Hierarquia

Novela de Débora Costa

Escrita Por

Débora Costa

Colaboração

Tainá Andaluz

Direção

Wellyngton Vianna

Núcleo

Cyber Séries

Personagens desse capítulo

ANTÔNIO

BÁRBARA

CARLOS

DIEGO

FRANCO

GAEL

GUILHERME

JÉSSICA

LAURA

LIGIA

MIRELLA

OTÁVIO

PEDRO

SANDRA

Cena 1/Int./Casa de Antônio/Sala/Dia.

ANTÔNIO

Meu neto não está, foi saiu para resolver um problema do buffet.

GUILHERME

Ele vai demorar?

ANTÔNIO

Não sei.

GUILHERME

Eu posso esperar um pouco aqui

ANTÔNIO

Se você veio até aqui para brigar com Pedro eu acho melhor ir embora.

GUILHERME

Não vim brigar e sim me desculpar.

ANTÔNIO

Se é assim pode ficar… Quer alguma coisa?

GUILHERME

Não obrigado.

ANTÔNIO

Fica a vontade, vou até a cozinha e já volto.

Antônio vai para a cozinha, Guilherme se senta, olha em volta, está enojado.

GUILHERME

Um lugar como esse não é para a minha filha.

Cena 2/Int./Banco BRT Nacional/Escritório de Franco/Dia.

Franco está sentado, Sandra entra.

FRANCO

Está mais calma?

SANDRA

Um pouco, não queria que minha filha ficasse na sua casa, mas aqui não é lugar para tratar assunto de família.

FRANCO

Tem razão, já providenciou os documentos do patrocínio que vamos fazer?

SANDRA

Já, só falta imprimir algumas páginas e trago para o senhor assinar.

FRANCO

Me chame de você, depois que você trazer os documentos vamos almoçar.

SANDRA

Eu vou almoçar em casa Franco.

FRANCO

Preciso tratar um assunto do trabalho com você e quero que seja durante o almoço.

SANDRA

Está bem, com licença.

Sandra sai, Franco sorri.

FRANCO

Hoje um almoço, amanhã um jantar e depois você na minha cama.

Cena 3/Int./Joalheria Bittencourt/Loja/Dia.

Laura está verificando como a loja está Ligia se aproxima.

LIGIA

Vovó eu já deixei os desenhos das joias em cima da sua mesa.

LAURA

Obrigada querida, Ligia quero te mostrar uma coisa.

Laura abre sua bolsa, pega a aliança que ganhou de Antônio, mostra a Ligia.

LAURA

Você acha que se eu criar uma coleção de alianças baseada nessa vão gostar?

Ligia pega a aliança, lê o que está gravado.

LIGIA

Com você encontrei o amor verdadeiro… Que lindo vovó! Acho que dá super certo, de quem é essa aliança?

LAURA

(sorri) Ganhei de Antônio.

LIGIA

Então eu quero que o primeiro par de alianças seja para mim e o Pedro.

LAURA

Então vou desenhar hoje mesmo para vocês.

Otavio se aproxima, sorri.

OTÁVIO

Júlia aceitou meu pedido de namoro!

LAURA

Boa tarde meu filho, como vai? Lembrou de mim?

OTÁVIO

Desculpa mamãe, mas eu estava ocupado implorando para a Júlia ser minha namorada oficialmente.

LIGIA

Gosto muito da Júlia tio, vocês formam um belo par.

OTÁVIO

Também acho.

LAURA

Parabéns querido, agora me fala você já contratou a Jéssica?

OTÁVIO

Já sim, Jéssica é nova gerente da joalheria.

LIGIA

Por que ela saiu do banco?

LAURA

É uma longa história Ligia.

OTÁVIO

Vou resumir pra você Ligia, seu pai e ela brigaram pela centésima vez.

LAURA

Otávio!

LIGIA

Eu já sei de tudo vovó, meu pai tem um caso com a Jéssica.

LAURA

Tinha, eles terminaram.

OTÁVIO

(sorri) Não falei.

Cena 4/Ext./Mansão Bittencourt/Psicina/Dia.

Mirella está usando biquíni, sentada tomando sol e bebendo um suco, Diego se aproxima.

DIEGO

Oi, você é a filha do Gael?

MIRELLA

Sou, meu nome é Mirella.

DIEGO

Prazer Mirella, eu me chamo Diego, trabalho com Franco no banco e também somos amigos.

MIRELLA

O tio Franco é muito legal, me trata super bem.

DIEGO

Olha só que coisa boa Mirella, o Franco é um homem especial…

Gael se aproxima.

GAEL

Mirella vem comigo um instante, quero conversar com você.

Mirella e Gael saem.

DIEGO

Se Franco gosta dessa menina coisa boa ela não deve ser… Vou descobrir.

Cena 5/Int./Casa de Antônio/Sala/Dia.

Guilherme está sentado, Pedro e Carlos entram, Guilherme se levanta, Carlos fica nervoso.

CARLOS

O que você quer aqui?

GUILHERME

Eu vim em missão de paz, quero falar com Pedro.

CARLOS

Você vai sair imediatamente dessa casa!

GUILHERME

Pedro eu vim aqui para te pedir desculpas pelas coisas que fiz, eu estava com ciúmes da minha filha.

PEDRO

Tudo bem Guilherme.

GUILHERME

Você é bem vindo em minha casa, quero reparar a má impressão que causei.

PEDRO

Obrigado.

Antônio se aproxima.

ANTÔNIO

Franco não se importa que meu neto namore Ligia?

GUILHERME

O meu pai é um homem sensato, assim como eu reconheceu o erro.

CARLOS

Você bateu no meu filho!

GUILHERME

Peço desculpa mais uma vez por isso, Ligia está muito feliz ao seu lado.

PEDRO

Eu a amo muito.

GUILHERME

Isso basta pra mim, agora já tenho que ir.

ANTÔNIO

Guilherme você pode voltar aqui quantas vezes quiser, será bem vindo.

GUILHERME

Obrigado.

Guilherme sai.

CARLOS

Pai que história é essa? Esse cara está mentindo! Por que você o trata assim?

ANTÔNIO

Porque tenho educação.

Antônio sai.

PEDRO

Eu acho que Guilherme está falando a verdade, o que é muito bom.

Cena 6/Int./Mais Tarde –Joalheria Bittencourt/Escritório de Laura/Dia.

Laura está desenhando, Guilherme entra.

LAURA

(sorri) Que surpresa boa meu filho.

GUILHERME

Estava devendo uma visita aqui.

LAURA

Você vive atrás do seu pai e esquece de ver o trabalho da sua mãe.

Guilherme se aproxima de Laura, beija o rosto dela.

GUILHERME

Tudo está perfeito aqui.

LAURA

Obrigada.

GUILHERME

A Ligia está por aqui?

LAURA

Ela saiu não faz muito tempo… Meu filho me fala uma coisa, você realmente vai deixar Ligia namorar Pedro ou isso é algum truque?

GUILHERME

Eu estava exagerando mamãe, não vale a pena brigar por causa disso.

LAURA

Sei… Espero que seja verdade.

Jéssica entra, fica surpresa ao ver Guilherme.

GUILHERME

Oi Jéssica.

LAURA

Vocês não vão brigar aqui hein.

JÉSSICA

Não Laura, eu só vim te falar que já me instalei na sala que você e deu.

Jéssica sai, Guilherme vai saindo.

LAURA

Não quero confusão aqui Guilherme.

GUILHERME

Pode deixar.

Guilherme sai.

Cena 8/Int./Joalheria Bittencourt/Sala de Jéssica/Dia.

Jéssica entra, Guilherme entra em seguida a segura.

GUILHERME

Achou que se veria livre de mim?

JÉSSICA

Achei.

GUILHERME

Estou morrendo de saudades Jéssica.

JÉSSICA

Não estou nem ai.

Jéssica e Guilherme se beijam.

GUILHERME

Sou louco por você.

Bárbara vem passando em frente a sala, para ao ouvir a voz de Guilherme.

JÉSSICA

E eu por você seu infeliz!

GUILHERME

Vamos nos ver a noite na sua casa?

JÉSSICA

Tudo bem… Ficar sem você é muito estranho, mas para o banco eu não volto.

GUILHERME

Você voltando pra mim Jéssica é o que importa te amo.

Jéssica e Guilherme se beijam.

Cena 9/Int./Joalheria Bittencourt/Corredor/Dia.

Bárbara está triste, com vontade de chorar.

BÁRBARA

Então é essa vagabunda da Jéssica que é sua amante Guilherme… Desgraçado…

Bárbara chora.

BÁRBARA

Mata a saudade dela porque hoje á noite eu vou te matar.

Fim do Capítulo

-” ”>-‘.’ ”>

A Widcyber está devidamente autorizada pelo autor(a) para publicar este conteúdo. Não copie ou distribua conteúdos originais sem obter os direitos, plágio é crime.

Pesquisa de satisfação: Nos ajude a entender como estamos nos saindo por aqui.

Publicidade

Inscreva-se no canal ATRAVÉS DO UNIVERSO!

O novo canal do Youtube pertence ao CEO da Widcyber, Wellyngton Vianna.

O conteúdo do canal traz vídeos com temas sobre Ciência, Astronomia e Curiosidades do mundo.

Leia mais Histórias

>
Rolar para o topo