o leaao
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on tumblr

CENA 01. APARTAMENTO IVAN. SALA. INT. DIA.

Continuação da última cena do capítulo anterior. Sonoplastia: suspense. Solange com o cartão de Ivan na mão. Tira foto com o celular. Coloca o cartão de volta na carteira, e esta sobre a escrivaninha. Sorri orgulhosa de si mesma.

SOLANGE (VO)
É agora, Solange!

CAM na câmera escondida. Depois, CAM em Ivan, que entra de roupão. Solange disfarça.

IVAN
Você já ia embora, sem falar nada?

SOLANGE
Não quis te acordar. Tava procurando minha bolsa.

IVAN
Está ali. (aponta para o sofá)

SOLANGE
Verdade. Tô tão com a cabeça fora do lugar, que nem sei mais onde enfio minhas coisas.

Ela pega a bolsa e coloca no ombro. Quando se vira para sair, Ivan a puxa para si e lança um olhar ameaçador.

IVAN
Você não vai! (pausa; ela assustada) Não sem um beijo.

Ele a beija com vontade. Depois, Ivan a libera.

SOLANGE
A noite foi inesquecível.

IVAN
Tenho certeza de que o dia será ainda melhor.

SOLANGE
É verdade. (celular toca) Quer ver que é o chato do meu marido? (olha; mente) É ele mesmo. Vou atender lá fora. A gente se fala, Ivan. (sai)

CENA 02. PRÉDIO IVAN. CORREDOR. INT. DIA.

Solange chama o elevador e atende ao celular. Fala baixo para Ivan não ouvir.

SOLANGE
Oi. Tô na toca. Já tô indo pra aí. Me espera, gato. Tchau.

Desliga e guarda o celular. Depois, entra no elevador.

CENA 03. MANSÃO HELENA. ATELIÊ. INT. DIA.

Virgínia e Sabrina olham alguns quadros da primeira.

SABRINA
Um mais lindo que o outro! Adorei o da caveira na frente da casa. É sombrio e profundo.

VIRGÍNIA
Também é o meu preferido. Quando terminei, mandei pro meu tutor. Ele ficou todo orgulhoso de mim. Pena que minha mãe não quer mais que ele trabalhe comigo.

SABRINA
Que coisa chata, amiga.

VIRGÍNIA
Mas se você me ajudar. A gente pode dar umas escapadinhas pra casa dele.

SABRINA
E como é que você vai fazer isso, com o cão de guarda em cima de você?

VIRGÍNIA
Você tá falando da Nágila? É só a gente falar que vai estudar na sua casa. Ninguém vai desconfiar. (olha pra fora) Disfarça, que mamãe tá vindo.

SABRINA
Será que teu pai vai ficar muito tempo em cana?

VIRGÍNIA
A ficha criminal dele ficou desse tamanho. (faz gesto) Ele nunca foi um herói, mas também nunca pensei que ele fosse fazer coisas tão horríveis. Fez minha mãe abortar, ameaçou a Nágila, destruiu o túmulo do Mário, faz programa… Você acha que alguma garota quer ter um pai assim?

HELENA (entra)
E
ssa é a vida, filha. Dura como pedra. A cada dia, uma pancada diferente e mais dolorida. O importante é manter a cabeça erguida e seguir em frente.

SABRINA
Com certeza, dona Helena. Sou muito nova, mas já passei por muita coisa.

HELENA
Quer dizer que você é a irmã da Solange? Nágila me contou que você estava aqui, mas não estava com cabeça pra te receber como merece.

SABRINA
Vivi me contou o que aconteceu.

HELENA
Foi lamentável descobrir que coloquei na minha casa um lobo em pele de cordeiro.

VIRGÍNIA
Ela caiu na do papai direitinho, Sabrina.

HELENA
Caí mesmo. E já chega desse assunto. Como hoje não tenho reuniões na empresa, pensei em levar a Virgínia para um passeio à Bellatex. Ela precisa conhecer o lugar aonde pertence. Você quer ir junto?

SABRINA
É claro que aceito.

HELENA
Vamos depois do almoço. Está bem, meninas?

Virgínia fecha a cara.

CENA 04. APARTAMENTO NELSON. SALA. INT. DIA.

Ângela abre a porta para Ivan. Sérgio no notebook.

IVAN
Vim o mais rápido que pude.

SÉRGIO
Aqui já está quase pronto. Só falta a estrela principal. Olhem aqui. Gastão conseguiu instalar câmeras no apartamento da Solange.

IVAN
Ótimo!

SÉRGIO
Tenho ainda outra surpresa pra vocês. O Gastão passou pro russo um notebook. A imagem da câmera vai ser jogada direto pra gente. É só esperar ligarem lá.

ÂNGELA
Então vamos ver a cara deles dando o golpe?

IVAN
Agora sim o show está ficando interessante. Serginho, te amo! (beija a testa dele) Você é um gênio!

ÂNGELA
Só quero ver o escândalo que ela vai dar quando for pro xilindró.

CENA 05. BELLATEX. SALA MARCOS. INT. DIA.

Marcos e Valdir em reunião.

VALDIR
Entrei com um pedido de habeas corpus pro seu pai. Agora resta o juiz decidir.

MARCOS
Faça o possível pra ser deferido.

VALDIR
Sim, doutor. (celular toca) Com licença.

Valdir se levanta e lê a mensagem.

VALDIR (mente)
Doutor Marcos, preciso dar uma saída. Assunto urgente da empresa.

MARCOS
Sem problemas. Depois me dá um retorno, por favor.

VALDIR
Com certeza, doutor.

Valdir sai. Marcos chama Lilian pelo interfone.

CENA 06. PRÉDIO SOLANGE. FRENTE. CARRO. EXT. DIA.

Carlos para o carro em lugar discreto, muito próximo ao prédio. Manda uma mensagem para Ivan pelo zap: “Já estou a postos”. Recebe um ok como resposta. Guarda o aparelho e observa a movimentação. Surge a moto de Solange em seguida; entra pelo portão da garagem. Nelson entra no carro.

NELSON
Carlos, como vão as coisas?

CARLOS
Até agora tudo nos eixos.

Vlad e ICQ entram a pé pelo portão principal, sem verem os outros dois dentro do carro.

CENA 07. APARTAMENTO SOLANGE. SALA. INT. DIA.

Solange entra na sala vazia. Deixa a porta entreaberta.

SOLANGE (preocupada)
Ninguém chegou ainda?

Vlad entra discretamente pela cozinha. Por trás, ele dá um chupão na nuca da moça, e a abraça forte. Ela se vira pra ele.

SOLANGE
Nossa! Bem que me falaram que os russos têm pegada.

Sonoplastia: romântica russa. Vlad a beija com tesão. Puxa a coxa dela para si, acariciando.

CENA 08. APARTAMENTO NELSON. SALA. INT. DIA.

Ângela observa o beijo pelo notebook.

ÂNGELA (ri)
Com essa pegada, Letícia não morre de frigidez.

SÉRGIO
Para de ficar olhando pra outro cara, Ângela. Foca no trabalho.

ÂNGELA
O que é? Tá com ciúme? Saiba que eu sou livre, desimpedida e empoderada. Olho pra quem eu quiser. (provoca) Fico toda toda quando você sorri, Ivan.

IVAN
Vai ficar ainda melhor quando sua “amiga” for presa.

ÂNGELA
Com fé no sangue do Senhor. Ih, o hacker chegou!

CENA 09. APARTAMENTO SOLANGE. SALA. INT. DIA.

ICQ bate à porta e entra, interrompendo os outros dois.

SOLANGE
Até que enfim, parça! Já tava ficando bolada. Trouxe o material?

VLAD
Eu trouxe.

SOLANGE
Você? Beleza. Liga aí, rapidinho.

Vlad pega o notebook na mochila e coloca sobre a mesa. Liga o aparelho.

VLAD
Qual é o senha do vaifai?

SOLANGE
Nada de Wi-Fi. A gente faz tudo na… Manda ver, ICQ.

ICQ troca de lugar com Vlad e prepara o notebook.

CENA 10. APARTAMENTO NELSON. SALA. INT. DIA.

Ivan, Sérgio e Ângela continuam ao notebook. Vlad e os golpistas aparecem na tela.

IVAN
Vlad está fazendo um ótimo trabalho.

SÉRGIO
Merece um Oscar.

ÂNGELA
Fico passada até hoje com a cara de pau dessa mulher. Nem disfarça a ganância.

ICQ (tela)
Tudo pronto. Estamos com o site do banco todo aberto. Qual é a conta?

SOLANGE (tela; dá o celular)
A do hospedeiro é essa daqui. A da parasita, é só virar pra próxima foto.

ÂNGELA
Quem será que ela vai acusar dessa vez?

VLAD (tela)
Conta na Suíça? Non é arriscada?

SOLANGE (tela)
Que nada. Mais fácil do que parece.

CENA 11. PRÉDIO SOLANGE. FRENTE. EXT. DIA.

Dois carros da polícia param silenciosamente no local. Nelson e Carlos observam do outro carro. Dois policiais saem da primeira viatura e entram no prédio; outros dois saem da segunda viatura e ficam por perto.

CENA 12. PRÉDIO NELSON. GARAGEM. INT. DIA.

Letícia estaciona o carro. Sai do carro com uma bolsa e duas caixas. Anda até o elevador; chama-o. Quando ele chega, saem duas idosas que cumprimentam Letícia. Depois, esta entra.

CENA 13. APARTAMENTO SOLANGE. SALA. INT. DIA.

Na tela do notebook, o sistema do banco pronto para a transferência. Aparecem os dados de Ivan e os do receptor do dinheiro.

SOLANGE (surpresa)
Ele é mais rico do que pensava. ICQ, vai que é tua! Esvazia o cofre.

Sonoplastia (até a cena 16): suspense. ICQ inicia a transferência.

CENA 14. APARTAMENTO NELSON. SALA. INT. DIA.

Ivan, Sérgio e Ângela veem na tela os passos de Solange.

IVAN
É agora!

SÉRGIO
Bem vindo à pobreza, Ivan.

ÂNGELA (ora)
Maria, passa na frente e bloqueia a bandida!

Ângela tampa o rosto com as mãos, aflita com o que vai acontecer.

CENA 15. PRÉDIO NELSON. CORREDOR. INT. DIA.

Letícia sai do elevador com a bolsa e as caixas. Anda até a porta do apartamento. Coloca os objetos no chão. Mão na maçaneta.

CENA 16. APARTAMENTO SOLANGE. SALA. INT. DIA.

Solange ansiosa pelo sucesso do golpe.

ICQ
Carregando 90 por cento e já começa a…

CAM na tela com a mensagem “Acesso negado. Conta protegida”. Solange se desespera.

SOLANGE
O que é isso? Você pode me explicar, ICQ?

ICQ
Não sei. Vou tentar de novo.

Os dois policiais arrombam a porta e entram. Apontam as armas para Solange e ICQ.

POLICIAL 2
Polícia! Coloquem as mãos pra cima! (no câmbio) Entramos! Mandem reforço.

CENA 17. APARTAMENTO NELSON. SALA. INT. DIA.

Ivan, Sérgio e Ângela comemoram o plano. Letícia entra e estranha a presença dos três.

LETÍCIA
O que está acontecendo aqui? Cadê meu pai?

IVAN
Letícia, fica calma! Eu posso explicar.

ÂNGELA
Estamos aqui com a melhor das intenções. O seu pai está com a gente nessa.

LETÍCIA
Nessa o quê?

IVAN
Olha pra tela e vai descobrir quem roubou a Bellatex.

LETÍCIA (olha)
O Vlad? Que brincadeira de mau gosto é essa?

SÉRGIO
O Vlad, não. A Solange. Foi ela que fez o serviço desde o início. O Vlad foi a nossa isca pra pegar a Solange.

CENA 18. APARTAMENTO SOLANGE. SALA. INT. DIA.

Mais policiais na sala. Eles algemam Solange e ICQ.

POLICIAL 1
Pega com a boca na botija! Você enganou direitinho a todo mundo, hein?!

SOLANGE
Vocês têm que reconhecer que sou muito esperta.

POLICIAL 2
Só que não. Seu esquema foi entregue. Assassinato, calúnia, roubo qualificado… Parece que você deixou alguém com sangue nos olhos. Ele te investigou em todos os detalhes e armou pra cima de você.

SOLANGE
O velhote e a santa do pau oco me pagam! (vê Vlad) Não vão prender o russo, não? Ele também é cúmplice.

VLAD
Como você é idiôta! Caiu como um peixinho. Quem você ia acusar dessa vez? A Letícia?

Solange cospe na cara de Vlad.

SOLANGE
Russo maldito!

POLICIAL 1
Levem os bandidos! (a Vlad) Você também me acompanha para esclarecimentos.

Os policiais levam Solange e ICQ, além do notebook. Vlad sai por último.

CENA 19. APARTAMENTO NELSON. SALA. INT. DIA.

Letícia revoltada com a revelação.

LETÍCIA
Eu fui amiga dela. Consolei quando ela mais precisava. E agora… Ela fez o Mário se matar. Acabou com a Magda e com a Helena. Pelo visto, matou o Pedro também. Que nojo que tô sentindo.

ÂNGELA
Solange é muito pior do que isso, Letícia. Conheço a biscate desde garota.

SÉRGIO
Pelo menos agora ela vai pagar pelos crimes.

IVAN
Se depender de mim, fica pra sempre.

LETÍCIA (após uma pausa)
Foi você que armou tudo isso, Ivan?

IVAN
Senta que lá vem história.

Close em Letícia chocada.

CENA 20. PRÉDIO SOLANGE. FRENTE. EXT. DIA.

Uma vizinha sai correndo do prédio e grita aos quatro ventos.

VIZINHA
Gente, corre aqui! A Solange é a ladra da Bellatex! A polícia acabou de pegar ela. A piranha tá descendo.

A rua logo enche de vizinhos. Solange e ICQ aparecem com os policiais no portão. Um preso é levado para cada viatura.

VIZINHA
Ladra! Assassina!

POVO
Piranha! Piranha! Piranha! Piranha! Piranha!

Carlos e Nelson saem do carro.

NELSON
Missão cumprida, meu jovem!

CARLOS
A mãe deve estar numa alegria só.

NELSON
Já não temos mais nada pra fazer aqui. Vamos pra minha casa, encontrar os outros.

Eles entram no carro novamente. O carro parte, ainda com os gritos do povo.

CENA 21. BELLATEX. RECEPÇÃO. INT. DIA.

Helena, Virgínia e Sabrina entram no recinto. Elas ouvem burburinhos à volta. Uma cliente fala para a outra.

MULHER 1
Mandaram no zap que descobriram quem é o verdadeiro ladrão daqui.

MULHER 2
Mentira!? Me conta!

HELENA (se intromete)
Com licença. Desculpa me intrometer, mas o que tem o ladrão da Bellatex?

MULHER 1
Pegaram o vigarista com a boca na botija. Prisão em flagrante.

HELENA
Ivan Rangel. Já sei, ele confessou o crime.

MULHER 1
Ivan Rangel é o pintor, não é? Não é ele, não. Esse Ivan era a nova vítima do golpe. O bandido era outro Ivan conhecido como ICQ, um hacker procurado pela polícia faz tempo.

HELENA
Pode ter sido muito bem uma trama pra disfarçar.

MULHER 1
Acho que não, porque a loira que tava com o hacker confessou tudo sozinha. Ela roubava e colocava a culpa nos outros. Olha aqui o vídeo.

A mulher mostra o vídeo no celular para Helena. Esta fica estatelada. Virgínia e Sabrina mais preocupadas.

VIRGÍNIA
Quem é ela, mãe?

HELENA
Sua irmã, Sabrina.

Efeito de fim de capítulo: imagem congela em Sabrina chocada. Sonoplastia: rugido de leão.

LEIA MAIS DESTE CONTEÚDO:

A Widcyber está devidamente autorizada pelo autor(a) para publicar este conteúdo. Não copie ou distribua conteúdos originais sem obter os direitos, plágio é crime.

  • Solange safada foi pega com a boca na botija! Como faz pra não acabar essa novela? Não tem como esticar não?

    • Hahaha Infelizmente não. A novela precisa acabar mesmo, que pena. Mas o último capítulo está vindo aí pra fechar O Leão com chave de ouro. Quem sabe depois não vem uma parte 2? De qualquer maneira, muito obrigado por acompanhar a trama e pela homenagem à Bellatex em Incognoscível.

      Leitores, corram pra ler a série do Hugo, que vale a pena. Eletrizante a cada episódio.

  • Pesquisa de satisfação: Nos ajude a entender como estamos nos saindo por aqui.

    Você também poderá gostar de ler:

    Você também poderá gostar de ler:

    >
    Rolar para o topo