LIGIA

Não vale a pena meu amor, vamos embora.

PEDRO

Não chega perto dela outra vez.

Ligia e Pedro saem, Diego limpa o sangue que está saindo da boca, sorri.

DIEGO

Até que vai ser divertido atormentar essa insuportável.

Cena 2/Int./Banco BRT Nacional/Escritório de Guilherme/Dia.

Jéssica entra feliz, abraça Guilherme.

JÉSSICA

Bárbara me contou que você finalmente pediu o divórcio! Nem acredito meu amor.

Guilherme sorri, acaricia o rosto de Jéssica, a olha.

GUILHERME

Como essa idiota te contou?

JÉSSICA

Ela me ligou e perguntou se eu poderia me encontrar com ela no shopping, eu fiquei curiosa e ela me pediu para descobrir quem é sua amante.

GUILHERME

Ela é uma coitada.

JÉSSICA

Sim mas agora nosso pesadelo vai acabar! Eu estou muito feliz.

Guilherme se afasta de Jéssica.

GUILHERME

Jéssica… Você já pensou em uma coisa… E se quando estivermos juntos não ter mais graça nosso relacionamento?

Jéssica fica séria.

JÉSSICA

Perder a graça?

GUILHERME

Sim, nós nos damos bem em tudo, nos divertimos, não compartilhamos as coisas chatas do dia a dia, somos amantes e isso torna tudo mais interessante, como dizem o proibido é mais gostoso.

JÉSSICA

Guilherme você está querendo me dizer que quer continuar comigo sendo sua amante e não sua mulher?

GUILHERME

É Jéssica, eu pensei muito e vi que isso é melhor para nossa relação, estamos juntos há anos desse jeito.

Jéssica dá um tapa no rosto de Guilherme, está com raiva.

JÉSSICA

Você não vale nada! Me quer na sua cama, me quer para se divertir, mas não me quer casada com você! Mas eu não aguento mais isso! Acabou Guilherme!

Jéssica vai saindo, Guilherme a segura.

GUILHERME

Não sai assim Jéssica, fica calma e me ouve!

Jéssica bate em Guilherme, grita.

JÉSSICA

Eu não quero me acalmar! Vai para o inferno!

Jéssica sai, bate a porta, Guilherme não sabe o que fazer, se senta, está chateado.

GUILHERME

Não me deixa Jéssica… Eu te amo.

Cena 3/Int./Banco BRT Nacional/Corredor/Dia.

Jéssica está com raiva indo até o elevador, Franco se aproxima dela.

FRANCO

Eu quero falar com você.

JÉSSICA

Poupa o seu tempo, eu me demito.

FRANCO

Não é sobre isso que quero falar.

JÉSSICA

Então sobre o que é? Sobre aquele seu filho cretino?

FRANCO

É… Quero você longe do Guilherme, o relacionamento de vocês está afetando a vida dele com a Bárbara.

JÉSSICA

Franco eu é que quero distancia do Guilherme!

FRANCO

Ótimo, agora vamos até a minha sala, vou te dar uma quantia em dinheiro, assim você não sai no prejuízo e nem sai manchando o nome do meu filho por ai.

Jéssica com raiva encara Franco.

JÉSSICA

Pega o seu dinheiro e enfia você sabe onde! E quero que Guilherme se dane!

Jéssica entra no elevador, Franco fica sério.

Cena 4/Int./Casa de Antônio/Quarto de Mirella e Sandra/Dia.

Mirella está escolhendo uma roupa, já jogou várias peças em cima da cama, está brava, Sandra entra.

SANDRA

Mirella que bagunça é essa?

MIRELLA

Mamãe eu não tenho roupa para jantar com meu pai!

SANDRA

Que exagero Mirella é claro que tem meu amor.

MIRELLA

Tudo roupa velha!

Mirella se senta na cama, cruza os braços, brava, chateada.

MIRELLA

Quero que meu pai tenha uma boa impressão de mim, quero estar linda.

Sandra se senta ao lado de Mirella.

SANDRA

Você é linda de qualquer jeito meu amor, e tenho certeza que seu pai vai te adorar.

MIRELLA

Como ele é?

SANDRA

Bonito igual a você.

MIRELLA

E o que mais? Ele trabalha em que?

SANDRA

Gael é um homem muito importante Mirella, ele era meu patrão.

MIRELLA

Ele é dono do banco que você trabalhava?

SANDRA

É mas quem cuida de tudo é o irmão dele.

Mirella se levanta empolgada.

MIRELLA

Meu pai é rico!

SANDRA

É mas não precisa ficar toda animada assim não, eu te proíbo de aceitar dinheiro dele, nunca precisamos.

MIRELLA

Se você não precisa eu sim, por exemplo agora, eu queria estar linda para o jantar e não tem uma droga de roupa nova!

SANDRA

Você venceu Mirella, vamos ao shopping, mas apenas para comprar a roupa e não o shopping todo.

Mirella abraça Sandra, está feliz, empolgada.

 MIRELLA

Obrigada mamãe!

Cena 5/Int./Apartamento de Diego/Sala/Dia.

Marcos e Nádia estão sentados.

MARCOS

Para você se aproximar da Ligia Diego e eu tivemos uma ideia, nós vamos nos casar.

NÁDIA

Ficou louco? Eu nem te conheço.

MARCOS

Não vai ser um casamento de verdade Nádia, tudo de mentira para justificar você aparecer com muito dinheiro, porque só assim para você entrar no mundo de Franco.

NÁDIA

(sorri) E eu vou ter muito dinheiro é?

MARCOS

Vai será sua recompensa por nos ajudar, Franco não me conhece, não tem noção que eu sou tio do Diego.

NÁDIA

Entendi, gostei do plano, acho que dá certo sim.

MARCOS

Não se esqueça que você vai ter que ser amiga da Ligia.

NÁDIA

Das poucas vezes que vi essa garota não gostei e ela está com o meu homem, vai ficar na cara que quero algo.

MARCOS

Tem razão… Você pode se aproximar da mãe dela, o importante é você sempre estar com eles, entendeu?

NÁDIA

Claro e quando vamos começar a colocar o plano em prática?

MARCOS

Agora, nós vamos passar uns dias em Nova York, e quando voltarmos você será uma mulher casada e rica.

Nádia dá risada.

NÁDIA

Vou adorar isso Marcos.

Cena 6/Int./Mansão Bittencourt/Sala/Dia.

Ligia entra, está brava, Laura se aproxima.

LAURA

O que aconteceu Ligia?

LIGIA

O Diego! Você acredita que ele me seguiu! Quase atrapalhou meu dia com o Pedro.

LAURA

Eu acredito sim, esse rapaz é o queridinho do Franco, seu avô está por trás disso.

LIGIA

Não é possível…

LAURA

Ligia seu avô é um homem de muitas caras, ele não é o homem atencioso, carinhoso e gentil que você conhece.

LIGIA

Então vou conversar com ele, eu tenho o direito de namorar com quem eu quiser!

LAURA

(sorri) Você e Pedro estão namorando?

LIGIA

Sim vovó e você não sabe o quanto estou feliz.

LAURA

Que bom minha querida, fico feliz por vocês.

LIGIA

Hoje á noite eu vou jantar na casa do seu Antônio, mas não conta para ninguém, vou ter que dizer que vou sair com umas amigas.

LAURA

Não vou contar… Ligia você me faz um favor? Se eu escrever um bilhete para Antônio você entrega?

LIGIA

Claro que sim mas eu acho muito mais rápido você ligar pra ele.

LAURA

Não posso Ligia, tenho medo do Franco descobrir.

Ligia pega o celular, entrega para Laura.

LIGIA

Se você for até o jardim e ligar de lá ninguém vai te ouvir e fica tranquila eu fico aqui caso o vovô chegue eu distraio ele, o número do seu Antônio está na agenda.

Laura sorri, beija o rosto de Ligia.

LAURA

Te amo minha querida, obrigada, não demoro.

Laura sai, Ligia se senta.

Cena 7/Ext./Mansão Bittencourt/Jardim/Dia.

Laura olha em volta, procura no celular de Ligia o número de Antônio, encontra, respira fundo, liga.

ANTÔNIO

(V.O) Alô.

LAURA

Antônio como vai, sou eu… Laura.

Antônio não diz nada, Laura fica apreensiva.

LAURA

Você está me ouvindo?…

ANTÔNIO

(V.O) Estou só fiquei surpreso com sua ligação.

LAURA

Nós podemos nos ver hoje?

ANTÔNIO

(V.O) Não tem motivos Laura.

LAURA

Tem sim, por favor, me dá uma chance de te contar tudo o que aconteceu.

ANTÔNIO

(V.O) Está bem Laura… Podemos nos ver hoje.

LAURA

Então anota o endereço de um apartamento que tenho, é raro eu ir lá e tenho certeza que ninguém vai nos incomodar.

Cena 8/Int./Estacionamento do Banco BRT Nacional/Dia.

Franco se aproxima de seu carro, Audrey coloca o celular dela na frente de Franco e mostra uma foto dela e de Gael juntos na cama.

AUDREY

Se você não der a atenção que eu mereço vou mandar isso para todos os jornais.

Franco pega o celular de Audrey com raiva, joga longe, se vira para Audrey e encosta no carro.

FRANCO

Estou me cansando de você!

AUDREY

Calma não precisa me machucar!

FRANCO

Precisa sim! Você transou com meu irmão de propósito!

AUDREY

Claro que foi meu querido, eu estava muito chateada com você.

FRANCO

O que você quer?

AUDREY

Passar mais tempo com você.

FRANCO

Audrey o que vou te falar agora pode te chocar, mas o mundo não gira em seu redor, sou um homem ocupado.

AUDREY

Você não me quer mais?…

Diego entra no estacionamento, se esconde ao ver Franco e Audrey.

FRANCO

É claro que quero se não quisesse não investiria tanto dinheiro em você.

AUDREY

Então porque está me tratando mal esses dias?

FRANCO

Você me tira do sério e ainda ficou com Gael.

Franco acaricia o corpo de Audrey, Diego começa a filmar com seu celular.

FRANCO

Ele é melhor do que eu na cama?

Audrey sorri, fala no ouvido de Franco.

AUDREY

Não é ruim, mas eu senti falta da sua força, dos tapas…

Audrey e Franco se beijam.

FRANCO

(ofegante) Você é demais sabia, adoro como provoca vários sentimentos em mim.

Franco aperta o pescoço de Audrey.

FRANCO

Ao mesmo tempo que quero te matar pela raiva que me provoca, quero te levar pra cama.

Audrey gostando, fecha os olhos, sorri.

AUDREY

Então vamos agora para meu apartamento Franco, dai você me mostra o que mais causo em você.

Franco solta Audrey, abre a porta do carro pra ela.

FRANCO

Tenho um compromisso hoje á noite, mas sempre tenho tempo para você.

Audrey sorri, entra no carro, Franco fecha a porta, abre a porta do lado do motorista, entra, liga o carro, sai do estacionamento, Diego sorri olhando o celular.

DIEGO

Então a amante de Franco é a Audrey… É bom ter registrado isso.

Cena 9/Int./Mais Tarde/Restaurante/Noite.

Franco e Gael estão sentados.

GAEL

Não sei porque vim aqui, nem quero conhecer essa menina.

FRANCO

Mas eu quero, estou curioso.

Sandra e Mirella se aproximam, Mirella está emocionada, ansiosa.

SANDRA

Boa noite.

Franco e Gael se levantam, Franco admira Sandra, Gael olha para Mirella.

GAEL

Boa noite.

FRANCO

Você está linda Sandra.

Gael sorri um pouco, Sandra fica sem graça.

SANDRA

Obrigada… Mirella esse é Gael… Seu pai.

Gael estende a mão para Mirella.

GAEL

Tudo bem?

Mirella segura a mão de Gael, o olha muito.

MIRELLA

Sim… Você não sabe o quanto esperei para te conhecer.

GAEL

Você é uma menina linda sabia.

Mirella sorri.

MIRELLA

Obrigada, agora já sei de quem puxei os olhos claros.

FRANCO

Mirella eu sou seu tio Franco.

MIRELLA

Oi.

FRANCO

Acho que você e Gael devem ficar á sós para se conhecerem melhor, Sandra e eu vamos dar uma volta, mas voltamos para jantar depois, também quero conhecer mais da minha sobrinha.

GAEL

Podem ficar não tem problema.

SANDRA

Concordo.

FRANCO

Aposto que Mirella pensa como eu, tanto tempo sem saber quem era o pai dela, merece um momento a sós, não é?

MIRELLA

Sim, a menos que ele não queira…

Franco encara Gael.

GAEL

Quero sim princesa.

FRANCO

Ótimo, vamos Sandra, vamos dar uma volta.

Sandra abraça Mirella, olha Gael, está preocupada, sai com Franco, Mirella olha Gael.

GAEL

Não precisa ficar tímida princesa, pode conversar comigo, quero saber tudo sobre você.

Mirella sorri, está feliz.

Cena 10/Int./Mansão Bittencourt/Sala/Noite.

Guilherme entra, Bárbara desce as escadas.

BÁRBARA

Eu quero falar com você.

GUILHERME

Meu dia não foi bom e não quero que termine pior.

BÁRBARA

Me fala quem é sua amante.

GUILHERME

Não tenho amante nenhuma Bárbara! Falei aquilo para te provocar.

BÁRBARA

Então por que você quer me deixar? Por que está me tratando tão mal?

GUILHERME

Porque eu não te amo mais! Entende.

Ligia se aproxima olha Guilherme.

LIGIA

Fala a verdade papai.

GUILHERME

Fica fora disso Ligia.

LIGIA

Não, você está agindo muito mal com minha mãe.

BÁRBARA

O que vocês estão escondendo de mim?

LIGIA

Se você não falar papai eu falo.

GUILHERME

Eu já falei que não a amo mais, mas a sua mãe insisti!

LIGIA

Para com isso, ele tem sim uma amante mamãe, é por isso que ele quer te deixar, e quer saber, o melhor que você faz é aceitar, eu amo muito o meu pai, mas ele não te merece.

BÁRBARA

Você sabe quem é essa mulher?

GUILHERME

Ela não sabe, só descobriu que tenho outra porque me ouviu falando com ela no telefone.

BÁRBARA

Já te falei antes e vou repetir, não vai ser fácil Guilherme, não vou te entregar para vagabunda nenhuma!

Bárbara sobe as escadas, Guilherme se joga no sofá.

GUILHERME

Obrigado Ligia, muito obrigado.

Ligia beija o rosto de Guilherme.

LIGIA

Você é um pai maravilhoso, mas um péssimo marido.

Ligia vai saindo.

GUILHERME

Aonde você vai?

LIGIA

Dar uma volta com minhas amigas faz tempo que não as vejo.

Ligia joga um beijo para Guilherme e sai.

Cena 11/Ext./Rua/Noite.

Franco e Sandra estão caminhando, Sandra está aflita, preocupada.

SANDRA

Gael não vai magoar a Mirella não é?

FRANCO

Fica tranquila Sandra, está tudo bem.

SANDRA

Tomara…

FRANCO

Você está precisando de emprego Sandra?

SANDRA

Estou, mas meu pai está me ajudando, amanhã tenho uma entrevista.

FRANCO

Do que?

SANDRA

Caixa de uma lanchonete.

Franco dá risada, para de andar, olha Sandra.

FRANCO

Uma mulher linda como você não pode ter um emprego como esse, vai te rebaixar.

SANDRA

É um trabalho honesto, não me importo.

FRANCO

Estou precisando de uma assistente no banco e pessoal, quer fazer uma entrevista amanhã?

SANDRA

Não obrigado, já marquei uma para amanhã como te falei.

FRANCO

Não seja orgulhosa, aposto que o salário que receber no banco não chega nem metade do que vai ganhar sendo caixa, pensa na sua filha.

SANDRA

Não é orgulho, só não quero ter que dever nada para vocês.

FRANCO

Não vai, você será uma funcionária como outra qualquer.

SANDRA

Está bem… Não custa nada tentar, mas se eu ficar com a vaga quero que seja pelas minhas qualificações.

FRANCO

Concordo, não vou querer uma assistente inútil ao meu lado.

SANDRA

Agora quero voltar ao restaurante, podemos?

FRANCO

Sim.

Sandra vai na frente, Franco sorri sínico e a acompanha.

Cena 12/Int./Apartamento de Laura/Sala/Noite.

Laura está aflita, andando de um lado para o outro.

LAURA

Ele não vai vir…

A campainha toca, Laura abre a porta, Antônio entra.

LAURA

Que bom que você veio Antônio.

ANTÔNIO

Eu não iria vir, mas pensei bem e acho melhor colocar um ponto final nisso tudo, saber o que tanto você quer me dizer.

LAURA

A verdade Antônio preciso te contar porque fui obrigada a te deixar.

ANTÔNIO

(nervoso) Já está mentindo! Me lembro como se fosse ontem! Sua mãe me procurou como você mandou e disse que Franco era o homem da sua vida, que ele podia te dar tudo o que estava acostumada.

LAURA

Eu nunca mandei ela te falar nada! Não foi isso o que aconteceu! Que absurdo, como minha própria mãe fez isso comigo!

ANTÔNIO

Então me conta a sua versão.

LAURA

Você acha que eu te deixaria sendo que eu te amava e iria me casar com você… Eu era feliz Antônio até Franco cruzar o meu caminho… Ele me convidou para jantar, não aceitei, minha mãe insistiu para que eu fosse agora acredito que já estava combinado entre eles… Franco me fez ameaças.

ANTÔNIO

Ameaças? Que tipo de ameaças?

LAURA

Franco me disse que tinha se interessado por mim, que queria se casar comigo, eu disse que não porque amava outra pessoa, e ele disse que te mataria e arruinaria a minha família caso eu não ficasse com ele, eu fiquei com muito medo Antônio, não tive escolha a não ser te deixar.

Antônio fica com raiva.

ANTÔNIO

Você deveria ter me contado! Eu enfrentaria o Franco!

LAURA

Eu jamais permitiria você não faz ideia das coisas que Franco é capaz, ele te mataria sem pensar duas vezes, e como eu poderia viver me sentindo culpada pela morte do meu amor!

Antônio olha Laura.

ANTÔNIO

Você errou por ter me escondido isso, esse tempo todo eu achei que você me deixou porque estava interessada no dinheiro do Franco.

LAURA

Eu nunca precisei de nada do Franco, nunca peguei um centavo dele, fui obrigada a te deixar, não queria que nada de ruim te acontecesse.

ANTÔNIO

Se você me contasse eu iria quebrar a cara do Franco! Ainda dá tempo de fazer isso!

LAURA

Não meu amor, não faz isso, eu fico apavorada só de imaginar Franco perto de você, ele te odeia.

ANTÔNIO

E dai? Também odeio ele… Desgraçado, destruiu nosso amor.

LAURA

O amor que sinto por você é a única coisa que Franco não domina.

Antônio se aproxima de Laura.

ANTÔNIO

Você deveria ter me contado Laura! Eu daria um jeito, eu fugiria com você!

LAURA

Eu estava assustada demais e eu ainda não acabei de te contar tudo, tem mais uma coisa que pode mudar tudo, um segredo que guardei esses anos todos.

ANTÔNIO

O que mais aquele maldito te obrigou a fazer?

LAURA

Não foi ele e sim minha mãe… Alguns dias depois que terminei com você e oficializei meu noivado com Franco… Eu descobri que estava grávida.

Antônio fica sério, olha Laura sem entender.

ANTÔNIO

Como é?

Laura com os olhos marejados.

LAURA

Eu estava grávida Antônio, esperando um filho seu.

Fim do Capítulo

-” ”>-‘.’ ”>

LEIA MAIS DESTE CONTEÚDO:

A Widcyber está devidamente autorizada pelo autor(a) para publicar este conteúdo. Não copie ou distribua conteúdos originais sem obter os direitos, plágio é crime.

  • Melhor frase do capítulo: “Pega o seu dinheiro e enfia você sabe onde! E quero que Guilherme se dane!” da Jéssica.
    Outra coisa, Ligia também gosta de cinismo depois de revelar a mãe que o pai tem uma amante, ela sai mandando beijinho? kkkkkkkkk já vi também que ela é cobra criada. Eita! Guilherme é filho do Antônio, então Pedro e Ligia são primos. Uau quero saber mais.

  • Pesquisa de satisfação: Nos ajude a entender como estamos nos saindo por aqui.

    Você também poderá gostar de ler:

    Você também poderá gostar de ler:

    >
    Rolar para o topo