Destiinos Cruzados
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

CYBER TV                                                                                       CAPÍTULO8

DESTINOS CRUZADOS

NOVELA DE

UELITON ABREU

ESCRITA POR

UELITON ABREU

DIREÇÃO DE NÚCLEO

ANDERSON SILVA

CENA. 1. APTO DE ALAN. COZINHA. INTERIOR. DIA 

ABRE NO DESESPERO DE SAMUEL 

SAMUEL           meu Deus! O que eu fiz? O que eu fiz? Não! 

PEDRO SE AFASTA. ARRANCA A FACA CRAVADA EM SEU ABDÔMEN TODA ENSANGUENTADA E A JOGA NO CHÃO 

PEDRO              sai daqui! Vai embora! 

SAMUEL           quê?! Não! Eu não vou. Eu

PEDRO              (CORTA, ABORRECIDO) vai fazer o que eu tô mandando, porra! Vai! Vai!

SAMUEL           eu não sou covarde! eu assumo meus erros, não fiz por mal, foi reflexo, apenas me defendi 

PEDRO              eu podia te dar voz de prisão aqui e agora, mas não. (GRITA) Vai embora! Argg! 

SAMUEL           calma. Deixa-me te…

E VAI TENTAR SE APROXIMAR, MAS É IMPEDIDO 

PEDRO              (RECUSA) não! Sai. Vai. Vai. Vai embora

SAMUEL SAI. PEDRO SE SENTA LENTAMENTE NO CHÃO ESCORADO NA PAREDE. RASGA UM PEDAÇO DE SUA BLUSA E ESTANCA SEU SANGUE. CLIMA TENSO

CORTE PARA 

CENA. 2. APTO DE ALAN. SALA. INTERIOR. NOITE 

SAMUEL VINDO DA COZINHA, AINDA ATORDOADO. ENCONTRA NATHI CONVERSANDO COM UM CARINHA. VAI ATÉ ELA E A PUXA DE CANTO. CORTE DESCONTÍNUO PARA A REAÇÃO DE NATHI AO QUE OUVIRA

NATHI               quê?! onde ele está agora?

SAMUEL           lá na cozinha. Vai lá, amiga. Eu não sei porquê, mas ele me pediu isso… 

NATHI               távai! Se cuida! Meu Deus… Pedro! 

NATHI VAI PARA A COZINHA 

CORTE RÁPIDO 

CENA. 3. APTO DE ALAN. COZINHA. INTERIOR. NOITE 

NATHI VINDO DA SALA, JÁ ENCONTRA O IRMÃO ALI, RECOSTADO A PAREDE, SE ASSUSTA 

NATHI               irmão! Calma. (JÁ PEGOU SEU CEL) Vou acionar o socorro. Vai ficar tudo bem! 

PEDRO              sei que vai… 

ALAN ADENTRA A COZINHA E SE ESPANTA AO VER O AMIGO FERIDO

ALAN                 gente, o que aconteceu aqui? (ESPANTO) Pedro!? 

NATHI               ele/ 

PEDRO              (CORTA, MENTE) eu me furei sem querer com aquela faca, tava cortando uma maçã, ela caiu e na tentativa de pega-la, eu desequilibrei-me e cai por cima del

ALAN                 temos que ir a um hospital imediatamente! 

NATHI               já acionei socorro. Eles já devem tá chegando aí, Alan 

ALAN                 cara, vai ficar tudo bem… confia!

PEDRO              o corte não foi tão profundo… eu meio que me segurei no chão pra faca não ir mais a fundo… 

CORTE DESCONTÍNUO: PARAMÉDICOS ADENTRAM A COZINHA. PEDRO É IMOBILIZADO EM UMA MACA E LEVADO PRO HOSPITAL 

FADE OUT

CORTE PARA 

CENA. 4. HOSPITAL. SALA DE ESPERA. INTERIOR. NOITE 

ALAN E NATHI, APREENSIVOS A ESPERA DE NOTÍCIAS DE PEDRO. INSTANTES. MÉDICO ADENTRA A SALA 

MÉDICOS         familiares de Pedro Lima? 

NATHI               eu, doutor, sou irmã dele. Como ele está? Ele está bem? 

MÉDICO           passa muito bem… felizmente o corte não foi tão profundo, não chegou a atingir nenhum órgão… ele já foi levado pra sala de observação. Ficará até amanhã… está medicado e fora feito curativos na área lesionada 

NATHI               Ah, senhor obrigada! Obrigada, doutor

MÉDICO           não há de quê! fiz apenas meu trabalho! Bom, tenho de ir atender outros pacientes… 

NATHI               antes, será que a gente pode ir vê-lo? Eu e meu amigo aqui, Alan

MÉDICO           podem sim! fiquem à vontade! Com licença, tenho outros pacientes para assistir 

NATHI               toda! 

MÉDICO SAI. ALAN SE APROXIMA 

ALAN                  que bom que não foi tão grave 

NATHI                é… vai, vamos lá ver meu irmão… 

SAEM JUNTOS 

CORTE PARA 

CENA. 5. HOSPITAL. SALA DE OBS. INTERIOR. NOITE 

NATHI E ALAN DIANTE DE PEDRO 

NATHI               ô irmão, (BEIJA A TESTA DELE) que bom que você está bem! Cê me deu um baita susto, viu! 

PEDRO              graças a Deus! Juro que não foi proposital… 

ALAN                 pois écê teve muita sorte, men!

PEDRO              vaso ruim não quebra fácil assim, não, mano! 

ALANA              que isso, cara. Não fale essas coisas!

NATHI               para palhaço! Você só vai ter alta amanhã, viu

PEDRO              cê tá de caô! Passar à noite aqui? ninguém merece. Vem cá, e o seu amigo, melhor dizendo, amigo de vocês?

ALAN                 oSamuel

PEDRO ASSENTE 

ALAN                 ele foi embora disse que não tava se sentindo muito bem 

NATHI               é, foi isso mesmo, Pedro. Ele ele foi embora porque parece que uma comida o fez mal 

PEDRO              entendi… 

ALAN                 bom, tenho que ir, pois deixei todos os convidados na festa. Fica de boa, mano. Melhoras pra ti! Qualquer coisa é só ligar! 

PEDRO              valeu, irmão, obrigado! 

ALAN SAI. NATHI CONFRONTA O IRMÃO

NATHI               já sei tudo que aconteceu, tá. E digo, que não gostei nada, dessa sua mentira. Nada! Nunca imaginei que essa briga de vocês chegasse a esse ponto

PEDRO              aquele filho da puta já foi dar com a língua nos dentes

NATHI               claro. Sou amiga dele. E mesmo se ele não contasse, eu iria descobrir. Mentira tem perna curta, e não dura pra sempre 

PEDRO              sabe por que eu menti? Porque vai ter volta pro que ele fez comigo! 

NATHI               o que você está pensando em fazer? Vai prendê-lo? É isso, Pedro?

PEDRO              (MISTERIOSO) na hora certa você saberá

NATHI               seja o que for, pelo amor de Deus, não o machuque! Ele não fez por mal, só se defendeu. Promete, que você não vai machuca-lo?

PEDRO              não sei, não posso te prometer nada 

CORTE PARA

CENA. 6. STOCK-SHOTS. AMANHECER. EXTERIOR. DIA 

CENA. 7. UNIVERSIDADE. REFEITÓRIO. INTERIOR. DIA 

ABRE EM SAMUEL 

SAMUEL           e seu irmão?

NATHI               está bem. Por sorte não foi nada tão sério

SAMUEL           (ALIVIO) graças a Deus. Obrigado, meu pai! Já estava me sentido péssimo, com medo que ele pudesse vir a morrer 

NATHI               xô! Que isso. (BATE À MESA) Isola! Ele já vai ter alta hoje mesmo do hospital 

SAMUEL           que bom. Sabe, assim, tava pensando em ir lá, pedir desculpas. O que você acha? Devo ou não fazer isso? 

NATHI               acho o certo a fazer. Vai ser bom. Vai mostrar estar arrependido. Isso é bom! 

SAMUEL           é isso que eu irei fazer, me desculpar 

CAIO APROXIMA-SE DOS DOIS 

CAIO                  e aí, Samulete. Vem cá, vocêdois têm um caso? Vivem sempre juntos. Já te falei, néNathi, que ele não curte buce/

NATHI SE EXALTA E O DÁ UM TAPA

NATHI               seu imbecil. Sai daqui! Vaza! 

CAIO                  pirou, sua vadia?

TENTA IR PRA CIMA DELA, PORÉÉ IMPEDIDO POR SAMUEL, QUE O INTERVÉ

SAMUEL           nela você não encosta um dedo

CAIO                  que foi, veado? Tá maluco? Sai da frente

SAMUEL           qual que é a tua, hein, Caio? Qual teu problema comigo? Fala, cara. Seja transparente! Por que todo esse ódio gratuito pra cima de mim? O que eu te fiz? 

CAIO                  sai da frente... Sai. Agora!

NATHI               amigo, deixa esse idiota , vamos. Ele nãé louco de encostar essas patas sujas em mim 

CAIO                  vagabunda! 

VAI PRA CIMA E MAIS UMA VEZ É IMPEDIDO POR SAMUEL QUE O PEITA 

SAMUEL           para! Covarde! Teu problema é comigo, nãé? Então, fala

CAIO                  (VOCIFERA) eu te odeio, sua bicha! 

SAMUEL           (VOCIFERA) por quê? 

CAIO                  já perdi tempo demais aqui, com vocês dois… 

CAIO SAI. SAMUEL ALI SEM ENTENDER. NATHI SE APROXIMA DO AMIGO

NATHI               babaca! (ABRAÇA SAMUEL) Obrigada, amigo, por ter me defendido 

SAMUEL           jamais o deixaria tocá-la! 

CORTE PARA 

CENA. 8. BARRACO DE LOBÃO. INTERIOR. DIA 

LOBÃO FAZ CONTAGEM DE SUA GRANA. LÍDIA ENTRA 

LÍDIA                bom dia, Lobito! Sua encomenda! (DESPEJA A DROGA DE DENTRO DE SUA BOLSA SOBRE A MESA

LOBÃO              bom, muito bom. Ninguém te viu, ou seguiu, não, né?

LÍDIA                não. Fique de boa. Sou bem discreta 

LOBÃO              sei bem…

LÍDIA                indireta?

LOBÃO              não, é porque assim, você se encontra com um putinho no motel, só ver quem não quer, tipo, o seu namoradinho… (BUSCA NA MENTE) como é mesmo o nome dele? Ah, lembrei: Hugo! 

LÍDIA                anda a me vigiar agora, Lobão?

LOÃO                não, mas eu sei de todos os passos dos meus subordinados 

LÍDIA                e do César, você sabe? 

CÉSAR               (O.S) o que tem eu aí, hein, vadia? 

CÉSAR VEM ENTRANDO, ENCARANDO LÍDIA 

LÍDIA                é que o nosso boss disse que sabe de todos os nossos passos. daí, eu perguntei se ele sabe dos seus, de tudo que você faz… entendeu?

LOBÃO              sei até certo ponto, por quê? Tá sabendo de algo que eu não esteja sabendo? Hein, Lídia? 

LÍDIA                eu? Não! não sei de nada! É que tem coisas… não! Deixa. Esquece! 

CÉSAR               olha só, Lobo, essa mina é louca. Não dáIBOP pra ela não, mano… 

LOBÃO              não gosto de insinuações, Lídia. Diga, o que você sabe sobre o César? Fala, caralho! 

LÍDIA                nada! Sei de nada. Vou-me embora, que eu tenho outros compromissos a cumprir… 

CÉSAR               isso vai mesmo, vadia

LÍDIA SAI. CÉSAR UM POUCO TENSO. FECHA EM LOBÃO QUE DIZ: 

LOBÃO              nesse angu tem caroço, e eu vou descobrir o que é

CORTE PARA 

CENA. 9. CASA DE SAMUEL. SALA. INTERIOR. DIA 

ROSA ABRINDO A PORTA PARA HUGO

HUGO                olá. O Samuel está? Sou o Hugo, um colega de trabalho dele

ROSA                 ex-colega que você quer dizer, né? Enfim, ele nãestá no momento, deve tar na universidade. O que era? 

HUGO                sério? Uma pena! Nada demais, só queria conversar mesmo, mas tá de boa. Volto outra hora 

ROSA                 ok. Irei avisa-lo que esteve aqui, tá, amore!

HUGO                brigado! Fala pra ele que eu mandei um abraço

ROSA                 pode deixar. Falarei, sim! tchau 

HUGO VAI EMBORA. ROSA FECHA A PORTA 

CORTE PARA 

CENA. 10. STOCK – SHOTS. EXTERIOR. DIA 

CENA. 11. HOSPITAL. RECEPÇÃO. INTERIOR. DIA 

MOVIMENTAÇÃO. BIPE DO ELEVADOR QUE SE ABRE. DESTE SAI SAMUEL. VAI ATÉ A RECEPÇÃO. BUSCA INFORMAÇÕES. UM ENFERMEIRO CHEGA POR ALI E O LEVA ATÉ O QUARTO DE PEDRO 

CORTE PARA

CENA. 12. HOSPITAL. CORREDOR. INTERIOR. DIA 

ABRE EM SAMUEL E O ENFERMEIRO CHEGANDO POR ALI 

ENFERMEIRO esse é o quarto do senhor Pedro Lima

SAMUEL           ok. Brigado 

ENFERMEIRO disponha. Qualquer coisa, é só chamar. Com licença! (SAI) 

SAMUEL RESPIRA FUNDO, CRIA CORAGEM E ENTRA NA SALA 

CORTE RÁPIDO 

CENA. 13. HOSPITAL. QUARTO. INTERIOR. DIA 

SAMUEL ENTRANDO. PEDRO JÁ A ENCARA-LO 

PEDRO              o que faz aqui?

SAMUEL           nós precisamos conversar sobre ontem 

PEDRO              seja rápido, pois tô cansado e tenho sono 

SAMUEL           eu vim te pedir desculpas, eu… a Nathi me contou do ocorrido com a sua esposa, sinto muito. Sei que não devia ter dito aquilo, mas também, eu não sabia. De verdade. Perdão! 

PEDRO              e se eu não quiser suas desculpas? 

SAMUEL           aíé um problema seu. Eu tô aqui, não estou? Fiz minha parte, estou me redimindo… 

PEDRO              eu sei, eu também errei contigo, não devia ter partido pra cima, mas foi mais forte que eu. Tava com raiva, ódio por aquelas insinuações ao meu respeito 

SAMUEL           eu sei. Os dois estavam exaltados. Os dois erraram. Agora, uma coisa que eu não entendo é, por que você me pediu pra ir embora?

PEDRO              porque eu quis, porque eu vou me vingar

SAMUEL           (ASSUSTADO) como assim? 

PEDRO              cadeia é pouco! Eu sei que você tá desemprega-                     do, por causa da sua prisão, e tudo mais, que precisa de grana... 

SAMUEL           eu não estou te entendendo. Aonde você quer chegar? Fala! Seja objetivo! 

PEDRO              você vai trabalhar pra mim!

SAMUEL           quê?! 

PEDRO              isso mesmo que acabara de ouvir. Vai trabalhar como babá da Petra, minha filha. Ou é isso, ou é cadeia? 

SAMUEL           isso é uma chantagem?

PEDRO              não! Uma proposta de emprego! E aí, vai aceitar, ou não?

SAMUEL           eu não vou cair nessa sua chantagem. Não mesmo. Minha resposta é simples e direta: não! 

PEDRO              vai. Sei que vai. Pensa um pouco, hum? Você vai ganhar por isso 

SAMUEL           foda-se! É cadeia? então, me prende 

PEDRO              não! Não! Não! Você vai fazer o que eu quero, veadinho! Tá decidido. Esteja amanhã na minha casa,à8h, sem atrasos 

SAMUEL           vai esperando, vai. Idiota! 

E SAI. FECHA EM PEDRO SORRIDENTE 

CORTE PARA

CENA. 14. CASA DE SAMUEL. SALA. INTERIOR. DIA

SAMUEL ENTRANDO EM CASA. ROSA VENDO TV 

SAMUEL           oi, mãe

ROSA                 Oi, filhote. Ah, veio um amigo seu aqui, um tal de Hugo, ex-colega seu de trabalho!

SAMUEL           ah, é? O que ele queria? Ele falou?

ROSA                 nada. Só veio mesmo conversar. E aqui, entre nós, ele é “mó” gatão, hein! Um homão da porra! 

SAMUEL           é, ele é mesmo… e hétero, viu, dona Rosa! bom, vou pro meu quarto, tá. Beijos

VAI PRO QUARTO 

ROSA                 tá… nada contra os héteros… 

CORTE RÁPIDO 

CENA. 15. CASA DE SAMUEL. QUARTO. INTERIOR. DIA 

SAMUEL ENTRA. SE JOGA NA CAMA E FICA ALI A PENSAR NA PROPOSTA DE PEDRO. TEMPO 

CORTE PARA 

CENA. 16. STOCK-SHOTS. ANOITECER. EXTERIOR. NOITE 

CENA. 17. STOCK- SHOTS. AMANAHCER. EXTERIOR. DIA 

CENA. 18. APART DE PEDRO. COZINHA. INTERIOR. DIA 

PEDRO E NATHI À MESA, TOMAM CAFÉ. O PRIMEIRO JÁ COM A FARDA DE TRABALHO. SONORIZAÇÃO: CAMPAINHA TOCA. PEDRO LEVANTA E VAI ATENDER. ABRE A PORTA E DÁ DE CARA COM SAMUEL

PEDRO              (SORRIDENTE) ora, ora! Bom dia, Samuel! 

SAMUEL NADA DIZ APENAS ADENTRA A SALA 

NATHI               (ESTRANHA) Samuel, você aqui? A gente marcou alguma coisa pra hoje? Eu não lembro de ter marcado… 

PEDRO              não, Nathi. Mas ele tem uma novidade pra você(O OLHANDO), não tem, Samuca? 

SAMUEL           é… eu vou trabalhar aqui, amiga 

NATHI               quê?! 

REAÇÕES

  FADE OUT 

CORTE PARA 

FINAL DO CAPÍTULO

 

Atenção: A Widcyber tem a autorização do autor para publicar este conteúdo.

cropped-wid-1.png

NAVEGAR

>
error: Este conteúdo é protegido! A cópia deste conteúdo não é autorizada em virtude da preservação de direitos autorais.
Rolar para o topo