“Diversidade”


CENA 01. LANCHONETE. TARDE. INT.

Legenda: Planeta Terra, Via Láctea. 4235 d. c.

BO-1325 continua olhando para a garota do vídeo a sua frente. O rapaz que entrou com ela na lanchonete, está ao lado dele encarando-o. Os amigos de BO observam a cena, receosos com o que vai acontecer.

LY-1108
Melhor você ir lá, ER.

HU-1193
Concordo. Eu iria, mas estou me sentindo fraco ainda.

LY-1108
Você até agora não comeu nada, HU. (empurra um prato com várias batatas fritas) Come isso, que talvez precisemos da sua força.


No balcão BO não consegue parar de olhar para a garota, o que começa a gerar um certo desconforto nela.


BO-1325 (admirado)
Você é mais linda pessoalmente do que por holograma!

LEVI
Oh, amigo… ninguém lhe deu educação, não? (o empurra, conseguindo sua atenção) Não pode chegar no meio da conversa dos outros assim não, maluco!

BO-1325
Desculpe. (a garota) É que, quando eu te vi entrar, eu…/

ER-1241 chega nesse momento e fica ao lado de BO. Coloca o braço ao redor do pescoço dele e o puxa para perto de si.


ER-1241 (simpático)
Oi, pessoal. Talvez meu amigo esteja atrapalhado algo aqui. Peço desculpas por ele. É que fizemos uma longa viagem até a Terra e estamos tentando nos acostumar com o planeta.

LIZ
Vocês não são daqui?

A senhora que está ao lado de Liz, se aproxima dela e diz em seu ouvido.


IEDA (tom baixo)
Eles vieram daquele planeta.

LIZ (surpresa)
Vocês são de Aquares?!

ER-1241
Sim, somos. (exibe o código em seu pulso) Conhece nosso planeta?

LIZ
Eu sou fascinada por ele. Pelo planeta em si, não pela população que vive lá. Vocês nos abandonaram. Deixaram os humanos aqui para morrer.

ER-1241
É, eu sinto muito por isso. Mas saibam que nós não compactuamos com essa parte da população. Tanto, que viemos aqui pra ajudar vocês.

LEVI
Nos ajudar? (ri) A sua civilização deixou a humanidade aqui pra morrer, cara. Se não fosse a ajuda da Ao, possivelmente o planeta continuaria um inferno.

ER-1241
Nem consigo imaginar o que vocês devem ter passado.

LEVI (se aproxima)
Não, não imagina mesmo. (sobe o tom de voz) Porque enquanto a sua população de merda evoluía, a nossa era abandonada.

LIZ
Calma, Levi! Vamos conhecer os nossos visitantes. Afinal, não é todo dia que recebemos pessoas de outro planeta! (sorri)

Em nenhum momento durante a conversa, BO desvia sua atenção de Liz.


ER-1241 (à BO, tom baixo)
Quer parar de ficar encarando a garota!

LIZ
Vieram mais de vocês?

ER-1241
Tem dois amigos que estão logo ali. (aponta para a mesa onde está LY e HU)

LIZ
Será que eu posso me sentar com vocês? Tenho algumas perguntas sobre Aquares.

BO-1325
Eu tenho algumas sobre a Terra.

LIZ
Perfeito, então podemos trocar informações sobre os planetas, que tal? (sorri)

BO-1325
Perfeito! (sorri)


Liz se despede de Ieda, dá a volta no balcão e se aproxima de ER. Levi segura o braço da garota, puxando-a para perto de si.


LEVI
Você vai mesmo sentar com essas pessoas?

LIZ
Você sabe o quanto sou fascinada pelo Universo. Além da Ao, eles são os únicos visitantes que vieram de fora que eu conheço.

Levi solta o braço dela e encara os garotos por um tempo.


LEVI
Eu também vou com vocês! (sarcástico) Aquares é meu planeta favorito!

ER-1241
Tá, estamos logo ali.


Todos vão para a mesa onde está HU e LY. Liz senta-se ao lado de HU, ficando ela, HU e LY de um lado da mesa. BO, ER e Levi sentam-se do outro lado. BO está de frente para Liz, ER de frente para HU e Levi de frente para LY, que trocam olhares assim que se conhecem.


LEVI
Então todos vocês têm códigos tatuados no corpo?

ER-1241
Tá mais para uma marca de nascença. Esse código define você desde o momento que você nasce, até o seu último dia. E a população é segregada conforme ele. (exibe seu pulso)

LIZ
Tá, então deixa eu ver se entendi. (a ER) Você pertence à família ER, que são especialistas em tecnologia. (a BO) Você é da família BO, que são ótimos investigadores. (a HU) Você é da família HU, que criam espaçonaves. (a LY) E você é da família LY, que são ótimos com números.

ER-1241
É tipo isso. (ri)

BO-1325
E vocês? A qual família pertence?

LEVI
Não temos essa parada aqui não, amigo.

LIZ
Ele está querendo saber o sobrenome da nossa família, idiota. Esse é o Levi, meu irmão gêmeo. Ele é meio burrinho, não liguem para o que sairá da boca dele.

LEVI
Ei! (olha para LY um pouco envergonhado. LY sorri ao vê-lo assim)

LIZ
E eu me chamo Liz! Ana Liz, na verdade. Mas podem me chamar só de Liz. E o sobrenome da nossa família é Marques.

LY-1108
Eu queria ter um sobrenome. (olha para o pulso) Ser chamada por um código genético é tão estranho.

LEVI
Pior que é mesmo. (ri)

LIZ
Tá, na verdade muita coisa sobre o planeta de vocês a gente consegue encontrar na internet. Então, não tenho tantas perguntas assim. A única coisa que eu quero saber de verdade, como é morar em Aquares? Lá é tão bom quanto a Terra?

LY-1108
É um lugar bastante chato, vai por mim.

ER-1241
Não é bem assim também, LY.

BO-1325
Apesar de todo o avanço tecnológico, Aquares nem se compara com a Terra. (olha para as pessoas ao redor) LY tem razão. Aqui o modo de vida das pessoas é bem mais divertido. (a Liz) Lá você nasce com isso desenhado em seu corpo… (exibe o pulso) …definindo quem você é até o último dia de sua vida. (olha para LY) Sem ter o direito de escolha. (ao seu pulso, sério) Se você se opõe ao que nasceu, acaba sendo descartado. (tom baixo) Tem seu código genético removido e se torna um corpo vazio.

HU, ER e LY olham para seus rótulos, ficam pensativos. Liz percebe o clima que ficou na mesa.

CENA 02. AGÊNCIA DE SEGURANÇA. SALA DE MONITORAMENTO. TARDE. INT.

Legenda: Planeta Aquares-d, Galáxia de Andrômeda. 2180 d. h.

GT-1121 continua ao lado de MZ-1128. Ambos observam o display exibindo o vídeo em que a Lirus-45J está sendo levada para a Terra.


GT-1121
Então os garotos estão na Terra! Pegar eles ficou fácil agora.

MZ-1128
Eu não veria desse jeito, senhor.

GT-1121
O que quer dizer com isso?

MZ-1128
Até onde sabemos, não temos ideia de qual raça alienígena está por trás daquela explosão falsa da Terra e muito menos o que fizeram com a tribulação da NINE. Se essa raça está ajudando os humanos daquele planeta, precisamos ser cautelosos, não acha?

GT-1121
Você tem razão. Os cientistas ainda estão investigando a origem daquela espaçonave gigante.

MZ-1128
Alguma pista?

GT-1121
Ainda não. E mesmo que liberassem algo, esta informação é restrita apenas à minha família.

MZ-1128
Também precisamos saber qual o interesse dessa raça alienígena sobre o planeta. Para terem criado aquela encenação toda, alguma coisa interessante eles viram.

GT-1121 (curioso)
O que uma raça evoluída poderia querer em um planeta com uma população que está à beira da extinção?


MZ-1128 não responde, continua observando o planeta Terra sendo exibido em seu display.


CENA 03. LANCHONETE. TARDE. INT.

Legenda: Planeta Terra, Via Láctea. 4235 d. c.

O clima estranho continua na mesa. Levi não entende por que todos ficaram daquele jeito, então decide quebrar o silêncio.


LEVI (direto)
É verdade que lá as crianças são feitas em laboratório e que vocês não transam?

LIZ
Levi?! (joga uma batata frita na cara do irmão) Isso é pergunta que se faça?

LEVI
O que foi? Pensei que o objetivo fosse trocar experiência?

ER-1241 (a Levi)
A sua pergunta está parcialmente correta. Realmente, as crianças são feitas em laboratório.

LIZ
Então vocês não têm…? (aponta para a região entre suas pernas)

ER-1241
Órgãos sexuais? Temos, sim.

LEVI
Ué, mas se vocês são feitos em laboratório, pra que vão ter uma parte do corpo que não tem serventia?

HU-1193
Você sabe que o uso deles vai bem mais além do que isso, não é?!

BO-1325
Diferente da Terra, o sexo em Aquares não tem finalidade de reprodução. A nossa população é contabilizada rigorosamente, existindo uma margem que não pode ser ultrapassada, se não a disponibilização dos recursos no planeta entraria em colapso.

ER-1241
Quando um casal se une, eles devem solicitar um processo de filho para o governo, que irá deferir com base na estimativa atual da população. A união entre duas pessoas também só poderá ocorrer em famílias próximas. Por exemplo, eu pertencendo a família ER, posso me relacionar apenas com um membro da família DQ ou FS.

LEVI
Quanta frescura pra um relacionamento!

LIZ
E o que acontece caso vocês se apaixonem por alguém de família diferente?

ER-1241
Isso é impossível. Está no nosso código genético nos sentirmos atraídos apenas para membros de famílias próximas.

LIZ
Não existe amor no planeta de vocês?

BO-1325
Claro que existe. Duas pessoas podem se envolver livremente, desde que o único requisito seja que elas pertençam a um tipo de família específica.

LIZ
Sim, BO, eu entendi essa parte. O que eu quero dizer, é se nunca houve um amor proibido, sabe?! Aquele amor inesperado que ocorre nas pessoas, fazendo elas querer ficar sempre perto de quem ama, mesmo que isso as faça lutar contra tudo e todos. Vai dizer que nunca houve um relacionamento entre famílias opostas no planeta? (BO nega com a cabeça) E nenhum de vocês nunca se apaixonou? Nunca tiveram um amor platônico por alguém de uma família oposta?


Todos se entreolham e respondem em sintonia.


TODOS
Não!

LIZ
Vocês estão de brincadeira! Pois eu mesma já tive duas paixões platônicas na adolescência. E essas experiências mudam muito nossas vidas.

BO-1325
Será que posso mudar um pouco o assunto? Tenho uma curiosidade sobre os terrestres.

LIZ
Pode perguntar.

BO-1325
Quando pensamos que tudo estava perdido e que a Terra não existisse mais, por um momento comecei a me questionar sobre a existência de um “ser” capaz de resolver tudo.

Todos os amigos de BO olham para ele, surpresos com aquela revelação.


BO-1325
Pensei que se começasse a acreditar em um ser “divino” e compartilhasse isso com meus amigos, poderia amenizar o que estávamos passando. (olha para seus amigos)

LIZ
E amenizou?

BO-1325
Não. (a Liz) Porque não acredito nesse ser capaz de resolver tudo. Nem mesmo a ciência é capaz de solucionar todos os problemas do universo, quem dirá um ser imaginário.

LIZ
Eu sei que a civilização de vocês não acredita em Deus e muito menos vive com base em algum tipo de religião. Boa parte da nossa população também vive assim. Só que ainda existe uma parcela que acredita, mesmo depois de tudo que já passamos. E é nessa crença que nos mantém seguindo em frente até hoje.

BO-1325
É isso que não entendo. Como uma sociedade com milênios de existência acredita em algo que não conseguem ver?! Que não conseguem provar cientificamente que existe?!

LIZ
Vocês são mesmo apegados com a ciência. (ri) Para tudo querem provas, provas e provas. Tá, então me responde uma coisa. Você consegue ver a gravidade?

BO-1325
Não, porque ela é uma força invisível que atua na natureza. Mas a ciência consegue provar a sua existência. A lei geral da gravidade, comprova que cada partícula do universo realiza uma atração em relação às outras partículas.

LIZ
Ótimo, então concordamos que a gravidade é uma força invisível que atua sobre cada átomo existente! Então, por que não concordar que Deus age de maneira semelhante?!


Liz olha para as pessoas ao redor, BO-1325 continua atento ao que a garota diz.


LIZ
A nossa visão de Deus ou até da ciência, depende da perspectiva de cada um. (a BO-1325) Existem humanos que não acreditam em uma existência divina e que tudo tenha se originado graças a arranjos químicos e físicos aleatórios ao longo de bilhões de anos. Assim como a sua civilização! No entanto… (as pessoas) … existem aqueles que acreditam em uma força invisível atuando em cada coisa existente no universo… (a BO-1325) …mesmo que não consigamos vê-la ou provar que exista. Enquanto a ciência busca por provas para dar algum sentido às coisas, termos fé sempre foi o bastante pra nós.

BO-1325
Desculpa, mas não vejo como ter fé pode ajudar em algo?! A ciência usa de métodos científicos, hipóteses, experimentos e análises rígidas, para chegar a resultados concretos. Então acreditar que uma força divina vai solucionar todos os problemas, é bem difícil pra mim.

LY-1108
Liz, nem adianta debater com ele. BO possivelmente é o maior cabeça dura do universo. Até aparecer uma prova irrefutável de que exista esse ser divino que você diz, nada vai mudar a opinião dele.

HU-1193
Isso é verdade. Foi uma luta convencê-lo a vir com a gente.

LIZ
Não se preocupem, que não vou ficar tentando refutar nada aqui. A humanidade por si só dedicou séculos de brigas e guerras entre os seus semelhantes, para chegar a uma resposta plausível para ambos os lados, enquanto, na verdade, nem a ciência e muito menos a religião, conseguiram chegar a algum lugar.

BO-1325
É aí que você se engana, porque a ciência ela…/

LEVI (interrompe, irritado)
Ah, por favor cara, muda o disco. Deus existe e pronto! Se quer acreditar ou não, é o seu ponto de vista. Não venha inserir essa história de ciência em nossa cabeça.

LIZ (sorri)
Calma, Levi.

LEVI
Estou calmo. Só que esse assunto é muito chato, que tal falarmos de outra coisa mais interessante. (sorri com segundas intenções para LY-1108) Por exemplo, quais os tipos de beijos vocês têm em seu planeta?

LIZ (revira os olhos)
Lógico que isso é interessante, não é Levi?!


Todos riem, enquanto LY e Levi continuam trocando olhares.


CENA 04. AGÊNCIA DE SEGURANÇA. CORREDOR. TARDE. INT.

Legenda: Planeta Aquares-d, Galáxia de Andrômeda. 2180 d. h.

GT-1121 está focado no display transparente em sua mão. MZ-1128 vem apressada logo atrás dele.


MZ-1128
Senhor, veja só isso.


GT-1121 vira-se, olha para MZ-1128. Ao se aproximar dele, MZ exibe um display para seu superior.


MZ-1128
Olha, só… parece que temos novidades.


Toca no display e imagens do observatório casulo são mostradas.


GT-1121
Que lugar é esse?

MZ-1128
Não sei, estou vendo essas imagens agora. É do MZ-1149. A equipe encontrou este local no subterrâneo do planeta.

GT-1121
Mas o que significa isso? Quero a localização desse lugar agora.


MZ compartilha as informações para o seu superior. GT-1121 vira-se para ir embora, MZ o chama.


MZ-1128
Tem mais uma coisa, senhor.

GT-1121
O que?

MZ-1128
Descobrimos a família traidora.


Exibe a imagem de um membro da família ER, entrando no galpão abandonado que dá passagem para o observatório Casulo. O nome da família ER também está sendo exibido. Uma expressão de raiva surge no rosto de GT.


CENA 05. OBSERVATÓRIO CASULO. SALA DE MONITORAMENTO. TARDE. INT.

Vários robôs estão espalhados pelo local recolhendo informações, assim como alguns membros da família GT e MZ. GT-1121 entra no local surpreso como o governo nunca descobriu a existência daquele lugar. Se aproxima de MZ-1149, próximo a mesa no centro da sala.


MZ-1149
Senhor!

GT-1121
Como encontraram este lugar?

MZ-1149
Graças ao robô Zix-93. (aponta para um robô do outro lado da sala) Estávamos realizando uma vistoria ao redor do limite da cidade e o robô sentiu um grande volume de dados sendo armazenados debaixo da terra. Após andarmos um pouco encontramos aquele galpão vazio. Entramos, encontramos o fundo falso e demos de cara com esse grande espaço.

GT-1121
E que tipos de dados vocês encontraram por aqui?

MZ-1149
É melhor o senhor ver com os próprios olhos.

Toca no display da mesa e várias imagens da Terra são apresentadas. GT-1121 fica enfurecido com o que vê.


GT-1121 (raiva)
Desgraçados! (fecha os punhos e soca forte o display) Essas imagens se espalhou para fora daqui?

MZ-1149
Estamos verificando se alguma informação foi enviada para fora ou se este local apenas recebeu dados do governo.


GT-1121 continua observando todas aquelas imagens da Terra, é nítido a expressão de raiva em seu rosto.


CENA 06. AGÊNCIA DO GOVERNO. SALA DE REUNIÃO. TARDE. INT.

GT-1121 está reunido em uma sala circular, com outros cincos membros de sua família. Ambos conversam em off, e imagens do observatório casulo estão sendo exibidas na mesa. Imagens da Terra, assim como de vários membros da família ER ganham destaque em seguida. CAM destaca a expressão de raiva de GT-1121 conforme apresenta cada membro.


GT-1121
As provas estão claras, senhores. A família “ER” não é mais necessária para nós. Desse modo, podemos descartá-la por completo.


Os demais membros da família GT se entreolham e concordam com o que foi dito. GT-1121 olha para uma imagem que mostra ER-1241 e sua família. É nítido a expressão de raiva em seu rosto. CAM destaca o rosto sorridente de ER-1241 na imagem que está sendo exibida.


CENA 07. LANCHONETE. NOITE. INT.

Legenda: Planeta Terra, Via Láctea. 4235 d. c.

BO e seus amigos nem se deram conta que já anoiteceu. A conversa com os terráqueos, Liz e Levi, está sendo divertida e todos parecem velhos amigos.


LY-1108 (feliz)
Estou apaixonada por este planeta! Não quero mais voltar pra Aquares.

ER-1241
Eu também, LY. (repara nas pessoas ao redor) O erro de Aquares foi não ter permitido uma diversidade como na Terra.

LEVI
Me tirem uma dúvida, rapidinho.

LIZ
Se for mais uma dúvida daquelas, é melhor nem perguntar, Levi!

LEVI
Não, fica de boa que não é sobre isso não. É uma dúvida interessante agora. Na verdade, eu gostaria de saber quem nasce em Aquares é o que? Aquariano? (ri)

ER-1241
Não. Quem nasce em Aquares é um Aquiano.

LEVI
A outra sugestão é mais engraçada.

LIZ
Voltando ao assunto, você estava dizendo sobre a diversidade da Terra…

ER-1241
É que a Terra é um planeta tão diversificado, que é meio injusto Aquares não ter mantido o mesmo. (olha a redor, ver a variedade de pessoas no local) Com o domínio da genética várias raças poderiam ser criadas, ampliando ainda mais os horizontes humanos.

LEVI
Tipo o que? Um humano com asas? Com superpoder?

BO-1325
Mas esse foi um dos primeiros objetivos do homem, sabiam?!

LIZ
Que falhou das piores formas possíveis. Mas aqui vai uma curiosidade que talvez os cientistas de vocês não sabiam.

Todos olham para Liz, atentos e curiosos para o que ela irá revelar.


LIZ
Sabiam que as principais marcas da humanidade como por exemplo, a arte e a música, são heranças de civilizações de outros planetas.

HU-1193
Como assim?

LIZ
A Ao nos contou que a Terra recebeu diversas visitas ao longo de sua existência. E em cada uma delas, civilizações de outros planetas deixavam presentinhos como cortesia. Pequenas estatuetas, pinturas, técnicas de construção, instrumentos musicais, vários objetos foram deixados por visitantes do passado.

LY-1108
Isso é sério?

LIZ
Sim, a Ao nos contou tudo sobre a história do planeta. Bem mais do que os humanos sabiam.

BO-1325
Sobre essa Ao… como ela é? De que planeta ela veio? Existem mais seres semelhantes a ela? E por que ela está ajudando vocês? Ela pediu alguma coisa em troca, pra ter salvado o planeta?

LEVI
Cara, você faz perguntas demais. (se levanta) Acredito que no planeta de onde vocês vieram não exista karaokê. Então… (a LY-1108, sorri) …aproveitem o showzinho.

HU-1193
Show?

LIZ
É… meu irmão é metido a cantor. O garoto pode não ser muito inteligente, mas pelo menos cantar ele sabe.


Levi caminha até o palco flutuante e todos o observam. As pessoas do local se atentam ao palco, algumas aplaudem ao ver Levi subindo.


LY-1108
Ele parece ser famosinho entre os terráqueos. (sorri)


Há uma movimentação maior de pessoas na lanchonete, do que horas atrás. Levi pega um microfone e imediatamente uma música começa a ser tocada.


CENA 08. CENA DE MÚSICA. SEQUÊNCIA DE CENAS.

Cenas do planeta Terra e de Aquares se misturam. Na Terra, o cenário se mantém a lanchonete. Em Aquares, vários locais como ruas, praças, casas da família “ER” e a ilha apogeu.

Música: People like us / Kelly Clarkson from Doom Patrol cover Matt Borner feat. Alan Mingo


LEVI (v. o.)
We come into this world unknown
But know that we are not alone
They try and knock us down
The change is coming, it’s our turn now

Imagens de pessoas vivendo uma vida comum em Aquares. Parque Atens em um dia tranquilo. Cidade movimentada, com veículos sobrevoando alguns edifícios. CAM destaca uma fileira de veículos policiais preenchendo o céu. Eles se dispersam e se espalham pela cidade.


LEVI
Hey, everybody loses it
Everybody wants to throw it all away sometimes
And, hey, I know what you’re going through
Don’t let it get the best of you
You’ll make it out alive


Levi está no centro do palco flutuante, canta olhando para LY. Pouco a pouco mais pessoas entram na lanchonete e se aglomeram ao redor do palco. BO observa uma diversidade de etnias, gêneros, características físicas que seu planeta não apresenta. Olha para o palco, ver algumas drag queens subindo e dançando logo atrás de Levi.


LEVI (v. o.)
Oh, people like us
We’ve gotta stick together
Keep your head up
Nothing lasts forever
Here’s to the damned, to the lost and forgotten
It’s hard to get high when you’re living on the bottom


Em Aquares uma sequência de robôs policiais invadem as casas de vários membros da família ER. Alguns estão sendo presos e levados para as viaturas, como se fossem criminosos. Crianças, idosos, não há distinção entre eles. Alguns tentam fugir, entram em confronto com os robôs, mas acabam sendo agredidos, eletrocutados e até mesmo assassinados.


LEVI
Oh, oh, oh
We are all misfits living in a world on fire

Oh, oh, oh
Sing it for the people like us
The people like us

Levi está dançando no centro do palco. Há uma presença considerável de pessoas em pé, também animadas. Uma garota surge ao lado de HU-1193 e o puxa para dançar. Sem reação, ele acaba sendo levado até à área livre da lanchonete e tenta repetir os passos de dança da garota. BO e LY olham para o amigo e se divertem.


XANA
Hey, this is not a funeral
It’s a revolution
After all you tears have turned to rage
Just wait, everything will be ok
Even when you’re feeling like it’s going down in flames

Um transformista de peruca rosa e um vestido longo azul, sobe no palco e começa a cantar. BO olha bem para ele e o reconhece. O tom da música diminui um pouco, dando destaque para a conversa.


BO-1325 (no ouvido de Liz)
Esse não é o superior de vocês?

LIZ
É, sim. E ele é o meu pai, também.

BO se afasta surpreso e observa o general usando aqueles trajes femininos, maquiado e cantando no palco.


LEVI E XANA (v. o.)
Oh, people like us
We’ve gotta stick together
Keep your head up
Nothing lasts forever
Here’s to the damned, to the lost and forgotten
It’s hard to get high when you’re living on the bottom

A perseguição contra todos os membros da família ER continua. Vários veículos policiais sobrevoam a cidade à procura deles. As pessoas que caminham pelas ruas, parecem ignorar a movimentação no céu. Em alguns pontos, robôs prendem membros que estão em lanchonetes, parques e ruas. CAM mostra alguns correndo em meio a floresta e robôs os perseguindo.


LEVI e XANA(v. o.)
Oh, oh, oh
We are all misfits living in a world on fire

Oh, oh, oh
Sing in for the people like us
The people like us

CAM destaca a ilha Apogeu. Mostra-se uma sala enorme de paredes totalmente branca. Há pequenos furos espalhados por elas. Os membros da família ER que foram capturados são colocados todos nesta sala. CAM destaca algumas famílias reunidas, com medo e chorando. Uma família, com uma criança no colo ganha destaque. 


LEVI e XANA
Oh, oh, oh
You just gotta turn it up loud when the flames get higher

Oh, oh, oh
Sing in for the people like us
The people like us

Na Terra, várias pessoas dançam animadas em volta do palco. HU aprende rapidamente alguns passos de dança e se diverte com a garota que o puxou para pista. BO repara a animação das pessoas e nunca tinha visto algo semelhante com aquilo. Está admirado com a diversidade de pessoas no local e como ela se divertem uma com as outras, sem ao menos se importar com suas diferenças. Percebe ali que todos são iguais.


LEVI e XANA (v. o.)
They can’t do nothing to you
They can’t do nothing to me
This is the life that we choose
This is the life that we lead
So throw your fists in the air
Come out, come out, if you dare
Tonight we’re gonna change forever

Em Aquares, a ampla sala branca localizada na ilha está repleta de membros da família ER. Adultos, idosos, crianças. O espaço parece um campo de extermínio sofisticado onde há apenas membros de uma única família. CAM destaca os pais de ER-1241. Eles estão abraçados com um senhor de idade, que parece bem abatido. Um gás de coloração verde escura sai dos buracos das paredes. Todos imediatamente começam a tossir e tentam proteger seus rostos.

Os membros mais velhos tentam proteger algumas crianças de aspirar o gás, colocando parte de suas roupas nos rostos delas. A sala rapidamente fica repleta de gás verde.


LEVI
Everybody loses it

XANA
Everybody wants to throw it all away sometimes

Na Terra, Levi e Xana estão um ao lado do outro de mãos dadas. Se entreolham, felizes. Algumas pessoas repetem o mesmo ato e BO presta atenção em todos. Homens, mulheres, idosos, crianças, todos se respeitam ali.


LEVI e XANA (v.o.)
Oh, people like us
We’ve gotta stick together
Keep your head up
Nothing lasts forever
Here’s to the damned, to the lost and forgotten
It’s hard to get high when you’re living on the bottom


Em Aquares, há uma grande quantidade de gás circulando na sala onde os membros da família ER estão presos. Algumas pessoas não conseguem ficar mais tempo sem segurar o ar e acabam respirando parte do gás. Em um determinado momento, tudo entra em combustão num piscar de olhos. Um grande fogo preenche completamente a sala. Os gritos das pessoas são abafados pela música que Levi e Xana cantam, mesmo assim, se ouve um pouco do desespero delas. CAM destaca do alto, vários corpos correndo de um lado para o outro em chamas. Percebe-se o desespero e sofrimento das pessoas.


LEVI e XANA
Oh, oh, oh
We are all misfits living in a world on fire

Oh, oh, oh
Sing in for the people like us
The people like us

Oh, oh, oh
You just gotta turn it up loud when the flames get higher

Oh, oh, oh
Sing it for the people like us
The people like us

ER-1241 se diverte, quando começa a sentir um aperto em seu peito. O sorriso de seu rosto desaparece, olha para o rótulo em seu pulso e algo o incomoda. CAM destaca o palco com Levi e Xana dançando. Vista panorâmico da lanchonete mostrando às pessoas se divertindo, HU e a garota principalmente. LY se levanta, entra no ritmo da música e dança próxima ao palco. BO continua na mesa, ao lado de Liz. Ela o observa, se levanta e o puxa para dançar. ER-1241 fica sozinho na mesa, continua olhando para seu pulso com uma sensação estranha no corpo.


LEVI e XANA (v. o.)
Oh, oh, oh
We are all misfits living in a world on fire

Oh, oh, oh
Sing in for the people like us
The people like us

Oh, oh, oh
You just gotta turn it up loud when the flames get higher

Oh, oh, oh
Sing it for the people like us
The people like us


Em Aquares, uma grande nuvem escura de cinzas sobrevoa a ilha. Seguindo a direção do vento, a nuvem se espalha até o continente. Uma fina e rarefeita nuvem escura é visível nos céus da Nova América. As pessoas continuam seguindo suas vidas normalmente, como se nada tivesse acontecido. As casas onde moravam os membros da família ER, foram interditadas.

BO-1302 está do lado de fora de sua casa, é a única olhando para o céu, em direção a fina nuvem escura.

CENA 09. AGÊNCIA DE SEGURANÇA. SALA DE REUNIÃO. NOITE. INT.

GT-1121 está sozinho vendo as imagens da família ER inteira em chamas na ilha apogeu. Um grande sorriso está estampado em seu rosto. Parece em êxtase vendo aquelas cenas. Ao ouvir os gritos de sofrimentos das pessoas, ele fecha os olhos por um breve momento como se fosse música para os seus ouvidos.


GT-1121 (feliz)
Pronto! O planeta está em ordem novamente. (abre os olhos) Com todos os traidores descartados, as demais famílias poderão seguir suas vidas normalmente.

Toca no display da mesa, encerrando o vídeo. No lugar, é exibido a imagem de ER-1241 ao lado de sua família. O sorriso no rosto de GT desaparece, e uma raiva súbita surge no lugar. Encara a imagem do garoto como se ele estivesse na sua frente.


GT-1121
Você é o último! E eu mesmo farei questão de acabar com você.

CAM destaca o rosto sorridente de ER-1241 na imagem.

FIM DO EPISÓDIO.

CURIOSIDADE:

Não existe prisão em Aquares. Qualquer crime cometido, por mais simples que seja, a única punição é a remoção do rótulo. E mesmo assim, a cidade inteira é monitorada graças ao sistema de segurança presente nos edifícios inteligentes. Assim como, diariamente as ruas são vigiadas por câmeras, robôs e membros da família GT. A ilha apogeu está localizada a 439 quilômetros de distância do continente da Nova América. A ilha é o local onde pessoas que cometem crimes são punidas. Os únicos que têm acesso e podem ir até lá, são os membros da família GT. Acredita-se que os cientistas vivam ao leste da ilha, trabalhando e desenvolvendo novos rótulos.

A Widcyber está devidamente autorizada pelo autor(a) para publicar este conteúdo. Não copie ou distribua conteúdos originais sem obter os direitos, plágio é crime.

LEIA MAIS DESTE CONTEÚDO:

Pesquisa de satisfação: Nos ajude a entender como estamos nos saindo por aqui.

>
Rolar para o topo