VOCÊ ESTÁ LENDO:

Plantão Backstage – 27/04/2020

Bom dia, leitor! Bom dia, leitora! Vamos começar a semana relembrando um dos maiores sucessos da Cyber TV?

Lembra o que aconteceu aqui na emissora virtual no dia 6 de agosto de 2018, às 6 da tarde? Estreou uma novela — a primeira de Henzo Viturino, então com 13 anos de idade.

Triângulo Amoroso contava a história da disputa entre duas moças totalmente opostas pelo amor do advogado e ricaço Miguel, filho da rançosa Sophia. Uma delas era a doce e centrada universitária Isabella, de origem humilde; a outra era a patricinha Alice. Ambas eram apaixonadas por Miguel, mas Alice tinha a preferência de Sophia por motivos óbvios. Além disso, Isabella era filha da empregada doméstica da mansão, Carol, que era constantemente humilhada pela dupla de vilãs. Após muitas idas e vindas com Miguel, Isabella conseguiu vencer as armações da “sogra” e ficou feliz ao lado do amado… pelo menos no fim da primeira fase.

Após passar alguns anos dada como morta, Alice reapareceu e tentou separar mais uma vez o advogado por quem era obcecada, sem sucesso. Bruna, irmã falsiane de Isabella, foi uma importante aliada do mal durante toda a trama. Entre as intrigas, um perfume muito suspeito vindo da Osíris, num crossover com a novela Insensatez, no ar às 21h na época e hoje no Vale a Pena Ler de Novo.

Lançando mão de clichês consolidados de novelas mexicanas e de tramas de Débora Costa, inspiração para Henzo em sua primeira viagem no mundo das webnovelas, Triângulo Amoroso se tornou um dos maiores sucessos da história da Cyber TV e chegou até a ser exibida no Portal Glook, com o título de Simplemente Isa.

Gostou de recordar o novelão? Eu também. Na quarta, tem mais Plantão Backstage. Tenha um ótimo dia! Um abração!

A Widcyber está devidamente autorizada pelo autor(a) para publicar este conteúdo. Não copie ou distribua conteúdos originais sem obter os direitos, plágio é crime.

LEIA MAIS DESTE CONTEÚDO:

Pesquisa de satisfação: Nos ajude a entender como estamos nos saindo por aqui.

>
Rolar para o topo