Boa noite, leitor(a)! O Cyber Backstage, hoje bem curtinho, está no ar com as fofocas da semana. Vamos ao quadro Bastidores.

A


A

  • A escritora Andréa Bertoldo sofreu bullying em plena Bienal. O motivo: fazer cosplay da personagem Mônica, dos quadrinhos de Maurício de Sousa. Nota zero para os haters!

  • Helena, de Machado de Assis, vem trazendo bons resultados para a Tarde de Clássicos da OnTV.

  • Estão abertas as inscrições para o Troféu Imprensa e para o Troféu Mundo Virtual, para as obras postadas em 2018. Mais informações em http://blogdazih.blogspot.com.

  • Os vencedores serão anunciados, a princípio, em dezembro.

  • Em janeiro, abrem-se as inscrições para as tramas de 2019.

  • Henzo Viturino anunciou seu afastamento do Mundo Virtual, por motivos escolares. Ele entrará no Ensino Médio no próximo ano. Sucesso, Henzo!

  • Assim, Miguel Rodrigues segue no comando da DNA, agora com a parceria de Marcelo Maia.

  • Pedro Lima pediu o cancelamento da exibição de sua série Viva a Vida, também por motivos acadêmicos.

  • Em outubro, abrem-se as votações para a próxima trinca de reprises do Canal Viva da Cyber TV. Será que desta vez Gato Preto volta à telinha, após duas vezes em segundo lugar?

  • O programa Nostalgia, apresentado por Débora Excelsior Costa, retorna no dia 6 de outubro, às 20h.

  • Sylvana Camello deu adeus ao seu penteado de Playmobil (segundo ela mesma, numa postagem no Facebook) e voltou ao curtinho preferido. Ficou muito bem!

  • Você tem uma história e deseja postar aqui na Cyber TV? Em https://widcyber.com/participe, faça seu cadastro (caso ainda não tenha) e envie seu trabalho para análise do time de revisores. Em caso de aprovação, a estreia será marcada. Pode ser webnovela, webfilme, conto, crônica, série ou minissérie.

A


O Backstage fica por aqui, mas não deixe de ler o Observatório de hoje, aqui. Tenha uma ótima semana de muitas leituras. Abraço!

A Widcyber está devidamente autorizada pelo autor(a) para publicar este conteúdo. Não copie ou distribua conteúdos originais sem obter os direitos, plágio é crime.

Pesquisa de satisfação: Nos ajude a entender como estamos nos saindo por aqui.

Leia mais Histórias

>
Rolar para o topo