CENA 01. MANSÃO HELENA. SALA JANTAR. INT. DIA.

Continuação imediata do capítulo anterior. Solange desconfortável com a revelação de Nágila.

HELENA
Você está grávida, Solange?

SOLANGE
Não queria contar agora. Mas estou sim, Helena. Você vai ser avó.

HELENA
Mas que notícia incrível! Você não vai falar nada, Marcos?

MARCOS (frio)
Estou tão surpreso quanto você, mãe.

NÁGILA
Pois trate de ficar feliz com o fato de ser pai. Solange agora merece ser tratada com muito mimo, até o bebê de vocês nascer. Não é mesmo, Helena?

HELENA
Com certeza, Nágila. (a Solange) De quanto tempo?

SOLANGE
Duas semanas.

HELENA
Faço questão de te acompanhar até o parto. Você será a grávida mais linda dos últimos tempos.

CENA 02. CASA ÂNGELA. SALA JANTAR. INT. NOITE.

Sonoplastia: C’est Ta Chanson – Michel Delpech. Carlos vê Ivan e Ângela se beijando por alguns instantes.

CARLOS
Atrapalho?

Ivan e Ângela se dão conta do que faziam. Fim de sonoplastia.

CARLOS
Acho que pintou um clima entre vocês.

ÂNGELA
O que eu tava fazendo? Me deixei levar…

IVAN
Eu que peço desculpas por abusar de você. Fui um…

ÂNGELA
Abusar de mim? Eu sabia perfeitamente o que estava fazendo. Carlos, sua comida separada no micro-ondas. É só esquentar.

CARLOS
Tá bom, mãe. Vou deixar os pombinhos namorando. (ri)

ÂNGELA
Palhaço!

IVAN
Se a Helena descobre, eu estou frito.

ÂNGELA
Cá pra nós? Você nem ama a Helena. Ou ama?

IVAN
Na verdade, não sei mais o que sinto ou deixo de sentir. Quando vejo, já estou envolvido com alguém. A única coisa de que tenho certeza absoluta é do meu amor por meu filho.

ÂNGELA
Não consigo imaginar como eu ficaria sem o Carlos. Acho que enlouqueceria de vez.

Carlos entra com o prato feito e se senta à mesa. Conversa em FADE entre os três.

CENA 03. MANSÃO HELENA. QUARTO MARCOS. INT. NOITE.

Marcos termina de vestir o pijama. Solange entra e percebe que Marcos está frio.

SOLANGE
Você não curtiu muito a notícia.

MARCOS
Não estava preparado, só isso. Foi o choque.

SOLANGE
Será que foi só isso mesmo?

MARCOS
Claro que foi. Agora, se puder me fazer um favor, me deixa quieto. Tenho que dormir agora, porque amanhã tenho reunião cedo. Boa noite.

Marcos se deita para dormir. Solange fica nervosa e sai, batendo a porta.

CENA 04. MANSÃO HELENA. BIBLIOTECA. INT. NOITE.

Helena arruma uma papelada sobre a mesa. Nelson bate à porta e entra.

NELSON
Posso entrar?

HELENA
Claro, Nelson. O que te traz aqui a essa hora?

NELSON
Você!

HELENA
Nelson, não insiste. Estou amarrada a outro, esqueceu?

NELSON
Você sempre está amarrada a outro. Primeiro ao Raul, agora ao Ivan. À Bellatex, nem se fala. Isso sem falar no Gerson.

HELENA
Não fale esse nome aqui em casa. Meus filhos podem ouvir.

NELSON
Acho bom que ouçam. Eu sempre te avisei pra ficar longe do Gerson. Você não me ouviu. Se meteu em aventura com ele e acabou casada com Raul como castigo. Se tivesse ficado comigo desde o começo, você seria uma mulher muito mais feliz.

HELENA
Nelson, por que me agride? Você está tão ferido assim? Se for, te peço perdão. Mas eu nunca te amei, e nunca vou te amar.

NELSON
Que pena. (pausa) Espero que você reflita sobre o que fez da sua vida.

CENA 05. MANSÃO HELENA. SALA. INT. NOITE.

Solange ouve a conversa atrás da porta da biblioteca, com cara de sapeca. Nelson abre a porta com violência e sai. Solange consegue disfarçar e não ser vista por ele. Helena sai atrás.

HELENA
Nelson, volta aqui. Não quero que você fique assim comigo.

NELSON
Por hoje, já deu. Boa noite.

Nelson sai da casa. Helena preocupada. Solange se aproxima dela, fingida.

SOLANGE
Helena, não pude evitar.

HELENA
Você ouviu a conversa? Sobre Gerson?

SOLANGE
Sim, ouvi tudo.

HELENA
Esse assunto não sai da sua boca. Está entendido? Promete que não vai contar pra ninguém. Muito menos pro Marcos.

SOLANGE
Prometo. Longe de mim fazer fofoca. Também tenho meus segredos.

HELENA
Vamos lá pra dentro. Vou te contar tudo sobre esse homem. Preciso mesmo desabafar com uma boa amiga.

Helena e Solange vão para a biblioteca.

CENA 06. PRÉDIO VLAD. EXT. DIA.

Sonoplastia (até a cena 07): When You’re Gone – Benjamin Orr. Amanhece. Imagem da fachada do prédio.

CENA 07. APARTAMENTO VLAD. SALA JANTAR. INT. DIA.

Vlad e Letícia tomam café da manhã, com música tocando.

LETÍCIA
A Solange está grávida. Lembra dela, não lembra?

VLAD
Aquêla moça que subiu correndo na manson naquele dia? Lembro sim.

LETÍCIA
É uma mulher muito sofrida. Casou com um cara que não dá a mínima pra ela. Nem sei como vai levar a gravidez.

VLAD
Ela tem muita gente pra ajudar, non?

LETÍCIA
Sim, claro. Mas o pai é fundamental. E até onde conheço o Marcos, não sei se seria um bom pai.

VLAD
Deixa os dois pra lá. Vamos falar de nós. Marquei a sessão de fona pra amanhã.

LETÍCIA
Pra quê fono? Você não tem problema de fala.

VLAD
Quero acabar com o sotaque. Falar como um brasilheiro.

LETÍCIA
Ah, não! Assim vai perder seu charme. Você sabe que adoro seu sotaque.

VLAD
Mas ele me atrapalha no trabalho. Muita gente non entende o que eu fala.

LETÍCIA
Já que precisa mesmo, tenta deixar só um pouquinho. Sonho todo dia com um pedido de casamento com sotaque.

VLAD
Vou tentar. Está bom pra você?

Letícia sorri e beija Vlad.

CENA 08. APARTAMENTO IVAN. SALA. INT. DIA.

Ivan e Helena conversam sobre Solange.

IVAN (comemora)
Uma ótima notícia, Helena! Torço para que esse filho consiga unir Marcos e Solange.

HELENA
Marcos não recebeu muito bem a história.

IVAN
Deve ter sido a surpresa. Logo ele vai curtir o filho. E aí vai começar a fazer mil planos. De levar pra escola, levar pra passear, pra jogar bola se for menino, pra levar pro altar se for menina… Sonhei tanto, quando o Mário estava pra nascer.

HELENA
Não sei se Marcos seria o seu tipo de pai. Ele pode seguir o exemplo do Raul. Raul nunca se interessou em acompanhar nem as gestações dos filhos dele. Um eterno irresponsável. Se não coisa pior.

IVAN
Não tire conclusões precipitadas. O Marcos pode surpreender muito.

HELENA
Não consigo ser tão otimista.

A campainha toca. Ivan atende à porta e faz Sérgio entrar.

HELENA
Como vai, doutor Sérgio?

SÉRGIO
Me chame só por Sérgio. Vou bem, e você?

HELENA
Do jeito que posso.

IVAN
Te encontro no casarão da festa, às sete.

Ivan a leva até a porta; beija-a. Helena sai e ele fecha a porta. Ivan põe as duas mãos na cabeça; depois vai até Sérgio.

IVAN
Acho que fiz a maior burrada da minha vida. Ou talvez a sacada mais genial.

SÉRGIO
Do que está falando?

IVAN
A Solange está grávida.

SÉRGIO
E o que você tem a ver com isso? Você não me disse que ela tem um caso de tapas e beijos lá com o marido? Que tinha também um amante que apareceu morto?

IVAN
Sim, isso é tudo verdade. Mas…

SÉRGIO
Você transou com ela, eu sei. (pausa) Não?!

IVAN
Sim!

Sérgio olha-o chocado.

CENA 09. APARTAMENTO NELSON. SALA. INT. DIA.

Sonoplastia: jazz. Letícia entra e coloca a bolsa em cima do sofá. Tenta beijar Nelson, mas vê que ele está cabisbaixo.

LETÍCIA
Pai, que cara é essa?

NELSON
A de sempre.

LETÍCIA
A de sempre, não. Você tá pra baixo. É a Helena, não é?

NELSON
Está tão na cara?

LETÍCIA
Já faz algum tempo. Pai, ela não é pra você. Você e Helena são muito diferentes, quando o assunto é o coração. Parte pra outra.

NELSON
Não quero outra. Uma hora, tenho vontade de quebrar a cara do Ivan. Mas outra hora, acho aquele sujeito um anjo que faz a Helena feliz. Não sei mais o que fazer.

LETÍCIA
O que você tem a fazer é esquecer a Helena. Que tal uma viagem?

NELSON
Isso lá é hora pra viagem? Hoje, a Bellatex passa definitivamente pras mãos do Ivan. Ele mesmo fez questão de convidar a gente.

LETÍCIA
Não deixa que ela te faça mal. Se quiser, eu mesma cuido das suas coisas, enquanto você some por uns tempos. Vai te fazer bem.

NELSON
Vou pensar, filha. Mas não te garanto nada.

Letícia o abraça e o beija no rosto.

CENA 10. COLÉGIO VIRGÍNIA. SALA DE ARTES. INT. DIA.

Sonoplastia (até a cena 11): Stand By You – Rachel Platten. A turma de Virgínia pinta quadros de temas diversos. A professora e o diretor olham um a um. Param para olhar mais detalhadamente o quadro de Virgínia: uma ovelha negra em frente a uma paisagem noturna de campo, grávida de uma ovelhinha branca. Perto da ovelha, escrito o nome SOL.

PROFESSORA
Nossa artista sempre colocando no quadro suas ideias mais profundas. Está de parabéns, Vivi!

VIRGÍNIA
Obrigada, professora.

DIRETOR
Fico impressionado com seu talento, menina. Você já pensou em fazer uma exposição aqui na escola? Sophia me contou que você fez uns quadros lindos em casa. Juntando com os daqui… Por que não? Você topa?

VIRGÍNIA
Claro que sim!

SOPHIA (ao diretor)
A mãe dela até ficou de te ligar pra isso mesmo.

VIRGÍNIA
Psiu, não espalha!

PROFESSORA
Sua mãe, Vivi? Mas ela sempre me pareceu tão séria e contrária ao seu talento.

SOPHIA
Nada que o namorado novo não conseguisse mudar. Ele é bárbaro. É pintor também.

DIRETOR
Então vamos entrar em contato com sua mãe o quanto antes. Pode ser?

VIRGÍNIA
Pode sim. Ai, que vergonha!

CENA 11. SÃO PAULO. EXT. NOITE.

Anoitece. Imagens do trânsito congestionado da cidade.

CENA 12. CASARÃO MEGA HALL. SALÃO. INT. NOITE.

Sonoplastia (até a cena 14): bossa nova. Virgínia, Letícia e Helena conversam.

HELENA
Ligaram da escola, mas não pude atender.

VIRGÍNIA
O diretor quer conversar com você sobre a minha exposição lá na escola.

HELENA
Meu Deus, tinha me esquecido completamente. Mil desculpas, Virgínia. Com os problemas que caíram sobre a nossa família, deixei você de lado.

VIRGÍNIA
Não tinha como não deixar. Calma, mãe. Tá tudo bem. O diretor pediu pra você ligar pra marcar com ele.

HELENA
Você falou com ele da nossa ideia, filha?

VIRGÍNIA
Nem precisei. O diretor elogiou meu quadro de hoje, e a Sophia fez a linguaruda. Deu a ficha completa do Ivan pra professora nova, na saída.

LETÍCIA
Faço questão de ser convidada pra esse grande evento.

VIRGÍNIA
Grande evento? Aham, senta lá. É só uma atividade da escola.

LETÍCIA
Que vai te lançar como artista.

NÁGILA (se junta)
Se Deus quiser.

HELENA
Que bom que você veio, Nágila. Precisava mesmo da sua força.

NÁGILA
Conta sempre comigo.

CENA 13. CASARÃO MEGA HALL. JARDIM. EXT. NOITE.

Nelson, Raul e Marcos conversam.

NELSON
Vê se não apronta nenhuma hoje, Raul. Aqui está lotado de jornalistas, fotógrafos… Até meu genro veio.

RAUL
Podia voltar pra terra de comunista dele. O que sua filha viu naquele escroto?

HELENA
Com certeza não foi o que Helena viu em você. Se é que viu alguma coisa.

MARCOS
O russo não fede nem cheira. Pior é o abutre de Araras. E o que me dá mais raiva é que as mulheres da família defendem o calhorda.

Raul olha para as curvas de uma das convidadas, Jade.

RAUL
Olha lá aquele piteuzinho. Chupo até o bagaço.

MARCOS
Pai, galinhagem aqui não!

CENA 14. CASARÃO MEGA HALL. SALÃO. INT. NOITE.

Solange anda pelo salão. Distraída, acaba esbarrando em Vlad, que fotografa o evento.

VLAD
Desculpa. Machuquei?

SOLANGE
A culpa foi minha. Tô aqui toda distraída.

VLAD
Pôssa tirar uma fôto sua?

SOLANGE
Por favor.

Ela faz algumas poses, enquanto é fotografada. Letícia se aproxima.

LETÍCIA
Oi, amor. (beija-o) Solange é linda, não acha?

SOLANGE (fingida)
Não sou, não.

VLAD
É perfeita. Só non mais que você.

LETÍCIA
Ai, que fofo. Não tenho o namorado mais gato do mundo?

SOLANGE
Não tenho como negar.

LETÍCIA
Você me dá licença, um instantinho?

SOLANGE
Toda.

Letícia e Vlad se afastam de mãos dadas. Solange repara nele.

SOLANGE
Não sou fã de russo, não. Mas esse. (suspira) Que homem!

Ela se vira de costas, e dá de cara com Carlos. Toma um susto.

SOLANGE
Carlos?

CARLOS
Que bom te ver, Solange. Há quanto tempo não nos falamos?

SOLANGE (repara nele)
É, que gato você se tornou. Gostei.

ÂNGELA (se aproxima)
Claro que ele é um gato. Mas não é pra loiras do banheiro como você. Vamos, filho.

Ângela e Carlos se afastam juntos. CAM em Helena e Virgínia. Ivan se aproxima delas.

HELENA
Nem vi você chegar.

IVAN
Preferi uma entrada discreta. Entrei pelos fundos.

Sandro se aproxima do casal. O fotógrafo ao lado tira fotos deles.

SANDRO
Com licença. Sou Sandro Cortez, da Folha da Capital.

IVAN
Sim, você já me entrevistou na exposição de quadros. Lembro de você.

SANDRO
Gostaria de uma palavrinha de vocês dois sobre a venda da Bellatex. Helena, o que motivou você a fazer isso?

Entrevista em FADE.

CENA 15. CASARÃO MEGA HALL. JARDIM. EXT. NOITE.

Sonoplastia: suspense. Eva entra; olha por todos os cantos; aproxima-se cada vez mais. Marcos e Nelson conversam, mais longe. Marcos acha Eva estranha.

MARCOS
Você conhece aquela mulher?

NELSON (repara)
Não, que me lembre.

CAM em Raul seduzindo Jade. Eva se aproxima deles. Olha Raul com ódio.

Efeito de fim de capítulo: imagem congela em Raul e Jade. Sonoplastia: rugido de leão.

A Widcyber está devidamente autorizada pelo autor(a) para publicar este conteúdo. Não copie ou distribua conteúdos originais sem obter os direitos, plágio é crime.

LEIA MAIS DESTE CONTEÚDO:

Pesquisa de satisfação: Nos ajude a entender como estamos nos saindo por aqui.

>
Rolar para o topo