VOCÊ ESTÁ LENDO:

Nostalgia – Seriado Hey Arnold!

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on tumblr

Oi Amores tudo bem? E o Nostalgia está de volta! Hoje vamos relembrar esse desenho que eu AMO! Hey Arnold! Eu ainda assisto graças a um aplicativo de celular onde posso fazer os downloads dos episódios! Chega de enrolar e vamos a história do garoto cabeça de bigorna! Assistam a abertura!

[yotuwp “videos” id=”vUsnJ9jlwns” ]

Hey Arnold! é uma série de desenho animado estadunidense criada por Craig Bartlett. Composta por 100 episódios, foi ao ar nos Estados Unidos entre 7 de outubro de 1996 a 8 de junho de 2004 pela Nickelodeon.

Hey Arnold! recebeu muitas críticas positivas, por conta de ser um dos poucos desenhos a explorar tão bem assuntos sérios e tristes, comuns no dia-a-dia, retirando lições de vida, de uma forma comovente e leve.

Arnold vive com seus avós paternos, Phil e Gertrude, em uma pensão na cidade fictícia de Hillwood. E pouco se sabe sobre os pais do garoto, Miles e Stella, apenas que eram grandes exploradores. O episódio “The Journal” se dedica completamente as aventuras que os pais fizeram, através do diário deles. Todavia, o episódio termina com vários fios soltos: por que não voltaram para ver o filho? Estão em perigo? Vivos?

Apesar do título do desenho, a história não se foca apenas nele, mas também se foca em personagens secundários, desde os colegas da pensão ou os da escola. Como exemplo temos o Sr. Hyun, um vietnamita que foi forçado a viver longe da filha por conta da guerra do Vietnã – Episódio “Arnold’s Christmas”.

Embora o protagonista seja Arnold, a história também se concentra em Helga de tal forma que muitos a consideram como personagem principal. É uma garota cujas atitudes muitas vezes antipáticas se devem ao desinteresse e desatenção dos pais. O pai, quase sempre afastado da filha e muito desleixado em estar presente. Além desse fator, é sugerido que Miriam, mãe da garota, tenha problemas com alcoolismo. Quando era mais nova, a única pessoa a demonstrar carinho a ela foi Arnold. Por quem é apaixonada, embora não demonstre por medo da rejeição. É a garota que tenta chamar a atenção dele sempre.

Em 28 de junho de 2002 foi lançado o filme Hey Arnold!: The Movie, que mostra Arnold, Helga e Gerald unidos para salvar a antiga vizinhança de um desenvolvedor ganancioso que planeja transformá-la em um enorme shopping center. Ele foi dirigido por Tuck Tucker e contou com a participação especial de Jennifer Jason Leigh, Paul Sorvino e Christopher Lloyd.

Em 2017, a Nickelodeon lançou o telefilme The Jungle Movie, onde foi descoberto o paradeiro dos pais de Arnold. O filme foi exibido no dia 24 de novembro de 2017 nos Estados Unidos. Foi transmitido em 26 de abril de 2018 na América Latina.

A idéia de Bartlett para o show é baseada em um personagem menor chamado Arnold, que ele criou enquanto trabalhava no programa Pee-wee’s Playhouse. Os executivos gostaram do personagem, e Bartlett completou o elenco inspirando-se em pessoas com quem ele cresceu em Portland, Oregon, e Seattle, Washington. Bartlett criou o episódio piloto em sua sala de estar em 1994 e a produção oficial começou em 1995. Os animadores trabalharam para transformar Arnold de claymation para animação tradicional, levando à estréia da série. A série terminou a produção em 2001, após 5 temporadas e 100 episódios. Um filme baseado na série, Hey Arnold!: The Movie, foi lançado em 2002. Todas as cinco temporadas foram lançadas em DVD.

Eu estava pesquisando imagens para colocar na matéria quando encontrei algo muito legal! Como estariam as personagens de Hey Arnold na fase adulta! Olha só!

Não ficou demais? Amores o Nostalgia vai ficando por aqui! Segunda Feira tem mais! Não percam! Deus abençoe! Beijinhos!

Apresentação: Débora Costa

Fonte:

IdeaFixa

Wikipedia

 

LEIA MAIS DESTE CONTEÚDO:

A Widcyber está devidamente autorizada pelo autor(a) para publicar este conteúdo. Não copie ou distribua conteúdos originais sem obter os direitos, plágio é crime.

  • Pesquisa de satisfação: Nos ajude a entender como estamos nos saindo por aqui.

    Você também poderá gostar de ler:

    Você também poderá gostar de ler:

    >
    Rolar para o topo