“Liberdade”


CENA 01. ESPAÇO. NAVE LIRUS-45J. SALA DE CONTROLE. INT.


Fora de Aquares, BO-1325 observa fascinado o seu planeta azul pela janela da Lirus-45J. A espaçonave que ambos estão continua se distanciando do planeta.


BO-1325 (v.o.)

Aquares é tão azul pessoalmente, do que visto por holograma. Imagina então como deve ser a vista da Terra do espaço? (sorri)


ER-1241

Melhor sentar, BO. Temos que nos acoplar na NINE.


BO-1325

Okay. Só queria registrar na minha memória a vista de Aquares.


Rapidamente volta para a sua posição, senta-se e prende seu cinto.


ER-1241

Quando você estiver pronto, HU.


HU-1193 está tenso. Acoplar sem ser notado não é uma tarefa fácil. A LIRUS-45J, querendo ou não é enorme e mesmo utilizando o recurso que reduz o seu peso igualando-a ao de uma pena, a viagem será longa. Qualquer descuido pode revelar a presença deles ali.


ER-1241

HU?


HU-1193 (tenso)

Eu ouvi. Fiquem tranquilos, que vai dar tudo certo.


Aperta alguns botões no painel à sua frente. A espaçonave continua no modo invisível. A Lirus desacelera um pouco a sua velocidade. Pelo ambiente externo, é possível ver a NINE alguns metros à frente.


HU-1193

Segurem-se. Vamos dar um pequeno salto.


Pressiona um botão azul retangular ao lado do volante da espaçonave. Todos se seguram em suas poltronas. Em apenas um segundo, Lirus salta de sua posição inicial se igualando abaixo da espaçonave NINE-L3. LY-1108 fica enjoada com o salto, pressiona o botão amarelo em seu painel, fazendo um tubo cinza de plástico surgir à sua frente. Vomita dentro do recipiente.


HU-1193

Foi mal, LY.


HU-1193 volta sua atenção a tentativa de acoplar. Pressiona outros botões no painel de controle. Do lado externo da espaçonave, NINE e LIRUS estão uma embaixo da outra. Nine é aproximadamente três vezes maior que a Lirus, que mantém uma velocidade constante em relação a espaçonave maior. 


Na parte superior da Lirus, três grandes peças circulares saem. 


HU-1193

É com você, ER.


ER-1241 digita algo no display à sua frente. A imagem da espaçonave NINE é exibida nele. Segundos depois, um sinal verde surge na tela.


ER-1241

Acopladores da Nine ativados.


HU-1193

Propulsores inferiores?


BO-1325 pressiona alguns botões no painel à sua direita.


BO-1325

Ativado!


HU-1193

Ótimo. Este momento é o mais tenso. 


Segura firme os dois controles, subindo-os lentamente. Na área externa, a CAM destaca a Lirus subindo lentamente em direção aos acopladores da NINE, ao mesmo tempo que ela tenta se manter em uma velocidade semelhante à espaçonave acima.


CENA 02. ESPAÇO. NAVE NINE-L3. SALA DE CONTROLE. INT.


Dentro da espaçonave os cincos integrantes que compõem a tribulação estão focados cada um em seu painel de controle. 


HU-1166

Já nos distanciamos o bastante de Aquares. Estamos nos aproximando da órbita de Taures.


MZ-1109

Vamos esperar sair do sistema Libirus, HU? Ou usaremos a potência máxima da espaçonave agora?


HU-1179

Vamos usar agora. Quero ver tudo o que essa nave é capaz de fazer. (sorri)


HU-1166

Você tem certeza? Recebemos ordem de acelerar somente quando estivéssemos fora da galáxia.


HU-1179

Se acelerarmos agora, ganhamos tempo durante a viagem.


MZ-1109

Mas não temos nenhuma rota traçada aqui dentro de Libirus!


HU-1179

ER-1223 pode traçar uma rota pra gente. Não é, ER?


Todos olham para ER-1223, com exceção de HU-1179. ER demora um pouco antes de dar uma resposta. Parece tenso. 


ER-1223

Posso. Posso, sim. Só um segundo. 


Mexe no display à sua frente. Segundos depois, um mapa surge no monitor de HU-1179.


ER-1223

Vou compartilhar com todos vocês. 


O mesmo mapa é replicado nos demais painéis. 


HU-1179 (feliz)

Você é o melhor, ER! Então vamos lá. Estou louco pra conhecer o poder máximo dessa maravilha aqui. (acaricia o painel)


HU-1166

Ok, você é capitão. (mexe no painel) Ativando motores para a dobra espacial.

HU-1179
Se segurem que vamos dizer um até breve ao nosso sistema Libirus. (sorri)


Todos imediatamente apertam seus cintos. Seguram-se forte em suas cadeiras.


CENA 03. ESPAÇO. NAVE LIRUS-45J. SALA DE CONTROLE. INT.

Todos estão tensos e atentos em HU-1193, que continua concentrado tentando se acoplar na NINE-L3. No display à frente, é mostrada a distância que falta para a acoplagem: 50 metros restante. HU-1193 está suando, sabe o quão importante é o sucesso dessa etapa. Se lembra da última reunião que tiveram no observatório Casulo. 


FLASHBACK


CENA 04. OBSERVATÓRIO CASULO. SALA DE MONITORAMENTO. TARDE. INT.


Os quatros amigos estão reunidos em torno da mesa, que exibe imagens de Aquares, das naves Lirus e Nine e da Agência Espacial Nova América. Revisam os últimos detalhes do plano.


LY-1108

Boa parte do plano então dependerá do sucesso da acoplagem?


ER-1241

Exatamente. (à HU-1193) Para isso, vamos contar muito com as habilidades da sua família. 


HU-1193 (confiante)

Eu vou conseguir. Isso será fácil, fácil. 


ER-1241

Para conseguirmos acoplar é necessário que as duas naves estejam na mesma direção. 


Um holograma das duas espaçonaves sobrepostas uma na outra ganha destaque na mesa. É recriado o momento em que uma deve se acoplar na outra.


ER-1241

HU-1193 deverá, calmamente, se aproximar da NINE sem que a equipe do governo nos descubra. O display em frente ao monitor mostrará a distância das duas naves. (à HU-1193) As suas habilidades que garantiram que as duas estejam perfeitamente alinhadas. Caso falhemos, seremos identificados na hora.


LY-1108

E diremos adeus a missão.


HU-1193 fica tenso. Sente o peso da tarefa que lhe foi designado.


BO-1325

E se não conseguirmos acoplar?


ER-1241

Neste caso, teremos que nos virar com os suprimentos e quantidade de combustível que levaremos com a gente. O que suficientemente vale para uma viagem só de ida pra Terra.


FIM DO FLASHBACK


CENA 05. ESPAÇO. NAVE LIRUS-45J. SALA DE CONTROLE. INT. 


HU-1193 continua segurando firme os dois controles, mantendo-os erguidos para cima. Todos continuam olhando para ele, ambos tensos. A distância entre as máquinas vai regredindo gradativamente.


ER-1241

45 metros. (t) 40 metros. (t) 35 metros.


BO-1235

Ambos os acopladores estão posicionados! 


ER-1241

30 metros!


Suor escorre do rosto de HU, que está completamente tenso e nervoso.


ER-1241

25 metros!


HU-1193 se mantém focado em sua função. Falta pouco para as duas naves se conectarem. A ansiedade toma conta do corpo de HU-1193 fazendo hesita nos últimos momentos. A distância entre as espaçonaves para de reduzir. 


LY-1108

Falta pouco, HU. O que está esperando?


ER-1241 (tenso)

LY tem razão. Ambas as naves estão alinhadas, acople agora!


HU-1193 (tom alto, nervoso)

Calma pessoal. Isso precisa ser feito com cuidado. Vocês falando desse jeito estão me desconcentrando.


Todos imediatamente ficam em silêncio. Ambos estão angustiados pela demora e HU-1193 não quer admitir, mas está paralisado de medo. Fecha os olhos por um momento.


HU-1193 (v.o.)

Você consegue! Você consegue! Qual é?! Não envergonhe a família a qual você pertence. (abre os olhos) É só subir mais um pouco e conectar ambas as naves. É só subir mais um pouco, com calma.


Calmamente volta a subir o controle em suas mãos. A distância entre as naves volta a reduzir. Na área externa, é possível ver que ambas as naves estão próximas uma da outra. Neste momento, propulsores traseiros da NINE-L3 são ligados e rapidamente a espaçonave ganha impulso, viajando muito além da velocidade da luz, desaparecendo do local num piscar de olhos. 


Dentro da Lirus, todos ficam boquiabertos com a velocidade que a NINE sumiu dali.


LY-1108

Isso não estava nos planos!


HU-1193 solta os controles de suas mãos, com a sensação de fracasso no rosto.


CENA 06. AGÊNCIA ESPACIAL NOVA AMÉRICA (AENA). SALA DAS NAVES. NOITE. INT.

Robôs assistentes e alguns membros da família HU, estão fazendo a vistoria padrão das espaçonaves. HU-1142 finaliza a verificação em uma nave e caminha na sequência em direção ao local que a Lirus estava. Ao virar-se para verificar a espaçonave, se depara com um grande espaço vazio.


HU-1142 (surpresa)

Mas o que significa isso?! 


Rapidamente caminha até o vazio à sua frente, olha para todos os lados e tenta entender o que estava acontecendo.


HU-1142 (tom alto)

Onde está a Lirus-45J?!


Rapidamente todos os robôs se dirigem em sua posição, assim como os demais membros. HU-1142 emite um alerta vermelho em seu display, ecoando em toda a agência. Todos os robôs entram em alerta.


ROBÔS

Alerta! Alerta! Alerta! Espaçonave LIRUS-45J desaparecida. Espaçonave LIRUS-45J desaparecida. Alerta! Alerta! Alerta!


Em segundos a sala é preenchida por robôs policiais. Todos cercam o espaço que antes estava a Lirus.


CENA 07. ESPAÇO. NAVE LIRUS-45J. SALA DE REUNIÃO. INT.


ER-1241, LY-1108 e BO-1325 estão reunidos em uma mesa circular, numa sala semelhante ao do observatório Casulo. Ela é menor e com menos tecnologia. Ao fundo encontra-se uma janela larga, mostrando a escuridão do universo, junto com o planeta Taures. HU-1193 está em pé e de cabeça baixa, encostado na parede ao lado da janela. O planeta Taures ganha destaque ao lado. 


LY-1108

E agora?


Em um súbito momento de raiva, HU-1193 acaba chutando a parede. Caminha na sequência até a mesa, senta-se ao lado da LY-1108.


HU-1193 (furioso)

Droga! Droga! A culpa é minha, pessoal. Se eu não tivesse demorado naquele instante, teríamos conseguido.


BO-1325

A culpa não é sua. Não imaginávamos que a tripulação do governo iria usar a velocidade máxima da NINE agora.


HU-1193

Eu não deveria ter hesitado naquele momento, pessoal. Deveria ter prosseguido, mas eu paralisei. Isso tudo é minha culpa! 


Soca forte a mesa. 


ER-1241

Se acalme, HU. A culpa não é sua. Isso é uma variável que devíamos ter previsto. Principalmente eu. Então este não é o momento de esquentarmos a cabeça, e sim relaxar e analisarmos a situação daqui em diante. 


BO-1325

Ele tem razão. Devemos ficar calmo e pensar. 


ER-1241

Precisamos elaborar uma rota solo agora. 


Mexe no display da mesa. É mostrado um holograma da galáxia de Andrômeda e a posição que o sistema Libirus está localizado. 


ER-1241

Nosso sistema está localizado aqui. (aponta para um círculo vermelho na parte inferior da galáxia) Estamos na órbita de Taures e chegaremos em Sagares em instantes. 


LY-1108

Estamos perto de Aquares ainda. Corremos risco de sermos pegos pelo governo?


BO-1325

Possivelmente. Neste momento eles já devem ter descoberto o sumiço da LIRUS.


ER-1241

O nosso foco agora é sair do sistema Libirus. Levará alguns meses até sairmos de Andrômeda. Esperamos que até lá, o governo não venha atrás de nós.


HU-1193 continua sério, se encosta na cadeira em uma postura incorreta. 


ER-1241 (à HU-1193)

A Lirus consegue atingir a mesma velocidade que a Nine?


HU-1193

Não. A NINE é a espaçonave mais potente até então criada por minha família. Ela consegue chegar a uma velocidade de 9 Warp (1516 vezes a velocidade da luz). A Lirus, por outro lado, alcança apenas 7 Warp (656 vezes a velocidade da luz).


BO-1325

Eles possivelmente já saíram do sistema Libirus.


ER-1241

Tanto que a proposta deles é chegar na Terra em menos de um ano.


BO-1325

Nessa velocidade, qual o tempo médio que levaremos então?


ER-1241

Não esperem por boas respostas. 


Toca no display da mesa e dados matemáticos surgem, estimando o tempo de viagem.


ER-1241

Aproximadamente um pouco mais de dois anos.


A autoestima de todos, que já não estava tão boa, despenca mais ainda.


LY-1108

Dois anos? Os suprimentos que trouxemos não durarão este tempo todo.


HU-1193 (arrasado)

A missão falhou, pessoal. E a culpa é minha!


CENA 08. AGÊNCIA ESPACIAL NOVA AMÉRICA (AENA). SALA DAS NAVES. NOITE. INT. 


Um representante do governo caminha em direção ao local que foi interditado. Três robôs policiais ficam de prontidão, impedindo que alguém atrapalhe a investigação. Dois robôs estão fazendo análises na área. Um analisa o espaço vazio da Lirus, outra analisa o espaço vazio da NINE.


GT-1121

O que aconteceu aqui?


HU-1142

Uma espaçonave desapareceu. Estamos identificando o responsável.


GT-1121

Qual espaçonave?


HU-1142

A Lirus-45J.


GT-1121

E você pode me explicar como uma espaçonave do tamanho da Lirus desaparece assim embaixo do teto de vocês?


HU-1142 (nervosa)

Estamos investigando como isso foi possível.


GT-1121

Espero que o responsável seja encontrado e identificada a família a qual ele pertence. 


Se aproxima de HU-1142, o que a deixa mais nervosa.


GT-1121

Se for descoberto que ele pertence a sua família, tenha certeza que alguns rótulos serão apagados!


O robô que estava fazendo a análise no espaço vazio da NINE, emite um alerta chamando a atenção de todos.


ROBÔ

Digitais encontradas. (t) Iniciando análise. (t) Acessando banco de dados. (t) Identificando o suspeito.


HU-1142 rapidamente se aproxima do robô. GT-1121 fica na mesma posição, a observa com uma expressão séria no rosto.


HU-1142

Ótimo! Vejamos quem está por trás disso.


O robô ainda está realizando a análise. Ao final, ele emite um papel do seu peito. HU-1142 o puxa e observa atentamente o desenho de uma mão no centro do papel. Logo acima, uma foto de HU-1193 e o nome dele ao lado.


HU-1142 (apreensiva)

Droga!


CENA 09. ESPAÇO. NAVE LIRUS-45J. SALA DE REUNIÃO. INT.


SONOPLASTIA: Saturn (instrumental) – Sleeping At Last


ER-1241 e LY-1108 deixaram a sala e foram verificar os suprimentos. HU-1193 está sentado à mesa, com a mesma postura incorreta que na cena anterior. BO-1325 está em pé, ao lado da grande janela de vidro. Ele observa a escuridão à sua frente, fascinado com o que vê. 


BO-1325 (v.o.)

O espaço parece tão tranquilo! Observar esse imenso vazio em volta, é como se nada acontecesse por aqui. Mesmo sabendo que as coisas não são tão tranquilas como parece. (sorri) Em algum lugar nesse momento alguma estrela deve estar realizando a sua última fusão nuclear e está se tornando alguma supernova. Galáxias estão se formando, sistemas planetários nascendo, colisões de corpos celestes… (sorri) … é o caótico universo trabalhando.


ER-1241 retorna para a sala junto com a LY-1108.


ER-1241

A situação realmente não é uma das mais favoráveis.


BO-1325 retorna para a sua cadeira.


LY-1108

A quantidade de suprimentos que trouxemos era estimada para um ano no espaço. Agora que este período dobrou, o risco de ficarmos sem comida é grande.


ER-1241

Essas variáveis me consomem. Eu devia ter calculado tudo isso. 


BO-1325

Calma, pessoal. Vamos encontrar uma forma de sair dessa. Afinal, aceitamos participar dessa aventura para salvar os humanos que restaram na Terra, além de libertar a humanidade que vive em Aquares. Não podemos desistir agora no primeiro obstáculo. Sabíamos que não seria uma missão fácil. Sem contar que arriscamos muita coisa, pra jogar tudo pro alto agora.


ER-1241

BO tem razão. Não é a hora de desistirmos. O governo nesse momento deve estar nos procurando. Se voltarmos agora, vamos colocar a nossa família em risco também. Nossa aventura nem começou ainda. (estende sua mão em direção a mesa) Estamos juntos nessa?


BO-1325 sorri, coloca a sua mão sobre a de ER-1241.


LY-1108

Estou nessa desde o momento que soube do plano. 


Coloca sua mão sobre a dos garotos. Todos olham para HU-1193 que continua imóvel.


ER-1241

Só falta você, HU!


HU-1193 os observa por um tempo. Se ajeita na cadeira, olha para as mãos de seus amigos uma sobre a outra. Se levanta, suaviza o rosto com um grande sorriso. 


HU-1193

Vamos chegar à Terra, pessoal! Eu dou a minha palavra.


Coloca sua mão sobre a dos seus amigos, ambos sorriem. 


FIM DA SONOPLASTIA.

CENA 10. AGÊNCIA ESPACIAL NOVA AMÉRICA (AENA). SALA DAS NAVES. NOITE. INT. 


HU-1142 continua com o relatório que foi emitido pelo o robô na mão. GT-1121 se aproxima rapidamente e toma o papel dela.


GT-1121

Então, quem é o responsável por isso? 


Ver o resultado da análise, encara HU-1142 na sequência.


GT-1121

HU-1193. Um membro da sua família!


HU-1142 (tensa)

Nós não sabíamos dessa traição. Saiba que iremos encontrá-lo e iremos puni-lo.


GT-1121

A única punição para traidores é ter o rótulo apagado!


Caminha apressado em direção a saída da sala. Continua com o relatório em mãos. HU-1142 o observa, completamente preocupada.


HU-1142

O que você fez, HU-1193?!


Dois robôs policias se aproximam dela e prendem suas mãos.


HU-1142
O que significa isso? Espera, eu não fiz nada! O que vocês estão fazendo?

Os robôs continua em silêncio, levam HU-1142 à força até a saída da sala.

HU-1142 (desesperada)
Eu não fiz nada. Me soltem, socorro! Eu não fiz nada.

As outras pessoas que estavam presente não fazem nada, apenas observam em silêncio.


CENA 11. ESPAÇO. NAVE LIRUS-45J. SALA DE CONTROLE. INT.


Todos estão em seus acentos e focam em seus painéis de controle. 


ER-1241

Muito bem pessoal, a NINE nos mostrou toda a sua potência escapando da gente. Chegou a hora da Lirus nos mostrar do que ela é capaz. 


Olha para HU-1193, sorri. 


HU-1193 (confiante)

Apertem bem seus cintos! Digam um até breve para Libirus, que vamos deixá-lo em instantes. 


Todos apertam os cintos, se seguram nas poltronas. HU-1193 pressiona alguns botões.


HU-1193

Prontos?


TODOS

Sim.


HU-1193 (confiante)

Via Láctea, estamos chegando! (sorri)


Da vista externa da nave, é possível vê-la indo em uma velocidade constante pelo universo. Ao fundo, é possível ver o planeta Sagares. Segundos depois, Lirus ganha impulso e desaparece da visão da CAM, dando destaque apenas para o planeta Sagares ao fundo. 


CENA 12. CASA DA FAMÍLIA “HU”. SALA. NOITE. INT.


GT-1121 e alguns robôs policiais invadem a casa da família de HU-1193. Os pais dele não entendem o motivo daquilo.


HU-1128

O que significa isso?


GT-1121

Boa noite. Onde se encontra o HU-1193?


IV-1137

Não sabemos. Até agora ele não voltou pra casa. 


GT-1121

Não voltou, é? Talvez seja porque ele pegou uma espaçonave que é propriedade do governo e está se divertindo com ela por aí.


HU-1128

Como é que é?


GT-1121

Seu filho aproveitou o evento de hoje para invadir uma sala restrita da AENA e furtou uma das naves. Qual o objetivo por trás disso, é o que eu vim descobrir.


HU-1128

Não sabemos de nada.


GT-1121

A sua família é importante para nós. Mas não admitimos traidores! Há dois anos atrás o seu irmão tentou algo semelhante e mais do que ninguém, vocês sabem o que acontece com quem se opõe ao governo. Não é a primeira vez que alguém da sua família é descartado, então é bom que o motivo por seu filho ter feito isso, seja algo bem convincente.


IV-1137 (ao teto)

Casa, localize o código do HU, por favor.


CASA (voz feminina)

As leituras não conseguem identificar o código dele, senhor.


GT-1121

Seu filho não está no planeta. Verifiquei isso antes de vir pra cá. Da mesma forma que o sistema de rastreamento da nave foi desligado. 


HU-1128

O que aquele garoto pensa que está fazendo?! (senta-se, nervosa)


GT-1121

Se você que é a mãe não sabe, eu muito menos. O fato é que vocês estão avisados. Deixarei estes robôs aqui, como monitoramento. 


Pega um aparelho do bolso, digita algo. Olha para o teto na sequência.


GT-1121

Iniciar modo gravação! 


CASA

Gravação iniciada.


A casa inteira ganha uma coloração vermelha nas paredes. 


GT-1121

Todos os dados que trocarem, serão enviados diretamente para mim. Darei uma chance para me contarem o que sabem. Caso contrário, se eu descobrir qualquer envolvimento de vocês nisso, ambos serão descartados.


IV-1137 se aproxima da esposa, segura a mão dela.


IV-1137

Não sabemos de nada, senhor. 


GT-1121 os observa, como se não acreditasse neles. 


GT-1121

Espero que não saibam mesmo. Os robôs ficaram lá foram. Retornem para a vida normal de vocês. 


Dá meia volta e se retira da casa. IV-1137 abraça a esposa. Ele acaricia o cabelo dela, tenta confortá-la.


HU-1128 (chora)

O que nosso menino fez?!


CENA 13. ILHA APOGEU. SUBTERRÂNEO. CORREDOR. NOITE. INT.


SONOPLASTIA: Warriors / Imagine Dragons cover 2WEI feat. Edda Hayws from League of Legends

HU-1142 está sendo puxada à força por dois robôs por um longo corredor branco. O áudio da cena está em off, destaque apenas para a sonoplastia. CAM destaca a expressão de desespero de HU, assim como as suas tentativas fracassadas de escapar dos robôs. Sua força nem se compara com a deles. Ao final do corredor há uma porta de ferro enorme. O desespero dela aumenta, conforme se aproxima da porta. Suas tentativas de fuga são completamente rebatidas pelos robôs. Ao chegarem até o final do corredor, a porta se abre lentamente e os olhos de HU-1142 se arregalam ao ver o que tem do outro lado.

CENA 14. ILHA APOGEU. SUBTERRÂNEO. SALA DE DESCARTE. NOITE. INT.


HU-1142 está nua e amarrada em uma mesa branca. Pernas, braços, abdômen e cabeça presos, impossibilitando-a de se mover. Acima dela uma luz incandescente ofusca sua visão. Em uma vista panorâmica da sala, revela-se dezenas de mesas brancas, com pessoas nuas e presas da mesma forma que HU-1142. Há cinco fileiras alinhadas, contendo vinte mesas em cada uma.


A sala é ampla, com vários equipamentos tecnológicos espalhados. Cada mesa tem ao lado um carrinho hospitalar com uma variedade de ferramentas médicas. Pessoas usando jaleco branco caminham enfileiradas e com gestos robotizados até cada uma das mesas. A cena continua em off, com destaque para a sonoplastia. 


Cada pessoa vestida de jaleco branco caminha até o carrinho hospitalar e pegam ferramentas distintas. As pessoas presas à mesa se desesperam, algumas gritam, tentam escapar das amarras que os prendem, mas é tudo em vão. As pessoas de jaleco branco parecem ignorar as súplicas das pessoas presas. 


As pessoas de jaleco branco viram-se para as pessoas que estão presas, cada um com uma ferramenta cortante ou pontiaguda nas mãos. Sem cerimônia alguma, perfuram partes distintas das pessoas presas. 


Sem anestesia e com todos acordados, as pessoas presas sentem seus corpos sendo violados. Embora em off, CAM destaca o grito e desespero de cada uma. De algumas pessoas seus membros são retirados do corpo como braços, pernas, mãos, pés. Em outras, órgãos são retirados como coração, pulmão, olhos e rins. 


As pessoas de jaleco branco após retirar a parte interessada do corpo de cada pessoa presa, caminham enfileiradas em direção a uma porta amarela ao lado esquerdo da sala. 


CAM destaca o corpo de HU-1142 sem vida e com um buraco aberto em seu peito. A pessoa de jaleco branco que estava em sua mesa, se afasta com o coração dela em mãos. 


Pessoas com jaleco cinza entram na sala e assim como as de jaleco branco, também caminham de forma robotizada e enfileirada. Nas mãos trazem um aparelho estranho, com uma espécie de sensor na ponta emitindo uma luz azul.


Caminham em direção às mesas e posicionam o aparelho estranho no código de cada pessoa presa. Lentamente o código vai sendo removido do pulso de cada um. Aqueles que continuam vivo, sentem dor com a remoção de seus códigos.  CAM destaca alguns gritando. Em todos, uma mutação vai ocorrendo em seus corpos, que vão ficando parcialmente sem cor.


CAM destaca o corpo de HU-1142. Toda a sua essência está sendo retirada de si, junto com o seu rótulo. Todo o processo não demora mais que trinta segundos. Todos os corpos sobre as mesas estão sem cor, sem vida e sem rótulo. As pessoas com jaleco cinza caminham enfileirados até a porta amarela, deixam a sala. 


Em uma vista panorâmica da sala inteira, é mostrado todas as mesas e os corpos dos indivíduos sem cores e sem vidas.


FIM DO EPISÓDIO.

CURIOSIDADE:
A humanidade antes de migrar para Aquares, tinha como objetivo criar um super humano resistente a condições extremas de frio ou calor, e que tivesse uma vida extremamente longa ou até quem sabe, imortal. Um restrito grupo de cientistas secretamente aperfeiçoaram uma técnica chamada de “Frankenstein”, que consistia na troca parcial de partes humanas por partes novas como braços, pernas, coração, olhos, etc. Essa técnica conseguiu prolongar a vida de um ser humano comum. A família “ER” acredita que os seguidores desta “ciência oculta” vieram para Aquares e continuam realizando experimentos semelhantes com os rotulados que são descartados pelo governo.

A Widcyber está devidamente autorizada pelo autor(a) para publicar este conteúdo. Não copie ou distribua conteúdos originais sem obter os direitos, plágio é crime.

LEIA MAIS DESTE CONTEÚDO:

Pesquisa de satisfação: Nos ajude a entender como estamos nos saindo por aqui.

>
Rolar para o topo