capa amigo oculto

VOCÊ ESTÁ LENDO

Amigo oculto

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Em um certo natal, me peguei pensando – Até quando vai essas ceias enormes, cheias de comidas e bebidas… Aonde vejo todos jogando os produtos e comidas no lixo no dia seguinte, não acho isso normal!

Mas, entendi que é uma comemoração, sou apenas uma menina de 14 anos… Ahhhh prazer, me chamo Talia, sou moradora de São Paulo, capital. E venho contar para vocês uma noite perfeita, que jamais sairá da minha cabeça.

 

*** Dia 24 de Dezembro de 1999 ***

 

Todos em ritmo de festa, diziam minhas tias. – Hoje a noite é especial pequena menina.

Mas eu já entenda o que se tratava, já entendi que era uma noite de festa que só acontecia uma vez ao ano. É uma data mágica, as pessoas colocam as melhores roupas, se arrumando e fazem uma ceia linda. Sim, novamente eu repito, é muito mágico. Porém, essa magia não é para todos… Via meus primos mais velhos, Laura e Carlos conversando, e não parava de admirar.

CARLOS – Sim, eu concordo com você minha prima, é uma data muito especial.

LAURA – Infelizmente, não é para todos… Mais isso um dia vai mudar.

TALIA – Petulante, entra na conversa dos adultos e imediatamente diz…- Sim, isso vai mudar, eu darei o primeiro passo para isso, farei o possível para ajudar o próximo. Seja ele quem for…

HORAS DEPOIS… COMEÇA A QUEIMA DE FOGOS…

 

*** 24 de Dezembro de 2009 ***

 

TALIA – conversando com sua mãe… – Eu quero uma ceia simples minha mãe. Nosso trabalho esse ano será outro. Tenha certeza que dará tempo que passar o natal com a Familia.

DONA JULIA – Claro, eu tenho certeza que sim. Eu acho lindo a sua atitude minha filha…

TALIA – Trabalhei o ano inteiro, juntei cada moedinha, todos os centavos para fazer o natal dessas famílias. Não é pedir muito minha mãe… Nunca foi pedir muito. É apenas uma ajuda, eu tenho certeza que um dia, esse pequeno projeto que se iniciou-se este ano, será enorme daqui dez anos…

DONA JULIA – Acho lindo a sua atitude minha filha, eu bato palmas para o seu ato.

TALIA – É muito além de um ato. Aprendi na nossa família há dez anos atrás, que essa noite é magica. E se ela de fato for, deve ser para todos! Sendo assim, quero ajudar minha mãe. Não será nenhum desgastes, pelo contrário, será uma honra, o maior dos prazeres! Faremos a melhor festa!

DONA JULIA – E você continua com a sua ideia inicial?

TALIA – Sim minha mãe… Vou levar até o fim!

DONA JULIA – Certo! Eu respeito se essa for sua opção!

TALIA – Agora minha mãe, vamos trabalhar… Pois teremos muito chão pela frente, muito mesmo! Temos que fazer essa comida, e as sobremesas.

FELIPE – Entrando – Cheguei com a sobremesa… – Todos comemorando…

TALIA – Trouxe no sabor “Napolitano”?

FELIPE – Sim minha irmã. Conforme você solicitou!

Às horas, foram passando, todos conversando, os pratos ficando prontos, cada hora saia uma novidade, um prato lindo, e pessoas da família chegando para ajudar e levar os pratos até o local da festa.

*** 22 horas da noite, véspera de Natal ***

 

Mesa linda, todos os tipos de refrigerantes, todos os pratos para uma ceia linda, e começa adentrar os convidados… Escondida na sala de vidro, Talia, comemorava a noite feliz, uma noite de esperança, uma noite aonde todos possam comer, sentar e se abraçar.

Uma Festa beneficente, na comunidade do Morrinho, localizada na Zona Oeste de São Paulo.

Adentrando, moradores que não tem condições de fazer uma ceia. Adentrando moradores de ruas, pessoas descriminadas por raça, crenças e orientação sexual…

A cada pessoa que chegava, o orgulho de Talia crescia, era uma explosão em seu peito. Era uma sensação surreal, a mesma não sabia explicar, foi algo que durante anos foi planejado, que só ela entendi as noites trabalhadas para ajudar o próximo nesta data.

*** 23/12/2020 – São Paula – Zona Leste ***

 

TALIA – Falando no telefone com o seu irmão Felipe – Pois é, esse ano será difícil. Foi um ano complicado, passamos por uma barra pessada… Pois é meu irmão. […] Infelizmente a Covid-19 levou nossa mãe. Mas nãop levará nossa força de vontade de lutar e querer uma festa de final de ano perfeita. Pois há 11 anos venho fazendo festas solidárias.

DANI – Entrando na sala – Dona Talia, chegou os brinquedos para as crianças na associação.

TALIA – No telefone – Só um momento irmão, já ligo para você…  Dani, desceu com Emanuel e dá continuidade nos presentes, deixa todos bem embalados.

DANI – Sim senhora.

TALIA – Esse ano faremos um Natal ainda maior.

DANI – Você sabe né minha amiga, que você é a melhor Amiga Oculta do mundo.

TALIA – Bondade a sua. É apenas um dom, (sorrindo) não é assim que dizem…

DANI – Que seja, mas acredito você é um ser humano iluminado.

[…] Horas depois ***

 

TALIA – Entrando na cozinha da associação se emociona – Lindo o trabalho de vocês pessoal, lindo. – Batendo palmas.

COZINHEIRA – Fazemos com amor, afinal você passa o ano para ajudar pessoas carentes, então fazemos para você, por você, pór nós, e por todos, não é equipe.

TALIA – Amo vocês, amo demais. Obrigada por me ajudarem neste momento, e o ano inteiro claro.

 

*** SALÃO – NOITE – INTERNO ***

 

21:59h 24 de Dezembro de 2020.

– Emocionada, Talia abraça Dani, Emanuel, e sussurra no pé do ouvido de Felipe: Foi difícil, dolorido. Mas deu certo, e veja você mesmo o resultado. Deu certo! – Ele sorrindo doz:

-Minha irmã, tenha absoluta certeza de que lá de cima, ela estará olhando e danco forças pra gente continuar.

TALIA – O melhor de tudo isso… é que eu não preciso mais me esconder.

DANI – Sim minha amiga, agora você é a Rainha do Natal solidário.

FELIPE – Irmã, tenho uma novidade. Que está chegando, e você vai amar!

TALIA – Meu Deus, assim meu coração não aguenta! O que você está aprontando?

FELIPE – Lembra que ano passado estávamos tentando cesta básica para as famílias carentes… então, eu consegui 100 cesta básica.

TALIA – RADIANTE – Você está falando sério mesmo?

EMANUEL – Sim, é serio!

TALIA – Meu deus, será o melhor Natal do mundo! E ainda, vamos ajudar a população a fazer um Ano novo digno. Obrigada senhor. OBRIGADA! […] Aproveitando, abra as portas, vamos receber a população. Eles merecem tudo que fizemos por eles.

AO ABRIR A PORTA DA ASSOCIAÇÃO DO BAIRRO, A POPULAÇÃO ADENTRA, SORRINDO E IMENSAMENTE ENCANTADOS COM A DECORAÇÃO, MESMO QUE SIMPLES.

CRIANÇAS CORRENDO, IDOSOS SENTADOS CONVERSANDO, VIZINHOS SORRINDO. JOVENS APLAUDINDO E TODOS FELIZES… ATÉ QUE

 

– *** 00:00H  *** –

 

FELIZ NATAL

 

[Que Deus abençoe a todos grandemente]

 

VAMOS A LUTA!

Atenção: A Widcyber tem a autorização do autor para publicar este conteúdo.

cropped-wid-1.png

NAVEGAR

>
error: Este conteúdo é protegido! A cópia deste conteúdo não é autorizada em virtude da preservação de direitos autorais.
Rolar para o topo