PROGRAMA CONTA +

EDIÇÃO 4 – 4X4

 

SAMUEL BRITO: Estamos aqui com uma personalidade muito importante do MV. Autor do MEGAPRO,  graduando em Letras, apresentador de diversos programas, seja bem-vindo, meu querido Vitor Abou.

VITOR ABOU: Olá, Samuel e pessoal de casa! É um prazer estar aqui no conta +. Muito obrigado pelo convite.

SAMUEL BRITO: Como é fazer parte de uma emissora tão mal-falada como a MEGAPRO?

VITOR ABOU: Fazer parte do MEGAPRO é maravilhoso, pois se trata de uma equipe que busca dar o seu melhor, com muita qualidade e dedicação, atenta às novidades, não ficando presa ao passado e sempre inovando. Além disso, ser parte do Megapro é poder ser quem eu sou, poder me expressar, com respeito e tolerância. Quanto aos comentários negativos por parte de algumas pessoas, não podemos agradar a todos, né? Mas buscamos sim agradar nossos leitores, ouvindo-os também, já que essas críticas contribuem demais no nosso trabalho.

SAMUEL BRITO: Dizem que a voz do povo é a voz de Deus, entendam como quiserem. Enfim, qual é a sua relação com Lucas Luciano? Acha ele injustiçado diante de tantas criticas?

VITOR ABOU: Conheci o Lucas em 2017, quando estava na TVN. Naquele ano, fechamos uma parceria, migrando para o antigo grupo Megapro. Trabalhamos juntos lá e, posteriormente, com o fim da TVN, fui convidado para o Megapro. Desde 2017, tenho uma relação muito boa com o Lucas, já que ele sempre se mostra aberto para sugestões e embarca nas minhas ideias e nas do restante da equipe. Além disso, é uma pessoa extremamente generosa e acolhedora. Acredito que, em alguns momentos, ele errou sim, mas ninguém é perfeito. Ele já assumiu erros em diversos momentos e, mesmo assim, insistem em taxá-lo de coisas que ele não é, como arrogante e “doutrinador´´ dos autores da emissora.  

SAMUEL BRITO: A Débora Costa esteve aqui na semana passada e reafirmou a má indole da emissora, confira aqui. O programa Leitura Pop foi um projeto ousado, em que foi mediado pelo João Carvalho Netto com sua parceria. Como foi participar disso? E por quê não teve novas edições?

VITOR ABOU: O Leitura Pop é um projeto que eu considero muito especial, pois ele une coisas que eu adoro: audiovisual, literatura e MV. Foi super enriquecedor, para mim, porque tive que pesquisar também, me aprofundar em certos temas para poder comentar mais propriedade, além de trazer o que eu já conhecia. Participar dele fez muito bem a mim, como aprendizado, e acredito que também ao público, que pode conhecer mais e ouvir diferentes opiniões, por causa dos convidados maravilhosos que tivemos. Para 2021, nós ainda estamos planejando uma nova temporada, possivelmente para o segundo semestre, podendo incluir, também, uma versão em podcast.

SAMUEL BRITO: Caros Amigos Ricos, uma web sua ganhou como “Melhor romance´´ no troféu Gêneros. Você considera sua trama como um romance ou acha a categoria equivocada?

VITOR ABOU: Eu acho essa questão de rotular, colocar as coisas em caixinhas, muito complicada, porque ninguém é uma coisa só. “Caros Amigos Ricos´´ não é só romance, mas, pensando no estilo dessa premiação, acredito que é a melhor categoria sim, pois o núcleo central girava muito em torno dos conflitos amorosos de Duda, além da relação entre Bernardo e Fabrício.

SAMUEL BRITO: Além da grande influência no MEGAPRO, você também foi o presidente da TVN. Como foi dirigir essa emissora?

VITOR ABOU: Falar da TVN sempre me deixa mais sensível, pois foi o começo de tudo, sabe? Foi ali que eu comecei a crescer, de fato, no MV, a ser reconhecido pelos meus trabalhos de escrita e apresentação. E também a me descobrir mais nessas áreas. Nunca tinha tido a experiência de apresentar um programa  e, em razão de uma ausência do João Carvalho, gravei uma edição do antigo News do MV, ainda por cima fantasiado de anjo. (Risos) Foi lá que eu comecei na gestão, digamos assim. E hoje é algo que eu adoro, pois exige organização e diálogo, habilidades importantíssimas e que eu acredito ter – ou estar desenvolvendo. 

SAMUEL BRITO: O que você mais gosta de fazer no MV? Escrever, apresentar, mediar projetos?

VITOR ABOU: Muito difícil escolher uma coisa só, mas eu, como bom geminiano, tenho as minhas fases e minhas instabilidades. Uma hora eu tô mais para uma coisa, outra hora pra outra. No momento, por eu estar cheio de compromissos fora do MV, escrever se torna mais complicado, por causa de tempo e organização mesmo. Então, mediar, supervisionar e gerenciar tem sido o que tenho feito desde o início do ano.

SAMUEL BRITO: Pra você o MV vive “Dias melhores´´ ou precisa melhorar muito ainda?

VITOR ABOU: Adorei a referência. (Risos) Acho que sim, Samuel. Especialmente nos últimos meses, creio que muito pelo contexto atual, as pessoas têm buscado um clima mais ameno. Já está tão complicado viver no Brasil, com todos os problemas, então aqui deve ser, na minha opinião, um local de entretenimento, de diversão e de aprendizados, podendo, também, ser de críticas, questionamentos. Mas a acidez e comentários e ações que nos fazem mal devemos deixar de lado, ainda mais num ambiente de escrita, de literatura, de arte.

SAMUEL BRITO: Caso saísse do MEGAPRO, pra qual web-emissora você migraria?

VITOR ABOU: No momento, não me vejo fora do Megapro. Estou super realizado na emissora, com vários projetos planejados, como a nossa 2ª oficina de Roteiro, com inscrições já abertas, inclusive. 

SAMUEL BRITO: Vamos para o medalhão desse programa, a pergunta que não pode faltar nunca. Existe alguém do MV que você pegaria?

VITOR ABOU: Existir existe, mas falar quem já é outra história. (Risos)

SAMUEL BRITO: Porque todo mundo foge dessa pergunta? Será que sou muito inconviniente? Aiai. (Risos) E finalmente chegamos no último quadro. Sim! Já estamos chegando no final, mas ainda há curiosidades que queremos saber, Vitinho.

PIOR WEB QUE VOCÊ JÁ LEU: Foi uma que não chegou a ir ao ar, por isso não vou revelar o nome. 

MELHOR WEB QUE VOCÊ JÁ LEU: Heroína.

PIOR WEB SUA: Mulheres de Ipanema (a primeira, não tinha quase nenhum conhecimento de roteiro e dramaturgia)

MELHOR WEB SUA: Caros Amigos Ricos (acredito ter evoluído e melhorado nos problemas das anteriores)

UM ARREPENDIMENTO: Nenhum.

UM SONHO: A vacina no meu braço. (risos)

CRÍTICAS:Quando construtivas, importantíssimas para nossa evolução. 

FUTURO NO MV: Desafiador. 

SAMUEL BRITO: Quero te agradecer imensamente por ter aceitado esse convite, foi um prazer tê-lo nesse programa, desejo tudo de bom. Beijão do samuka s2

VITOR ABOU: Eu que agradeço, Samuel. Ficou muito feliz com o convite. Já fazia tempo que eu não dava entrevista. É sempre bom falar sobre nossos projetos e nossa jornada. Obrigado a todos! A gente se vê no Megapro.

SAMUEL BRITO: Nada disso, a gente se vê aqui na Widcyber. Semana que vem tem mais! Até mais, meus amores.

A Widcyber está devidamente autorizada pelo autor(a) para publicar este conteúdo. Não copie ou distribua conteúdos originais sem obter os direitos, plágio é crime.

LEIA MAIS DESTE CONTEÚDO:

Pesquisa de satisfação: Nos ajude a entender como estamos nos saindo por aqui.

>
Rolar para o topo