Hierarquia

Novela de Débora Costa

Escrita Por

Débora Costa

Colaboração

Tainá Andaluz

Direção

Wellyngton Vianna

Núcleo

Cyber Séries

Personagens desse capítulo

ANA

ANTÔNIO

BÁRBARA

CARLOS

DIEGO

FRANCO

GAEL

GUILHERME

JÚLIA

LAURA

LIGIA

MIRELLA

OTÁVIO

PEDRO

SANDRA

 

 

Cena 1/Int./Apartamento de Laura/Sala/Noite.

Antônio fica perplexo.

ANTÔNIO

Você está me dizendo que teve um filho comigo e escondeu esse tempo todo?

LAURA

Não tive escolha…

Antônio grita interrompendo Laura.

ANTÔNIO

Para com isso! Não é questão de escolha!

Laura chora.

LAURA

Foi sim eu juro Antônio, me deixa te contar como foi.

ANTÔNIO

O que aconteceu com o filho que você teve comigo?

LAURA

Quando descobri que estava grávida estava disposta a te procurar e como você disse fugir de Franco, mas meu erro foi contar isso para a minha mãe… Ela disse que se eu quisesse ter meu filho era para mentir que era de Franco do contrário daria um jeito do meu filho não nascer.

Antônio chora, está com raiva.

ANTÔNIO

Então você teve meu filho, mas é Franco que ele chama de pai! É isso?

LAURA

É… O nosso filho é o Guilherme, pai da Lígia, eu sinto muito meu amor.

Antônio segura Laura pelos braços, a chacoalha.

ANTÔNIO

Não me chama de amor! Você não sabe a raiva que estou sentindo! Colocar a culpa no Franco, na sua mãe é fácil! Difícil é assumir o seu erro!

LAURA

Me perdoa Antônio por favor.

Antônio solta Laura, está com raiva.

ANTÔNIO

Não! Não dá Laura! Preferia nunca ter descoberto que tenho um filho com você porque agora é tarde! Franco o criou! Você além de ter me deixado sem dar explicação, me negou o direito de conhecer meu filho!

Laura chora, está desesperada.

LAURA

Entende! Não poderia deixar de ter nosso filho! Não poderia deixar Franco te matar!

Antônio encara Laura, com raiva.

ANTÔNIO

Eu só queria me casar com você, nunca te pedi para tomar decisões por mim, eu preferia morrer nas mãos de Franco do que passar tudo isso que estou passando, não me procura mais Laura, quero você bem longe de mim, e não se preocupa, não vou contar para ninguém que temos um filho, mesmo porque ele só tem meu sangue, nunca fui pai dele esse é um direito que você deu ao Franco.

Antônio sai do apartamento, bate a porta, Laura se senta chorando.

Cena 2/Int./Casa de Antônio/Cozinha/Noite.

Ligia, Pedro, Ana e Carlos estão jantando.

LIGIA

Ana a sua comida é maravilhosa, deveria abrir um restaurante, tenho certeza que faria muito sucesso.

ANA

Obrigada querida.

PEDRO

Esqueci de te falar meu amor, o nosso buffet vai ter uma filial!

LIGIA

(sorri) Nossa que coisa ótima! Parabéns! Vocês arrasam, a festa do meu avô foi maravilhosa.

PEDRO

Mãe a Sandra e a Mirella vão demorar?

ANA

Eu acho que sim Pedro, elas foram jantar fora.

CARLOS

Com o pai da Mirella.

Ana olha Carlos, Pedro fica admirado.

PEDRO

Como foi isso? Ele quis conhecer a Mirella?

CARLOS

Sua tia que foi atrás dele, depois de insistir muito o canalha aceitou conhecer Mirella.

ANA

Carlos…

PEDRO

E quem é o pai da Mirella?

Carlos olha Ligia.

CARLOS

Gael Bittencourt.

Ligia engasga, toma água, olha Carlos.

LIGIA

O meu tio?

CARLOS

Exatamente Ligia, o seu tio é o canalha que engravidou a minha irmã e a deixou porque disse que não estava preparado para ser pai.

Ligia fica espantada e sem graça.

Cena 3/Int./Restaurante/Noite.

Franco, Sandra, Gael e Mirella estão comendo a sobremesa.

FRANCO

Você é uma menina muito inteligente Mirella.

MIRELLA

Obrigada Franco.

FRANCO

Mirella vou ser sincero com você, no começo eu odiei saber que Gael tinha uma filha, mas te conhecer foi muito bom, você tem muito de nós Bittencourt, então pode me chamar de tio de você quiser.

Gael olha Franco sem entender, Sandra observa, Mirella sorri feliz.

MIRELLA

Claro que quero tio, gostei muito de você e do meu pai também.

GAEL

E eu gostei de você princesa, tanto que vou te fazer um convite, quer conhecer a minha casa e as outras pessoas da família?

Mirella fica animada.

MIRELLA

Eu vou adorar!

SANDRA

Não acho uma boa ideia, é melhor você falar para eles que tem uma filha primeiro e depois se todos concordarem Mirella pode ir.

FRANCO

Quem manda sou eu Sandra o convite que Gael fez eu estava para fazer, não tem problema a Mirella conhecer uma casa que também é dela.

Gael se admira, Sandra fica séria, olha Gael.

SANDRA

Gael você pode ficar com a Mirella alguns minutos, já volto.

GAEL

Claro.

Sandra se levanta encara Franco.

SANDRA

Você pode vir um minuto comigo, por favor.

Franco sorri se levanta sai com Sandra.

GAEL

Eu acho que sua mãe ficou brava.

MIRELLA

Eu conheço muito bem aquela cara, pode ter certeza que ela vai brigar com meu tio.

Cena 4/Ext./Rua/Em frente ao restaurante/Noite.

Sandra está brava.

SANDRA

Que ideia foi aquela de falar para a minha filha que a sua casa é dela!

FRANCO

Não é mentira Sandra, ela é filha de Gael, tem todo o direito de usufruir o que é nosso.

SANDRA

Nada disso! Eu não quero que Mirella se iluda, para de falar essas coisas para ela! Sei como criar a minha filha!

FRANCO

Você não vai querer que Gael a reconheça?

SANDRA

Não a única coisa que eu queria era que Mirella conhecesse o Gael, não por mim, mas por ela que sempre me perguntou do pai, isso basta, eu sei que ela vai querer ver ele mais vezes, mas no que depender de mim não vai acontecer sempre.

FRANCO

Qual o problema da Mirella conhecer minha família?

SANDRA

Nenhum, só não quero que você apresente seu dinheiro para minha filha, entendeu?

Sandra entra no restaurante, Franco a observa, sorri.

FRANCO

Linda e de personalidade forte, quero essa mulher pra mim.

Cena 5/Int./Mansão Bittencourt/Sala/Noite.

Laura entra, está triste, Guilherme se aproxima.

GUILHERME

Já estava começando a me sentir abandonado mamãe, até você saiu e eu não.

LAURA

Bárbara não está em casa?

GUILHERME

Ela não conta.

Laura sorri um pouco, abraça Guilherme e chora Guilherme a abraça acaricia as costas de Laura.

GUILHERME

Aconteceu alguma coisa?

LAURA

Nada além de sentimentalismo meu amor.

Laura olha Guilherme, acaricia o rosto dele.

LAURA

Eu te amo muito, mesmo não concordando com algumas atitudes sua, eu te amo meu filho.

Guilherme beija o rosto de Laura.

GUILHERME

Eu também te amo mamãe.

LAURA

Eu vou para meu quarto, estou muito cansada.

Otávio desce as escadas, está feliz, Laura sorri.

LAURA

Aonde você vai assim tão lindo Otávio?

OTÁVIO

Sair com a Júlia.

GUILHERME

Olha até que esse seu casinho com ela está te fazendo bem.

OTÁVIO

Não debocha Guilherme, não é um casinho, Júlia me faz muito bem, gosto muito dela.

GUILHERME

Desculpa Otávio, hoje meu dia foi péssimo.

LAURA

Ótimo passeio para você meu amor.

Laura beija o rosto de Otávio, sobe as escadas.

OTÁVIO

Eu vou sair antes que a ave de mau agouro chegue e acabe com a minha noite.

Otávio sai, Bárbara desce as escadas, se aproxima de Guilherme, o abraça por trás.

BÁRBARA

Não briga comigo… Eu vim disposta a fazer as pazes com você…

Guilherme fecha os olhos.

GUILHERME

Mesmo eu te tratando mal você insiste em querer ficar comigo, por quê?

Bárbara vira Guilherme de frente para ela.

BÁRBARA

Porque eu te amo.

Bárbara beija Guilherme que não quer retribuir, mas acaba beijando Bárbara.

BÁRBARA

Vamos para o quarto Guilherme… Fica comigo.

Guilherme pensativo.

GUILHERME

Fico Bárbara…

Bárbara beija Guilherme, sorri, segura a mão dele e os dois sobem as escadas.

Cena 6/Ext./Praça/Noite.

Ligia e Pedro estão sentados.

LIGIA

Como as coisas são engraçadas Pedro, meu tio pai da sua prima.

PEDRO

Pois é meu amor, mas isso só prova uma coisa, que de um jeito ou de outro a gente iria se conhecer estamos no destino um do outro.

Ligia sorri beija Pedro.

LIGIA

Verdade.

PEDRO

Amanhã quero te levar para conhecer o espaço do novo buffet, você vai estar ocupada?

LIGIA

Eu vou adorar ir com você, mas quero te levar para conhecer meus amigos á noite, podemos marcar num barzinho que gosto muito de ir.

PEDRO

Antes de dar a minha resposta quero saber uma coisa, seus amigos são iguais ao Diego?

LIGIA

Se fossem não seriam meus amigos você pode ter certeza.

PEDRO

Então eu vou com você.

Antônio se aproxima, está chateado.

ANTÔNIO

Boa noite.

PEDRO

Boa noite vô… Está tudo bem?

ANTÔNIO

Não, mas vai ficar.

LIGIA

Então as coisas não foram bem com a minha avó?

ANTÔNIO

As coisas com Laura só foram bem há muito tempo Ligia, acho difícil retomar as coisas com ela, nem amizade quero.

Ligia se levanta.

LIGIA

Não sei sobre o que exatamente vocês conversaram, mas de uma coisa eu sei, ela gosta muito de você Antônio, sei que ela é casada, amo meu avô, mas estou percebendo que minha avó não o ama.

ANTÔNIO

Seu avô… Franco não vale nada, mas é um homem de muita sorte Ligia.

Ligia abraça Antônio.

LIGIA

Tudo vai ficar bem, você vai ver.

ANTÔNIO

(sorri) Obrigado Ligia.

Antônio entra em sua casa, Ligia se senta.

LIGIA

Se ele está assim fico imaginando a minha avó…

PEDRO

Vou te levar para a casa, mas antes quero um beijo.

Ligia sorri beija Pedro.

Cena 7/Int./Dia Seguinte/Mansão Bittencourt/Suíte de Guilherme e Bárbara/Dia.

Guilherme está dando um nó na gravata, Bárbara se aproxima por trás, o abraça.

BÁRBARA

Bom dia meu amor.

Guilherme se afasta.

GUILHERME

Bom dia Bárbara.

Bárbara estranha a atitude de Guilherme.

BÁRBARA

O que foi?

GUILHERME

Bárbara não é porque transamos ontem que tudo está bem, ainda não está.

BÁRBARA

É impressionante sua frieza…

GUILHERME

Não é frieza é sinceridade, eu preciso pensar em muita coisa ainda, o maior problema pra mim é não sentir nada por você.

Bárbara sorri um pouco, decepcionada.

BÁRBARA

Cretino.

GUILHERME

É melhor eu sair antes que você tenha uma crise igual da outra vez.

Guilherme sai da suíte, Bárbara fica com raiva.

Cena 8/Int./Mansão Bittencourt/Sala/Dia.

Gael está sentado, Franco desce as escadas, Gael se levanta.

GAEL

Franco eu quero falar com você.

FRANCO

Bom dia Gael.

GAEL

Você pode me explicar o que foi tudo aquilo ontem á noite? Por que você tratou a Mirella de forma amável? Por que disse que essa casa é dela? Você nunca foi assim.

FRANCO

Notei uma coisa na sua filha muito importante, uma coisa que a linda Sandra não tem, ambição, sendo assim através dela posso conseguir coisas que não vou conseguir com Sandra, pelo menos por enquanto.

GAEL

Coisas como o que?

FRANCO

Comprar ela, você não vê como Sandra é ligada na filha.

GAEL

Agora reconheço o meu irmão… Você vai usar Mirella igual uma marionete, fazer com ela o que bem entender para atingir Sandra, é isso?

Franco sorri.

FRANCO

Exatamente.

GAEL

Nossa você deve estar muito interessado na Sandra mesmo.

FRANCO

Estou Gael, nunca uma mulher recusou ganhar nada de mim, hoje vou fazer uma entrevista com ela para uma vaga de assistente, é claro que ela vai ficar já que é a única candidata.

GAEL

Tudo bem Franco, mas me fala uma coisa, até quando vou ter que bancar o bom pai? Isso não é pra mim, não vou negar gostei da Mirella, mas ficar com ela o tempo todo vai ser insuportável.

FRANCO

Não precisa ser o tempo todo.

Laura desce as escadas.

LAURA

Bom dia.

GAEL

Bom dia Laura.

LAURA

Vocês viram o Otávio?

FRANCO

Vai me dizer que ele aprontou de novo.

LAURA

Não, ele saiu com a Júlia ontem e ainda não voltou.

Gael sorri.

GAEL

Com certeza passou a noite com ela.

FRANCO

Isso não tem graça! Eu não quero meu filho envolvido com essa negra!

LAURA

Eu estava indo tomar café, mas depois de ver esse seu preconceito me deu vontade de vomitar.

FRANCO

Não quero Otávio com essa tal Júlia!

LAURA

Você não se meta na vida dele! Nunca se importou com Otávio, agora ele está feliz, parou de beber graças a Júlia! A cor da pele não significa nada e sim o caráter! Coisa que você não tem!

Franco levanta a mão para bater em Laura, Gael segura o braço dele.

GAEL

Não faz isso, ela está certa.

LAURA

Além de tudo é covarde, com licença, vou até a joalheria… Obrigada Gael.

Laura sai. Franco puxa seu braço da mão de Gael, está com raiva.

FRANCO

Não vou permitir isso, meu filho não vai namorar uma negra!

Cena 9/Int./Casa de Júlia/Quarto/Dia.

Otávio e Júlia estão deitados, abraçados.

JÚLIA

Eu tenho que ir trabalhar Otávio.

OTÁVIO

Não vou deixar você ir, está tão bom aqui.

Júlia sorri, beija Otávio.

JÚLIA

Tem razão, está ótimo aqui.

OTÁVIO

Você é a melhor coisa que aconteceu comigo sabia.

JÚLIA

Você é um amor Otávio.

OTÁVIO

Não era o que eu queria ouvir, mas valeu.

Júlia dá risada.

JÚLIA

É sério tenho que ir trabalhar, mas podemos nos ver á noite.

OTÁVIO

Por mim tudo bem, vou pensar em um lugar legal para te levar.

Júlia e Otávio se beijam.

Cena 10/Int./Apartamento de Audrey/Sala/Dia.

A campainha toca, Audrey abre a porta, Diego entra.

AUDREY

Quando você me ligou fiquei curiosa para saber o que queria tanto falar comigo.

DIEGO

Não vou demorar Audrey.

Diego mostra o celular de Audrey que Franco jogou no chão.

AUDREY

Era isso? Queria me devolver o celular?

DIEGO

Não vou te devolver, mas sei que você é a amante de Franco.

AUDREY

Sou e dai? Fala logo o que você quer.

DIEGO

Audrey eu conheço o Franco muito bem, e sei que se certas fotos que estão aqui caírem na internet ele não vai gostar.

Audrey tenta pegar o celular de Diego, mas não consegue.

AUDREY

Qual é a sua? Você não é o homem de confiança do Franco? Ele não vai gostar de saber que você está me ameaçando.

DIEGO

Se você contar pra ele eu vou publicar todas as fotos e se não fizer o que eu mandar também.

Audrey está nervosa.

AUDREY

Fala de uma vez!

DIEGO

Quero que você entre em contato com qualquer paparazzi e o mande atrás de Ligia, ela está namorando um pobretão, quero que todos saibam disso, jornais, internet, rede social, tudo, entendeu?

Audrey sorri.

AUDREY

Você não precisava me ameaçar, faço isso com todo o prazer, mas em troca do meu celular e a garantia que isso não vai se repetir.

DIEGO

É justo, eu aceito, te devolvo o celular quando ver o nome de Ligia em todos os lugares.

Diego e Audrey sorriem maldosos.

Cena 11/Int./Casa de Antônio/Cozinha.

Sandra e Antônio estão tomando café.

SANDRA

Mirella está radiante pai, tenho medo que ela se decepcione.

ANTÔNIO

Se isso acontecer não vai ser por falta de aviso.

SANDRA

Você nem me contou como foi com a Laura ontem.

ANTÔNIO

Foi bom e ruim ao mesmo tempo, bom porque já sei o motivo dela ter me deixado, e ruim porque tudo poderia ter sido evitado.

SANDRA

Então você acreditou nela?

ANTÔNIO

Acreditei, ela me disse que Franco ameaçou me matar caso ela não se casasse com ele, disse que ficou com medo e me deixou.

SANDRA

Esse Franco é muito sujo, jogar baixo desse jeito.

ANTÔNIO

Se eu te contar uma coisa você promete não contar á ninguém?

SANDRA

Claro pai, pode confiar em mim.

ANTÔNIO

Laura descobriu que estava esperando um filho meu, contou para a mãe dela e que estava disposta a deixar Franco para me procurar, ela disse que a mãe dela a obrigou mentir que o bebê era filho de Franco, se não o bebê não iria nascer.

SANDRA

Mas que coisa horrível! O que aconteceu com seu filho?

ANTÔNIO

Nasceu e tem Franco como pai dele, se chama Guilherme… Laura escondeu isso de mim, não tem como perdoar.

SANDRA

Pai não quero me intrometer, mas pelo que percebi a Laura agiu por amor nas duas situações, ela não quis que nada de ruim te acontecesse e nem com o filho dela, eu agiria da mesma forma, ela se sacrificou por vocês.

ANTÔNIO

Ela tinha que ter me contado.

SANDRA

Mas não podia pai, eu acho que você tem que procurar ela de novo e perdoar, você ainda a ama?

Antônio fica com lágrimas nos olhos.

ANTÔNIO

Muito e é isso que acaba comigo.

SANDRA

Porque é teimoso, se ela te procurou tenho certeza que senti alguma coisa por você.

ANTÔNIO

Ela me chamou de meu amor…

SANDRA

Então pai! Ela te ama, não vi nada de errado no que a Laura fez, vi nos atos de Franco e da mãe dela, foram monstros, mas ela foi a vítima.

ANTÔNIO

Tem razão… De cabeça quente eu nunca veria por esse lado.

SANDRA

Procura ela pai, acho que a Laura merece ouvir de você que a perdoa.

Sandra se levanta, beija o rosto de Antônio, sai, Antônio fica pensativo.

Fim do Capítulo

-” ”>-‘.’ ”>

A Widcyber está devidamente autorizada pelo autor(a) para publicar este conteúdo. Não copie ou distribua conteúdos originais sem obter os direitos, plágio é crime.

Pesquisa de satisfação: Nos ajude a entender como estamos nos saindo por aqui.

Publicidade

Inscreva-se no canal ATRAVÉS DO UNIVERSO!

O novo canal do Youtube pertence ao CEO da Widcyber, Wellyngton Vianna.

O conteúdo do canal traz vídeos com temas sobre Ciência, Astronomia e Curiosidades do mundo.

Leia mais Histórias

>
Rolar para o topo