Leia mais de: Incognoscível

Episódio 8

“Ponto final” Na primeira noite que passaram na cabana do doutor Pardal, Jade e Licurgo acompanhados do guarda Sávio, não dormiram sossegados. A noite veio

Ler »

Episódio 7

“Crianças”   Durante muitas noites, como em um filme que impressiona – aquele momento em que Licurgo estendeu a mão para o senhor Afonso na

Ler »

Epsódio 6

“Inocentes” Assim como as palavras podem carregar vida e destruição, a correnteza do rio carregava Jade e Licurgo. Frágeis existências, que lutavam para sobreviver. Levadas

Ler »

Episódio 5

Quem nasceu com a sensibilidade exacerbada sabe quão difícil é engolir a vida. Porque tudo, absolutamente tudo devora a gente. Inteira Marla de Queiroz  

Ler »

Episódio 4

Escuta hoje, o bom Pastor, Vem no aprisco te abrigar, Foge do lobo enganador, Pois ele quer te devorar   “Cordeiro”   LICURGO Aquela bomba.

Ler »

Episódio 3

“Pele”   O galo havia terminado seu canto quando Jade acordou. Ela era simplesmente bela. O sol preguiçoso lançava raios vívidos rentes ao solo. Licurgo

Ler »

Episódio 2

“Lobos”   O sol acorda lento, espantando os medos da madrugada. Um raio entra na ponta dos pés, e ilumina o rosto de Jade. Ela

Ler »

Episódio 1

“Silêncio”   Em uma tarde quente e abafada, a floresta se debate em calor. No meio de uma clareira, Licurgo arqueja, e gotas de suor

Ler »
>
Rolar para o topo