Destiinos Cruzados
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin


DESTINOS CRUZADOS

NOVELA DE

UELITON ABREU

ESCRITA POR

UELITON ABREU

DIREÇÃO DE NÚCLEO

ANDERSON SILVA

CENA. 1. MANGUEZAL. LAJE. EXTERIOR. DIA 

CONTINUAÇÃO DA ÚLTIMA CENA. LOBÃO DIANTE DE CÉSAR E LÍDIA 

LOBÃO              (SÉRIO) e então, Lídia. Cê não vai falar nada? Que segredinho é esse que cê sabe do César? 

LÍDIA                (DISFARÇANDO O NERVOSISMO) segredo? Que segredo? Tem segredo nenhum! A gente só tava falando/ 

LOBÃO              (CORTA) para! Para. tá bom? Eu ouvi a conversa de vocês dois, você deve ao César, o que você fez pra ela?

CÉSAR               eu… eu dei cabo do corpo de um carinha aí que ela matou… 

LÍDIA                tá certo. É verdade. Era um bandido, invadiu minha casa, eu apenas me defendi… era ele ou eu! 

LOBÃO              sei… e por que não paga o que deve? 

LÍDIA                o óbvio, né, Lobão. Eu não tenho dinheiro, simples

CÉSAR               (FORTE) mentira! ela tem sim. ela só tá me enrolando, essa vadia 

LOBÃO              e o segredo que você sabe dele, Lídia. Qual é?

CÉSAR               (NERVOSO, TENSO) segredo, Lobo? Não tem segredo nenhum não, mano. Isso é blefe dessa vadia 

LOBÃO              (ENCARA) tá nervoso, tá tenso, por quê? Hum? 

CÉSAR NADA DIZ 

LÍDIA                eu vou te contar. O Cesar, Lobo, é gay! esse é o segredinho dele, ele gosta de homens 

CÉSAR               isso é mentira. Cala a boca! (DESESPERO) Não acredita nela, Lobo, por favor! Essa mina é louca! Ela… ela tá inventando isso só porque eu vivo a chamando de vadia, é isso. não dá trela pra ela… 

LOBÃO              vaza daqui, Lídia. Quero falar a sós com César

LÍDIA                tá bom. Beijos. Boa sorte, Cesita! 

LÍDIA SAI. CÉSAR JÁ TENTA SE EXPLICAR 

CÉSAR               vaca! Olha só, Lobo, essa/ 

LOBÃO              (CORTA) para, César. Chega! Chega de negação, para com isso, porra. Eu já sabia… sempre soube desse seu gosto… 

CÉSAR               soube? Como? 

LOBÃO              eu desconfiava, mas daí, tive a certeza quando te vi aos beijos com um cara, em frente ao seu barraco 

EDIÇÃO: FLASHBACK RÁPIDO DE CÉSAR BEIJANDO UM CARINHA SOB O OLHAR DE LOBÃ

VOLTA À CENA 

CÉSAR               e por que nunca me questionou a respeito? 

LOBÃO              isso é irrelevante pra mim. Sem importância. Ser gay nãé uma coisa de outro mundo. Não os odeio. Inclusive, Samuel, meu irmão, é gay 

CÉSAR               pôé difícil, viu, de acreditar. Quem te ver assim, traficante dono de morro, nem imagina que nãseja preconceituoso. Garanto que as pessoas têm outra visão ao seu respeito 

LOBÃO              o fato é que as pessoas costumam julgar somente pelas aparências 

CÉSAR               verdade. Mas e aí, como fica minha situação? Vai me expulsar do morro?

LOBÃO              não, fica “sussa.” É só continuar como tá, sendo leal a mim. Só isso que eu espero de você, César! 

CÉSAR               ok. Obrigado. Mesmo. De verdade!

LOBÃO              não agradeça! Pode ir agora! 

CÉSAR               valeu! 

CÉSAR SAI. LOBÃO O OBSERVA IR EMBORA 

CORTE PARA 

CENA. 2. APTO DE ERIC. SALA. INTERIOR. DIA

ABRE EM ERIC QUE ACABOU DE RECEBER UMA INTIMAÇÃ

ERIC                  droga! Esse jumento cumpriu mesmo com o que disse… abriu o processo, mas isso não acaba aqui… ah, mas não acaba mesmo, até porque o jogo só acaba quando termina 

CORTE PARA 

CENA. 3. UNIVERSIDADE. WC MASCULINO. INTERIOR. DIA 

CAIO LAVA A MÃO NA PIA. BRUNO SAI DE UM DOS BOXES 

CAIO                  (ENCARA PELO ESPELHO) Que foi? tá olhando o quê? 

BRUNO             nada! Só vim ao banheiro, princesa. Pode mais não? 

CAIO VAI ATÉ ELE E O ENCARA, BEM SÉRIO 

CAIO                  (BEM PRÓXIMO) cê chamou do quê?

BRUNO             que foi? vai me beijar? Hum? Te chamei de princesa, e por acaso, acho que cê errou o banheiro, esse aqui é masculino!

CAIO                  não, não vou te beijar não, pode ficar tranquilo… e outra, estou no banheiro certo. E princesa é a senhora sua mã

BRUNO             obrigado, isso ela é de verdade, minha princesa. Mais que isso: ela é minha rainha! 

CAIO                  babaca! Vai se foder! 

BRUNO             me foder, eu não vou não, mas gosto de foder… muito! 

CAIO                  nojento! 

CAIO SE VIRA E VAI EMBORA 

BRUNO             já saquei a tua, filhão… e confesso que já me amarrei na tua… 

FECHA NO SORRISINHO DE BRUNO 

CORTE PARA 

CENA. 4. UNIVERSIDADE. REFEITÓRIO. INTERIOR. DIA 

NATHI REAGINDO DIANTE DE SAMUEL 

NATHI               não acredito que ele fez isso com você

SAMUEL           fez, amiga. Queria que eu passasse do meu horário. Recusei e ele me trancou!

NATHI               Juro. Esse nãé meu irmão. Mas pode deixar, que eu vou ter uma conversinha com ele quando chegar em casa, e ele vai ter que me ouvir 

SAMUEL           amiga, não. por favor, eu não quero que você interceda por mim, tampouco quero criar atritos entre vocês dois. Está fora de cogitação essa hipótese 

BRUNO SE APROXIMA DOS DOIS 

BRUNO             e aí? Será que posso me sentar aqui com vocês? 

NATHI               claro, Bruno. Senta. Fica à vontade. Tudo bom?

BRUNO             (SENTA) obrigado. Tudo na paz! 

SAMUEL           quem é esse Nathi? 

NATHI               ah! Esse aqui é o Bruno, ele é novato aqui, e Bruno esse é o Samuel, meu melhor amigo e colega de curso 

BRUNO             (ESTENDE A MÃO) prazer, Samuel. Como ela mesma já disse, sou novo por aqui. Faço Ed. Física 

SAMUEL           (CUMPRIMENTA) seja bem-vindo, Bruno! Já eu faço o mesmo curso que a Nathi: Ciências Sociais 

BRUNO             bacana! É um excelente curso… 

BRUNO VÊ CAIO PASSANDO E RESOLVE TIRAR UMA DÚVIDA COM NATHI…

BRUNO             vem cá, aquele garoto ali…

SAMUEL           o Caio?

NATHI               ele que esbarrou em você e te tratou mal e tal… o que tem ele?

BRUNO             ele é gay?

NATHI               ele… ele diz que não, né, mas a gente meio que desconfia que seja 

SAMUEL           por que o interesse, Bruno? Você tá a fim dele? Vocêé gay?

BRUNO             digamos… que sou uma pessoa que gosta de gozar à vida, fico com pessoas, não importa o gênero 

SAMUEL           gostei de ti. Taí, uma cara livre de rótulos!

NATHI               arrasou, Bruno!

BRUNO             e você, Samuel? É gay?

SAMUEL           sim, Gaysérrimo, bichona, veado… do vale! 

NATHI               antes que me pergunte, não! Eu não sou gay. Sou hetero convicta. Odeio pepecas, gosto de pintinhos… 

OS TRÊS CAEM NA RISADA

CORTE PARA 

CENA. 5. APTO DE HUGO. SALA. INTERIOR. DIA 

HUGO TRABALHA EM SEU NOTEBOOK. LÍDIA VEM DO CORREDOR

LÍDIA                Hugo. Tô indo ao shopping, tá?

HUGO                mas agora? 

LÍDIA                é, marquei de fazer compras com umas amigas

HUGO                ah, tá certo, então… vai lá. Boas compras! 

LÍDIA                logo mais eu tô de volta. Beijo! Te amo! 

LÍDIA SAI PRA RUA

HUGO                eu também! 

E VOLTA A TRABALHAR 

CORTE RÁPIDO 

CENA. 6. FRENTE CONDOMINIO. EXTERIOR. DIA 

ABRE NO PV DE CÉSAR VENDO LÍDIA SAIR DO PRÉDIO E ENTRAR NUM UBER. SAI DO PV NELE JÁ REAGINDO  

CÉSAR               é hoje que eu descubro algum podre teu, sua vadia 

UBER SAI. CÉSAR SEGUE O MESMO 

CORTE PARA 

CENA. 7. MOTEL. FRENTE. EXTERIOR. DIA 

LÍDIA DESCE DO UBER. ADENTRA O LOCAL SOB O OLHAR DE CÉSAR 

CORTE RÁPIDO 

CENA. 8. MOTEL. RECEPÇÃO. HALL DE ELEV. INTERIOR. DIA 

PASSA NA RECEPÇÃO. PEGA A CHAVE DO QUARTO. ENCAMINHA-SE PRO HALL DE ELEVADORES. ENTRA. AS PORTAS FECHAM. CÂM SEGUE PARA A ENTRADA DE CÉSAR, QUE VAI À RECEPÇÃO

CÉSAR               bom dia! É… essa moça que acabou de entrar, ela costuma vir sempre aqui? 

RECEP               olha só, cara, nós recebemos ordens pra não fornecermos informações sobre os nossos clientes. Sinto muito, mas eu não vou poder te ajudar

CÉSAR               Ah, quebra essa pra mim, vai… 

ABRE SUA CARTEIRA E PÕE ALGUMAS NOTAS DE CEM REAIS SOBRE O BALCÃO

CÉSAR               e agora? Você pode me passar essa informação?

RECEP               Tá. De vez em quando… ela se encontra com um michê

CÉSAR               muito bem… pode pegar. É sua a grana! 

O RAPAZ ENTÃO RECOLHE AS NOTAS DE CIMA DO BALCÃO RAPIDAMENTE 

CÉSAR               falou aí, obrigao! 

CÉSAR VAI EMBORA 

CORTE PARA 

CENA. 9. APTO DE HUGO. SALA. INTERIOR. DIA 

MENSAGEM CHEGA NO CELULAR DE HUGO. ELE ABRE E LER: 

MENSAGEM ON: 

” CUIDADO COM AS SAÍDAS DE SUA ESPOSA, ELA PODE ESTAR A ENGANA-LO.”

MENSAGEM OFF: 

HUGO                que porra é essa?!

FECHA EM HUGO INTRIGADO 

CORTE PARA 

CENA. 10. APART DE PEDRO. QUARTO. INTERIOR. DIA 

PEDRO DEITADO NA CAMA. NATHI ENTRA. VAI CONFRONTÁ-LO 

NATHI               (CARA DE POUCOS AMIGOS) quero falar contigo. É um assunto sério 

PEDRO              fala, estou te ouvindo 

NATHI               que porra é essa que você fez com o Samu ontem? Hein? Deixa-lo preso aqui, pra cozinhar? Ué, até onde sei ele foi contratado pra cuidar da Petra, não?

PEDRO              ele já foi reclamar pra ti, foi?Eu não deixei ele preso, só o dei duas opções: ou cozinhar ou…

NATHI               ou mantê-lo em cárcere-privado? Você como policial já devia saber que manter uma pessoa presa em casa, sem contato algum com o exterior, é crime 

PEDRO              sei, sei sim. Mas ele já saiu, não saiu? Pronto. Passou. Vida que segue! Pra quê ficar remoendo esse assunto? Vamos abstrair… 

NATHI               eu ainda não sei qual é a sua, mas eu vou descobrir, tá. ah, vou! Com licença! 

PEDRO              toda. Fique à vontade! 

NATHI SAI. PEDRO REVIRA OS OLHOS E CONTINUA ALI, DEITADO 

CORTE PARA 

CENA. 11. MANGUEZAL. LAJE. EXTERIOR. DIA 

CÉSAR RECÉM CHEGADO. LOBÃO SE APROXIMA JÁ FALANDO 

LOBÃO              coé, neguinho, onde é que tu tava? 

CÉSAR               fui dar uma volta por aí… precisa de alguma coisa? 

LOBÃO              uma volta? Sei… 

CÉSAR               sabe o quê? Não entendi 

LOBÃO              está na cara que foi se encontrar com algum cara! Mas isso não me interessa. Estava precisando e ti pra resolver um bagulho, mas já tá tudo tranquilo, o nem resolveu… cê tá liberado! 

CÉSAR               falou, chefia. Qualquer coisa é só chamar que eu broto aí

VAI SAINDO SOB O OLHAR DE LOBÃ

CORTE PARA 

CENA. 12. STOCK-SHOTS. ANOITECER. EXTERIOR. NOITE

CENA. 13. APTO DE HUGO. SALA. INT. NOITE 

LÍDIA ENTRANDO NO APTO. HUGO SENTADO NO SOFÁ

LÍDIA                oie! Estou de volta! E exausta! 

LÍDIA VAI ATÉ O AMADO E O BEIJA 

HUGO                foi boa as compras?

LÍDIA                que compras? 

HUGO                ué, você não foi ao shopping com suas amigas? Cadê as compras? Me lembro muito bem que você saiu daqui dizendo que ia ao shopping com suas amigas 

LÍDIA                ah, é. Foi, foi mesmo. É que nada lá me interessou

HUGO                uhm! entendi… 

LÌDIA                eu vou tomar um banho, tá? Depois a gente se fala. Você pede uma pizza pra gente?

HUGO                não vai dar!

LÍDIA                por quê?

HUGO                eu vou dar uma saída agora, marquei de sair com uns amigos de trabalho, é isso. Você pode pedir só pra você a pizza 

LÍDIA                tá. Bom encontro. Bate à porta quando sair! 

HUGO                bato sim! 

LÍDIA SEGUE PRO INTERIOR DO CENÁRIO. HUGO PEGA SUA CHAVES, CARTEIRA E SAI PRA RUA 

CORTE PARA 

CENA 14. CASA DE SAMUEL. SALA. INTERIOR. NOITE 

ABRE EM SAMUEL VENDO TV. CAMPAINHA TOCA. VAI ATENDER 

SAMUEL           Hugo?

HUGO                olá! Será que você aceita um amigo pra conversar?

SAMUEL           Claro. Entra aí

HUGO                não. Será que pode ser em outro lugar? Num lugar mais reservado… 

SAMUEL           tá, pode ser. Só um instante! Mãe! 

ROSA VEM DA COZINHA 

ROSA                 oi. Olá, rapaz. Boa noite! Que foi, filho? 

HUGO                boa noite… 

SAMUEL           eu e o Hugo, a gente vai sair, pra conversar. Logo, logo estou aí de volta, tá bom? 

ROSA                 tá. divirtam-se! 

SAMUEL           (BEIJA SUA TESTA) beijo! 

SAMUEL E HUGO SAEM. ROSA VOLTA PRA COZINHA 

CORTE PARA 

CENA. 15. BARZINHO. INTERIOR. DIA 

SAMUEL E HUGO À MESA, TOMAM UM CHOPP 

SAMUEL           então, amigo, o que você quer falar? Hum? 

HUGO                é sobre algo que está martelando na minha cabeça, sabe. Hoje eu recebi uma mensagem anônima e fiquei bastante intrigado. Estaé a mensagem

MOSTRA A MENSAGEM JÁ ABERTA EM SEU CELULAR 

SAMUEL           (LENDO) “Cuidado com as saídas de sua esposa, ela pode estar a engana-lo.” E você o que acha disso? 

HUGO                não sei. Mil e uma coisas passam pela minha cabeça, mas não sei o que pensar, ou fazer… será que ela pode… você sabe 

SAMUEL           eu não sei de nada, amigo. Quem tem que responder isso, pra vocêé você mesmo. Hum? O que você acha? O que o seu coração está sentindo?

HUGO                eu não sei. O pior é que hoje ela saiu pra fazer compras no shopping, ela foi, mas voltou sem as compras. A questionei sobre isso, e ela nem lembrava do que havia feito

SAMUEL           éé bastante estranho…

HUGO                cara, ela não pode está me traindo! Eu me recuso a acreditar nessa hipótese 

SAMUEL           calma, cara. Não sofra por antecipação. Você nem sabe se ela te trai mesmo. Isso pode ser apenas, alguém… alguém querendo destruir a felicidade vocês, um recalcado qualquer 

HUGO                você tem toda razão, alguém deve estar querendo nos desestabilizar. Mas quem? E por quê?

SAMUEL           é difícil sabermos… 

CORTE PARA: PEDRO E ALAN ENTRANDO NO BAR. O PRIMEIRO JÁ AVISTA SAMUEL

ALAN                 ei, irmão, por favor, não comece!

PEDRO              quê? Só vou cumprimentá-lo. Posso?

ALAN                 tudo bem… 

PEDRO SE APROXIMA DA MESA DE SAMUEL 

PEDRO              boa noite, Samuel! Então, quer dizer que não pôde ir trabalhar hoje, mas pôde vir a um bar, beber com um… amigo?

SAMUEL           não sei se tu se lembra, mas eu estou com o nariz machucado. Que, por sinal, você que provocou a minha queda 

HUGO                quem é esse cara, Samuel? 

PEDRO              Pedro, sou o patrão dele 

HUGO                não lembro de ter me referido a sua pessoa. Eu falei com meu amigo 

PEDRO              mas eu tomei a iniciativa e me apresentei 

HUGO                porque tu é um folgado. Isso sim. Sai daqui mané. Vaza! 

PEDRO              não, até onde eu sei, esse local aqui é público. É pra todos 

HUGO LEVANTA-SE, ENCARA PEDRO, O EMPURRA 

HUGO                qual a tua, mermão? 

PEDRO              vai se ferrar. Otário! 

TENTA IR PRA CIMA, PORÉÉ SEGURADO POR ALAN 

SAMUEL           chega! Dá pra parar, caralho! Porra, vocês parecem dois adolescentes… 

HUGO                desculpa, Samuel, mas acho melhor irmos embora 

PEDRO              já vai tarde! 

ALAN                 (INTERVÉM) Pedro, por favor, chega! 

HUGO                vamos, Samuel, que aqui o ambiente tá tóxico! 

HUGO E SAMUEL VÃO EMBORA. PEDRO E ALAN CONTINUAM NO BAR

CORTE PARA 

CENA. 16. STOCK – SHOTS. AMANHECER. EXTERIOR. DIA

CENA. 17. APTO DE HUGO. SALA. INTERIOR. DIA 

HUGO VINDO DO CORREDOR, APRESSADO. LÍDIA SE ARRUMA NO ESPELHO 

LÍDIA                (BEIJINHO) olá, bom dia, lindo! 

HUGO                bom dia, meu amor. Vai sair, é

LÍDIA                vou. Tenho um compromisso. Negócios!

HUGO                negócios… 

LÍDIA                sim. Já vou indo. Bom trabalho. Beijos. Tranque a porta ao sair. Obrigada!

HUGO                tá bom, tranco, sim… 

LÍDIA SAI. DECIDIDO, HUGO RESOLVE SEGUI-LA 

CORTE RÁPIDO 

CENA. 18. AVENIDA. EXTERIOR. DIA 

HUGO SEGUE DIRIGINDO ACOMPANHANDO OS PASSOS DE LÍDIA

CORTE PARA 

CENA. 19. BARZINHO. FRENTE. EXTERIOR. DIA 

ABRE NO PV DE HUGO QUE VÊ LÍDIA ENTRANDO NUM BARZINHO. TEMPO. LÍDIA SAI ALGUM TEMPO DEPOIS COM UMA MOCHILA NAS COSTAS. ENTRA NO CARRO E SEGUE VIAGEM. HUGO CONTINUA A SEGUIR 

CORTE RÁPIDO 

CENA. 20. MANGUEZAL. ENTRADA. EXTERIOR. DIA 

LÍDIA PARA SEU CARRO POR ALI. DESCE. VAI SUBINDO A PÉ O MORRO. HUGO SAI DO VEÍCULO E VAI SEGUINDO-A, SORRATEIRAMENTE, NA ESPREITA. CLIMA DE SUSPENSE  

CORTE PARA

CENA. 21. MANGUEZAL. LAJE. EXTERIOR. DIA 

LOBÃO TRAGANDO UM CIGARRO. LÍDIA CHEGA POR ALI 

LÍDIA                aqui está, todo o material de primeira qualidade! 

LOBÃO              muito bem. Anda se saindo muito bem a senhora 

LÍDIA                senhorita, por favor! E o César onde está

LOBÃO              Se quer saber se eu o expulsei, não, eu não o expulsei. A sexualidade dele é só um pequeno pormenor

LÍDIA                (DÁ DE OMBROS) se você diz… abre, confere 

CORTE RÁPIDO PARA HUGO QUE OS OBSERVA ATRÁS DE UM MURO

HUGO                o que será que tem naquela mochila? 

ABRE NO PV DE HUGO QUE VÊ LOBÃO TIRAR ALGUNS PACOTES DE DROGA DE DENTRO DA MOCHILA. SAI DO PV. REAÇÃO DE HUGO AO QUE VÊ: SUPER EM CHOQUE. CÂM VAI PARA A APROXIMAÇÃO DE HUGO, QUE VEM POR TRÁS DE HUGO E COLOCA UMA ARMA EM SUA CABEÇA

CÉSAR               um pio, e eu estouro seus miolos! 

NISSO, 

FADE OUT

CORTE PARA

FINAL DO CAPÍTULO

 

Atenção: A Widcyber tem a autorização do autor para publicar este conteúdo.

cropped-wid-1.png

NAVEGAR

>
error: Este conteúdo é protegido! A cópia deste conteúdo não é autorizada em virtude da preservação de direitos autorais.
Rolar para o topo